terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Baque da Bastilha Petista


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Geraldo Dias de Andrade

A soberania brasileira não deve ser ultrajada, estando constantemente com nódoas nas páginas policiais - sendo estrela cintilante, vítima de um sistema que mantêm a cultura da perseverança em erros.

A consciência coletiva – graças a Deus e a P. Federal - se despertou da placidez do sonâmbulo da acomodação e criou o espírito impávido, revoltante às peripécias chafurdadas deste grupo revanchista, desarrumado, que governa através de mecenas para parcelas “brâmanes”diferenciadas da sociedade brasileira: (Mensalão e Petrolão).

Enfim, o povo acordou depois da clarividência da sarjeta criminosa que flagela a alma da nação brasileira. Prepara-se, portanto, para no dia 15 de março, proclamar para os quatro ventos, com voz retumbante, civismo, o esperado o “basta:” impeachment já, da senhora presidenta Dilma Rousseft.

Nenhuma bandeira de cor partidária deverá aparecer no ato cívico-histórico! Desfraldará sim, a bandeira do “basta” verde e amarelo do povo brasileiro, simbolizando a vitória por um Brasil para que se tenha a esperança de uma lídima justiça social e que as famílias voltem a sorrir, não vendo os seus filhos ainda no verdor da idade ser mortos por esta violência generalizada, onde não existe a proteção nem afeto do Estado, a não ser para os protegidos do poder que são blindados a custos oficiais.

Queremos jovens que alcancem um futuro promissor, que sejam também vibrantes e altaneiros, orgulhosos da nossa pátria! Compareçam no dia 15 de março, com espírito de brasilidade e de paz, e, digam que esta página triste que nos sufoca tem sido tosca, sem polimento, e, que, uma mudança é necessária para que tenhamos o povo livre da opressão, sem excluídos sociais e que a juventude não respire jamais a fumaça do famigerado Crack e outros tóxicos que se alastram até as aldeias indígenas!

A “companheirada” – os poucos que desejam um Brasil em ordem -militante que saia do armário e da mudez, juntamente com os sindicatos de petroleiros, engenheiros, operários, também a UNE, caras-pintadas, associações de bairro e de classe, tremulando aos ventos a bandeira do basta e impeachment já!

A vontade soberana do povo é uma força inamovível que não permite sensor de espécie alguma, muito menos de um governo que perdeu o respeito de seus governados!

“Ou cede à vontade do povo ou cai!” (Carlos José do Patrocínio – grande tribuno, líder da causa abolicionista, filho de uma escrava alforriada).

A família brasileira é uma paciente em estado grave, na “UTI”. Não suporta mais as travessuras sem trégua, suspensão temporária das estripulias: Até quando!? Será que este “perereco petista” não sente que seu apogeu de ouro agora é uma vassoura de bruxa à beira do sepulcro? Jogue a toalha enquanto mal respira! Será que não lhe traz sentimento de angustia ou de arrependimento pelas desídias praticadas, sendo manchete diária nas páginas vergonhosas dos jornais? Será que não tem nenhum remorso da festa homérica – reunião em Brasília – para extinção da Polícia Militar e demais organismos policiais? O povo quando quer só Deus tem o poder de impedi-lo!

“Quem aos céus quer subir e as nuvens quer pegar, as estrelas estão sorrindo da queda que vai levar!” Impeachment já! Bilhões de reais do povo brasileiro para a pança dos “compadres” do poder. O tesoureiro do núcleo da dinheirama “Ouro Negro” Petrobrás, “craque da pelota”, distribuía para o PT e seus tentáculos, bilhões de reais e dólares para o “time petista”. Interessante é que os principais “donos” da agremiação sortuda, “inocentes” “moucos” e “estrábicos” nada sabiam! Misericórdia! Grandes atores de queixo duro! Que bom se a “sangria coronária” – dinheiro capado – da estatal fosse para a Educação, Segurança Pública e Saúde. Parte também da “galinha dos ovos de ouro” para a Armada e Força Aérea Brasileira (FAB), substituindo assim, respectivamente, os navios e aeronaves considerados sucatas. Da mesma forma uma verba condigna para o nosso Glorioso Exército Brasileiro, Defesa da nossa soberania, para a compra de material bélico e alimentação dos soldados convocados que servem a esta pátria amada que se chama Brasil!

A corrente “petista vermelha” é tal qual a Maldição de Cam, praga do patriarca Noé, seu pai, cujo castigo recaído sobre o próprio neto Canaã (Gen: 18-27). Na realidade Canaã são os brasileiros vítimas do mal, poisestamos sem rumo e  zonzos, se batendo pelas paredes do abismo, enfim, escravos de um sistema político amaldiçoado!

Não existe nenhuma possibilidade da chefa da nação vislumbrar crédito do povo, por ter ela ultrapassado a linha da paciência dos brasileiros, carregando consigo ranço autoritário. Só resta levantar a bandeira branca, entregando o bastão presidencial enquanto é tempo. Renunciá-lo!

A Constituição permite nova eleição presidencial, o que é óbvio. O povo que é soberano deverá escolher democraticamente um novo mandatário para o nosso Brasil. Civil ou Militar, estando no gozo legítimo de seus direitos, pode candidatar-se, colocando o seu nome no tabuleiro do crivo democrático.

Todo e qualquer governo, estando em reta de colisão com a ordem social, distúrbios, falta de credibilidade do chefe perante a vontade popular, desvio de conduta, desentendimento entre os poderes, enfim, uma convulsão social a ponto do país se tornar ingovernável, queiram ou não queiram, cabe as Forças Armadas manterem a ordem pública acima de tudo, evitando assim o desmoronamento do país.

O Vice-Presidente da República, Michel Temer, a todo pulmão, diz aos brados que o PMDB, seu partido, está com o Brasil; logo, fica com a força do povo que quer o Impeachment já da senhora presidenta Dilma Rousseft!
Baque da Bastilha Petista! Impeachment já! Que o Brasil saiada Maldição de Cam!

Outrossim,  é melhor botar a “barba de molho!” O “partido vermelho” tem feito “cama” em certos países vizinhos, e,  um namoro forte a um potentoso país do continente Euroasiático que está em rota de colisão com o Tio Sam, este, nosso aliado. Será que ouviremos o estribilho lírico!? “Daqui não saio...! Daqui ninguém me tira...! Onde é que eu vou morar...!?
 Baque da Bastilha Petista! Impeachment já!

Que o Brasil saia da Maldição de Cam!


Geraldo Dias de Andrade é Cel. PM/RR – Cronista – Bel. em Direito –Membro da ABI/Seccional Norte – Escritor – Membro da Academia Juazeirense de Letras.

Um comentário:

Otaviano Nunes disse...

Sr. Geraldo, primeiramente parabenizo-o pela coragem em expor suas idéias a respeito da grave crise que assola nosso país. E é com muita satisfação que vejo verdadeiros brasileiros levantarem a voz e clamarem pela extirpação do poder desta corja imunda que assalta a nação.
Também penso que o impeachment seja a solução a ser aplicada para início de um processo de saneamento no governo federal, que por efeito, deverá ecoar nas esferas de governo estaduais e municipais. Porém, creio que os envolvidos neste criminoso esquema de corrupção sejam responsabilizados e sentenciados a prisão, a começar por seu etílico mentor mór, evitado assim o eventual lançamento de sua candidatura a presidência da república após a cassação dos mandatos políticos da presidente e seu vice.
Vida longa a este blog e que sua voz seja ouvida cada vez mais alta e tenha muito mais alcance.