sábado, 20 de dezembro de 2014

Sofrimento do povo cubano


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

Alguns analistas apaixonados pela ditadura que vigora há mais de cinquenta anos em Cuba assinalam o fato de que o sofrimento de seu povo decorre diretamente do bloqueio imposto pelo poderoso vizinho americano, injustificável, na opinião deles, uma vez que o regime lá reinante não constitui mais ameaça ao poder da potência. 

Não ressaltam porém que este mesmo sofrimento advém, talvez em maior intensidade, das opções políticas adotadas, sem considerar a vontade popular, ao longo de todo esse tempo, pelo grupo governante, pétreo. 

Não se deve esquecer também que, ao menos uma vez, seu icônico ditador quase incendiou o mundo e despendeu vultosos recursos na tentativa de exportação de seu sistema, agindo militarmente em algumas partes do mundo, como em Angola, onerando a sociedade e acarretando hordas de veteranos de guerra, muitos inválidos, recebendo pensões que mal os mantêm no nível de miséria. 

Seria inconsistente, portanto,  se a anunciada decisão, com indisfarçáveis objetivos marqueteiros, do Presidente Obama, no sentido de restabelecer as  relações, não vier acompanhada da exigência de uma abertura política sistemática que permita uma manifestação mais representativa dos anseios do povo cubano.

Caso contrário, constituirá mais um trapalhada diplomática com consequências parecidas com as que a Casa Branca tem plantado mundo afora.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

Nenhum comentário: