segunda-feira, 29 de junho de 2015

A Anta e Pedro


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Pescador na Galiléia, conheceu um dia o Cristo. Ouviu seus ensinamentos, viu seus milagres e seu martírio; acreditou em sua divindade.

Talvez por ter sido o mais humilde, o mais prudente e o de físico mais forte, foi escolhido para sucedê-lo após sua morte.

Em suas profecias, São Malaquias diz que o último Papa será Pedro Romano; levará em seu nome as heranças de humildade e de arrogância.

Se a Anta, num momento de graça, vier a ler um único livro, o faça: “História Eclesiástica” de Dom Bosco; entenderá sua profecia sobre o Império da Cruz.

O Brasil recém liberto, teve dois Pedros. O seu Defensor Pertpétuo e o “Neto de Marco Aurélio” que levaram em seus brasões a Cruz e a Esfera. Seus pósteros lhes acrescentaram os lírios de São Luiz.

Nós, filhos da província de Paulo, tomaremos sua espada e em uníssono diremos:

“Pro Brasilia fiant eximia”.

Fidelíssimo a sua Majestade, houve um paulista que não quis ser rei.

Seu nome: Amador, a melhor rima para Salvador.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...


O QUE AMA A CORRECÇÃO AMA O CONHECIMENTO, mas o que aborrece a repreensão é um bruto.
O homem de bem alcançará o favor do SENHOR, mas ao homem de perversas imaginações Ele condenará.
O homem não se estabelecerá pela impiedade, mas a raiz dos justos não será removida.
A mulher virtuosa é a coroa do seu marido, mas a que procede vergonhosamente é como o APODRECIMENTO NOS SEUS OSSOS.
Os pensamentos do justo são rectos, mas os conselhos do ímpio engano.
As palavras dos ímpios são para armarem ciladas ao sangue, mas a boca dos rectos o livrará.
Transtornados serão os ímpios, e não serão mais, mas a casa dos justos permanecerá.
Segundo o seu entendimento, será louvar cada qual, mas o perverso de coração estará em desprezo.
Melhor é o que se estima em pouco, e tem servos, do que o que se honra a si mesmo e tem falta de pão.
O justo olha pela vida dos seus animais, mas as misericórdias dos ímpios são cruéis.
O que lavra a sua terra se fartará de pão, mas o que segue os ociosos está farto de juízo.
Deseja o ímpio a rede dos maus, mas a raiz dos justos produz o seu fruto.
O laço do ímpio está na transgressão dos lábios, mas o justo sairá da angústia.
Cada um se farta de bem pelo fruto da sua boca, e o que as mãos do homem fizerem isto ele receberá.
O caminho do tolo é recto aos seus olhos, mas o que dá ouvidos ao conselho é sábio.
A ira do louco se conhece no mesmo dia, mas o avisado encobre a afronta.
O que diz a verdade manifesta a justiça, mas a testemunha falsa engana.
Há alguns cuja palavras são como pontas de espada, mas a língua dos sábios é saúde.
O lábio de verdade ficará para sempre, mas a língua mentirosa dura só um momento.
Engano há no coração dos que maquinam mal, mas alegria têm os que aconselham a paz.
Nenhum agravo sobrevirá ao justo, mas os ímpios ficam cheios de mal.
Os lábios mentirosos são abomináveis ao SENHOR, mas os que obram fielmente são o seu deleite.
O homem avisado encobre o conhecimento, mas o coração dos tolos proclama a estultícia .
A mão dos dirigentes dominará, mas os enganadores serão tributários.
A solicitude no coração do homem o abate, mas uma boa palavra o alegra.
O justo é um guia para o seu companheiro, mas o caminho dos ímpios os faz errar.
O preguiçoso não assará a sua caça, mas o bem precioso do homem é ser diligente.
Na vereda da justiça está a vida, e no caminho da sua carreira não há morte.
( PROVÉRBIOS 12 )

Loumari disse...


POR CAUSA DA OPRESSÃO DOS POBRES E DO GEMIDO DOS NECESSITADOS, ME LEVANTAREI AGORA, DIZ O SENHOR; POREI EM SALVO AQUELE PARA COM QUEM ELES ASSOPRAM.
( SALMO 12:5 )