sábado, 21 de fevereiro de 2015

A Justiça, o Ministro e o PT... Como sempre!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

Advogados, sabemos bem, não estão preocupados com que se faça Justiça. O que querem é ganhar as causas, o que lhes rende honorário$, sejam ou não culpados os seus clientes, muitos dos quais, de tão notórios, já se saiba, de antemão, o que são. Márcio Thomaz Bastos - que falta que o PT está sentindo dele!-, que tinha grande habilidade em explorar a lei para frustrar a Justiça e ganhar as causas, e, consequentemente, honorário$, criador da tese do caixa 2 para justificar o mensalão, costumava repetir a frase que ficou famosa, do advogado americano Edward Bennett Williams, que diz tudo: "Eu defendo os meus clientes da culpa legal. Julgamentos morais  deixo para a majestosa vingança de Deus.”
Promotores, tampouco. Se não há honorário$ extras, visam, é claro, o cumprimento do dever, mas não desprezam a exposição, os louros, e o reconhecimento da classe, que permitem serem lembrados para cargos e postos mais altos na carreira.

Assim, embora sejam importantes – e indispensáveis - à Justiça, só os juízes realmente se ocupam e se preocupam em fazer Justiça. Nem todos, infelizmente; alguns – certamente muito poucos -, lamentável e vergonhosamente, também buscam os holofotes, e pior, se vendem, apesar de pertencerem a classe de servidores do Estado mais aquinhoada financeiramente e de mais longo repouso, por recessos, férias dobradas e feriados no trabalho. Por isso, e  por decidirem sobre os nossos bens e a nossa vida, juiz corrupto é algo tão intolerável que deveria ter pena dobrada!

Ministro da Justiça é cargo político, e, teoricamente, também nada tem a ver com a aplicação da Justiça. Nesse atual caso do petista José Eduardo Cardoso, ora, e por ora, ministro da Justiça, ao receber, fora da agenda, advogados de presos e empresas da lava-Jato, tem-se mais um exemplo do imperialismo petista e do seu mais do que provado estilo de afrontar a lei, a ética e a moral, pública e individual, e de ocultação de malfeitos, desde que renda ganhos, de qualquer espécie, para o partido, sejam pecuniários, eleitoreiros, ou de eternização no poder. Cardoso, de ministro da Justiça, se transmudou em advogado do PT! Imaginem no STF!!!

Assim, receber esses advogados dos envolvidos na corrupção bilionária, que levou à lona a Petrobras, é, como disse o juiz Moro, intolerável. E inaceitável, pois se os advogados demonstravam preocupação com a delação premiada de seus clientes, Cardoso mal disfarça que seu propósito principal, eminentemente político, é o de blindar Lula e Dilma, completamente envolvidos no naufrágio da Cia, por vários motivos: a nomeação, por escolha de políticos do partido, de diretores da empresa, os atores principais dessa corrupção vergonhosa; de decisões de impulso, não devidamente avaliadas, feitas de forma individual, por simples voluntarismo e intenção de "comprar" apoio político no Congresso, como as de construção das  refinarias Premium  e compra da de Pasadena; e por absurdo desconhecimento (será mesmo que desconheciam?), apesar de avisos de funcionários decentes,  dessa sórdida trama antipatriótica e do que se passava na empresa, o que é de estarrecer, pois Dilma fora ministra da Energia, presidente do Conselho Administrativo da estatal e a presidente da empresa foi escolhida e nomeada por ela!!! Isso tem um nome na lei penal: prevaricação!

Francesco Schettino, que  naufragou o Costa Concórdia, pegou 16 anos e um mês de prisão. Considerando os mortos, feridos e desaparecidos, a agonia e horror dos sobreviventes, no meio do navio adernando, às escuras, e da noite escura, separados dos seus familiares, e os bilhões perdidos, foi pouco, muito pouco. Por aqui, a Justiça brasileira declarou Thor Batista inocente do atropelamento, a mais de 100km/hora, e morte do ciclista na estrada. Então o culpado foi o próprio homem que morreu pedalando a sua bicicleta?

Diante disso, o que podemos esperar de  Justiça com respeito aos que atropelaram e naufragaram a Petrobrás, especialmente os graúdos da classe política?

PS: noticia de agora diz que Dilma não aceitou receber as credenciais do embaixador da Indonésia aqui no Brasil. O que a Indonésia está esperando para retirar de vez seu embaixador daqui e expulsar o nosso de lá?

Dilma está se tornando um perigo real e imediato! Está totalmente descontrolada! Só controla a sua dieta...

Não é caso de chamar o marqueteiro, mas o psiquiatra. Cubano, se houvesse coerência! Mas, coerência, meus caros, é volume morto no atual governo...

Pobre Brasil!


Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante, reformado.

Nenhum comentário: