segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Contagem regressiva para o Governo do Crime?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Dilma Rousseff não perdeu apenas massa corporal nos últimos dias ou meses. A credibilidade e a mínima capacidade moral dela para governar já foram completamente perdidas. No momento em que os desgovernos da Argentina e da Venezuela aceleram o próprio fim, Dilma fica mais tensa e tudo indica que comece a somatizar a tensão pela pressão popular que vai lhe ser politicamente fatal. O povo já sem paciência vai às ruas no dia 15 de março, e a nazocomunopetralhada só poderá reagir com as desgastadas mentiras de sempre.

A legítima pressão das ruas não vai afetar apenas a Presidenta que não demonstra competência para ser Presidente. Mexerá também com toda a classe política, claramente identificada como a maior beneficiária direta da organização institucionalizada do crime no Brasil. A massa nas ruas vai alfinetar, principalmente, a parte do judiciário que não colabora para o fim da impunidade. Cobrará serviço da facção do ministério público que se omite e ajuda a fabricar a pizza. A manifestação pública vai exaltar quem cumpre o dever de enfrentar o sistema corrupto. Bons exemplos do juiz Sérgio Moro e dos policiais federais e promotores que atuam na força tarefa da Lava Jato.

As Forças Armadas também receberão um sacode do povão, que não cobra delas os tradicionais "golpes de Estado" na História do Brasil. A cobrança é moral: por uma manifestação pública, politicamente explícita e não apenas no cafezinho e reuniões dos quartéis, dos Generais em favor das mudanças. Desta vez, os militares não precisam tomar o poder. Mas têm o dever moral de sustentar quem vai agir para mudar o que ninguém honesto mais aguenta. Por isso, não cabem covardia e muito menos omissão no atual momento de impasse institucional por que passa o Brasil.

A contagem regressiva para a governança do crime institucionalizado só vai começar, efetivamente, quando todos tiverem clareza de que o modelo brasileiro (político e econômico) precisa ser mudado. Pouco ou nada resolverá tirar a Presidenta via impeachment, e colocar no lugar dela algum personagem que dará sequência aos mesmos esquemas de aparelhamento estatal para fins corruptos. Ainda é cedo para constatar que a sociedade começa a acordar no caminho correto do que precisa ser feito para o aprimoramento do Brasil. Mas a vontade pública e manifesta de que é preciso mudar já é um grande avanço em um País que insiste em viver na vanguarda do atraso.

Neste momento, as Elites Morais precisam ressurgir das cinzas e colaborar, com ideias e ações concretas, para que o Brasil possa tirar proveito desta grande mobilização em rede, em um fluxo interativo de convivência social que promova o Bem Comum e incentive quem estuda, trabalha e produz a progredir de verdade.

É necessário que duas coisas fiquem bem claras. Primeiro, que a mobilização popular não resolverá tudo em um passe de mágica. Segundo, que haverá profunda reação contra as manifestações. O poder corrupto, há muito tempo em hegemonia, não deseja mudanças. Assim, um confronto será inevitável.

Serão necessárias muita coragem, persistência e inteligência para aguentar o tranco...

Releia o artigo de domingo: O que o Brasil tem a aprender com o FDP Alemão


Dieta forçada


Acordando...


Do sempre genial médico Humberto de Luna Freire Filho, curto e grosso:

"O novo Ministro da Fazenda é engenheiro naval. Nossa economia não vai afundar”.

Polêmicas do Barroso

Três declarações polêmicas do ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, em recente entrevista à revista Época:

"Pode parecer pouco, mas o Brasil sempre foi historicamente o país do golpe de Estado, da quartelada, da quebra da legalidade constitucional. E nessa matéria nós superamos todos os círculos do atraso. Já vivemos há 30 anos com estabilidade institucional – apesar de muitas crises, desde a destituição de um presidente da República até o abalo representado pela Ação Penal 470 (o mensalão)".

"No longo prazo, são as instituições que contam. São elas que mantêm o estado de direito. A política se move por objetivos de curto prazo; a economia, muitas vezes, também. As instituições, no presente, somos nós todos. O Brasil tem progredido muito do ponto de vista institucional. Há muitas coisas a mudar, mas há coisas boas a celebrar".

"Não tenho nenhuma dúvida. Os Poderes da República vivem um momento de especial equilíbrio. No Executivo, a presidente foi eleita democraticamente, e nós já não vivemos no Brasil aquela tradição de hegemonia autoritária do Executivo. O Legislativo vive uma certa afirmação de autonomia. O Judiciário deixou de ser aquela torre de marfim inacessível. Passou a ser um bom garantidor de direitos individuais e de proteção às instituições. Existem disputas pontuais, mas isso existe em todas as democracias".

"Acho que o Brasil está se passando a limpo. Quando eu falo de ética, me refiro tanto à ética pública quanto à privada. É preciso chamar a atenção para a existência de uma certa moral dupla, em que as pessoas exigem o que nem sempre estão dispostas a dar. A mudança ética no Brasil tem de ser pública e privada".

"É inegável que temos avançado na depuração ética. Às vezes não na velocidade que a gente gostaria, mas na direção certa. Vou dar um bom exemplo. Quando a apuração da Ação Penal 470 começou, em 2005, havia um grande ceticismo. Ninguém achava que aquilo fosse dar em coisa alguma. A verdade é que resultou em penas relevantes de prisão para mais de duas dezenas de pessoas, entre políticos importantes e empresários importantes. Portanto, só isso já foi uma mudança de patamar no país".

Confira a íntegra da entrevista do Barroso em: http://epoca.globo.com/tempo/noticia/2015/02/bluis-roberto-barrosob-o-brasil-esta-se-passando-limpo.html

Derrubando

O deputado Raul Jungmann (PPS-PE) vai apresentar um Decreto Legislativo que derruba a Instrução Normativa aprovada com rapidez impressionante pelo Tribunal de Contas da União, para transformar o TCU em avalista dos acordos de leniência que o governo pretende fazer, via Controladoria-Geral da União, com as empreiteiras do Petrolão.

Se assinados, tais acordos cumpririam o objetivo tático de livrar o ex-presidente Lula e a presidente Dilma de responsabilização no escândalo porque as empreiteiras não serão obrigadas a contar tudo o que sabem. 


Menino do Foro


Viraliza a imagem de José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça que já deveria ter renunciado por ter recebido advogados de empreiteiros presos, discursando no Foro de São Paulo - radicaloide entidade articuladora do plano revolucionário das esquerdas na América Latina.

Recrutando

Release que vem atraindo a ira de muitos nacionalistas tupiniquins:

O Departamento de Estado dos EUA, por meio do Atlas Corps – uma rede internacional de líderes sem fins lucrativos -, tem o prazer de anunciar oportunidades para líderes emergentes da sociedade civil para obter bolsas de estudos de 6 a 18 meses nos Estados Unidos.

Interessados em se candidatar devem ter de 2 a 10 anos de experiência trabalhando em alguma ONG, nível universitário, até 35 anos de idade e fluência na língua inglesa. As inscrições para o primeiro ciclo deste ano estão abertas até 15 de março de 2015.

Os bolsistas selecionados serão inseridos em uma organização renomada na área social nos Estados Unidos.

Tudo pago

Despesas com passagem área, visto de entrada nos EUA, seguro saúde, alimentação, transporte local e acomodação partilhada serão totalmente custeadas. Informações sobre o programa e como se candidatar estão disponíveis no site:http://apply.atlascorps.org.

A missão do Atlas Corps é treinar líderes de ONGs em áreas sociais, promover fortalecimento das organizações e inovação.

Os selecionados poderão desenvolver suas habilidades de liderança, aprender as melhores práticas no campo de organizações sem fins lucrativos e terão oportunidades de networking com companheiros de todo o mundo.

Depoimentos do Paulinho

Áudio completo do depoimento de Paulo Roberto Costa, em três partes:




Nada como a boa dose cavalar de transparência para combater a impunidade no Brasil...

Jura que fechou a boca?


Assim não vale...


Reforço nas Doações ao Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.
                           
Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Fevereiro de 2015.

9 comentários:

Anônimo disse...

No Canada, Arroz e Feijão não tem imposto imbutido, pois é item de sobrevivencia.
No Brasil é assim, somos roubados, pelo ladrão comum, e pelos politicos.

Meu bote esta começando a afundar

Anônimo disse...

Fundo do FGTS tem na Lava Jato mais de R$ 11 bilhões aplicados
DE SÃO PAULO

23/02/2015 02h00
Mais opções
PUBLICIDADE
O fundo FI-FGTS, que utiliza uma fatia de recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) do conjunto de trabalhadores, tem mais de R$ 11 bilhões aplicados em empresas citadas na operação Lava Jato.

É mais de um terço do total de R$ 32 bilhões de recursos do fundo, que foi criado para investir em projetos de infraestrutura.

"A maioria das empresas desse setor [infraestrutura] estão na operação Lava Jato; é natural que seus projetos façam parte de um fundo com foco em infraestrutura", disse Marcos Vasconcellos, vice-presidente da Caixa. O banco é responsável pela gestão do FGTS e do FI-FGTS.

O maior investimento é em R$ 2,378 bilhões em debêntures (títulos de dívida de longo prazo) da Sete Brasil, fornecedora de navios plataformas e sondas para exploração da Petrobras no pré-sal.

O fundo também têm R$ 2,379 bilhões em ações da Odebrecht TransPort, e outro R$ 1,079 bilhão na Odebrecht Ambiental, ambas empresas de capital fechado do grupo Odebrecht.

O investimento mais arriscado até o momento é na OAS Óleo e Gás, em que o FI-FGTS tem R$ 800 milhões. O grupo atrasou pagamentos e deve pedir recuperação judicial nas próximas semanas.

Segundo Vasconcellos, o escândalo ainda não trouxe perdas ao fundo, que rendeu 7,71% em 2014.

O executivo afirmou que o FI-FGTS têm mais de R$ 10 bilhões em caixa para investir em projetos de infraestrutura. No entanto, teve de reduzir o apetite devido ao risco crescente das empreiteiras.

"Estamos esperando que novos players [empresas] voltem a participar da infraestrutura", disse.

O governo e a CVM estudam abrir o FI-FGTS para que os trabalhadores apliquem seu dinheiro como fizeram com ações da Vale e da Petrobras.

Fonte Uol

Olha o golpe ai, não vou investir nada do FGTS, pois o dinheiro nem esta lá, outro rombo deste Governo Corruptos.
Se população de bem, não fazer nada contra esses canalhas a Guerra Civil é emimente.

Anônimo disse...

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal quando disse:"O judiciário deixou de ser aquela torre de marfim inacessível. Passou a ser um bom garantidor de direitos individuais".Até ai tudo certo, esqueceu que justiça tardia nada mais é do que injustiça.

CEL CESAR PINTO - averdadedasmentiras-unknown disse...

CARO JORNALISTA SERRÃO

O DIA D ESTÁ PRÓXIMO

VEJA PORQUE:

TÍTULO - O SOMBRA - O POVO INOCENTE ÚTIL - ACORDA - O DIA D

PRA FRENTE BRASIL

FALANDO A VERDADE

ACORDA BRASIL

DIA D

15 DE MARÇO DE 2015

VEJAM

A VERDADE

Lula falando sobre a impeachment do Collor - 1993 ...

Vídeo para MILTON NEVES PERGUNTA A LULA SOBRE O FERNANDO COLLOR DE MELO EM1993▶ 1:49

www.youtube.com/watch?v=Tm7qRPcm0Z4

•Similares

22 de out de 2012 - Vídeo enviado por Projectcontrol

Entrevista de LULA ao repórter esportivo MILTON NEVES, em 1993, por ocasião do impeachment do ...

A MENTIRA

SAIU UMA QUADRILHA, A DO PRN COM O SR. COLLOR DE MELLO E ENTROU OUTRA COM O PT DO SR. LULA E O MONUMENTAL E FANTÁSTICO PLANO PARA GOVERNAR ESTE PAÍS POR DUAS DÉCADAS.

O POVO INOCENTE ÚTIL ACREDITOU E VOTOU NO SR. LULA E A QUADRILHA NÃO SÓ CONTINUOU COMO AUMENTOU COM UMA SOFISTICAÇÃO FANTÁSTICA, DIGNA DE UM GÊNIO SAINDO DA LAMPADA DE ALADIM, POIS CONSEGUIRAM MONTAR UMA VERDADEIRA MÁQUINA DE FAZER DINHEIRO.

ARQUITETARAM O MONUMENTAL E FANTÁSTICO PLANO E O EXECUTARAM COM MAESTRIA E COM ELE TIRARAM DINHEIRO DA PETROBRAS, (OPERAÇÃO LAVA-JATO, QUE FINANCIOU TODOS OS PROJETOS SUBSEQUENTES E TODAS AS CAMPANHAS ELEITORAIS DO PT EM, 2006, 2010 E 2014), DO BNDES(PORTO DE CUBA E OUTROS), DAS EMPREITEIRAS, DO MILIONÁRIO EIKE BATISTA, DE TODAS AS OBRAS FARAÔNICAS DOS EVENTOS INCLUÍDOS NO PLANO E MAGISTRALMENTE CONSEGUIDOS, TAIS COMO: O PAN-AMERICANO, A COPA DAS CONFEDERAÇÕES, A COPA DO MUNDO DE FUTEBOL, A FORMULA INDY (BRASILIA) E AS OLIMPIADAS DE 2016, PARA ENGRANDECER O SEU GOVERNO E GANHAR DINHEIRO PARA TODOS ELES, MENOS PARA O POVO INOCENTE ÚTIL, QUE FASCINADO, VOTOU NA REELEIÇÃO DA PRESIDENTE DILMA.

A LEI DO RETORNO

A VOZ DA DEMOCRACIA

https://www.youtube.com/watch?v=z5KPoecc0ME

BRASIL ACIMA DE TUDO

Anônimo disse...

Dia 15/03 só aqui de casa vão para PÉ NA BUNDA DE DILMA
Oito pessoas do trabalho já confirmaram presença mais de cinquenta! É o começo da revolução redentora BRASILEIRA.

Anônimo disse...

Este ministro do supremo até o nome é sugestivo, tanta asneira que fala. Acho que vou ao banheiro fazer um "barroso".

Anônimo disse...

Este ministro do supremo até o nome é sugestivo, tanta asneira que fala. Acho que vou ao banheiro fazer um "barroso".

Anônimo disse...

"O Judiciário deixou de ser aquela torre de marfim inacessível...
Quando eu falo de ética, me refiro tanto à ética pública quanto à privada. É preciso chamar a atenção para a existência de uma certa moral dupla..."

Como esse sinistro, digo, ministro do supremo tem a ousadia de falar em ética, moral, com juízes ganhando R$ 4.377,73 (quatro mil trezentos e setenta e sete reais e setenta e três centavos) de auxílio moradia? Isso corresponde simplesmente a 5,5 salários mínimos!
É SIMPLESMENTE IMORAL E ANTI-ÉTICO!
UM ESCÂNDALO QUE NINGUÉM SE IMPORTA!

Anônimo disse...

É por isso que enquanto não houver uma revolução, e uma revolução violentíssima, para varrer esses canalhas todos do mapa, vamos continuar sendo obrigado a ler e ouvir discursos como o desse advogado petralha alçado à condição de STF. A hipocrisia reina. Até militar vem com o mesmo papinho de preservar a democracia, blábláblá...que democracia, cara pálida? O que temos aí é um regime autocrático que manipula a opinião pública e vale-se de um simulacro de escrutínio. O povo não decide rigorosamente NADA no Brasil, ainda mais esse zé povinho ignorante, acomodado e lixo moral que nós temos.