segunda-feira, 29 de junho de 2015

As pedaladas ou pauladas atuais


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Luiz Sérgio Silveira Costa

A entrevista de Dilma a Jô reafirmou três coisas: a completa alienação da realidade, o despreparo intelectual da presidente, e a vergonhosa submissão e domesticação do Jô, que, reconheçamos, é uma pessoa inteligente e culta, e deve ter se sentido envergonhado com as idiotices de Dilma, mas fez cara de que estava inebriado. Quanta hipocrisia!!!

Dilma, ao falar da bíblia, disse que (sic) ela trabalha com metáforas...., que a metáfora é uma imagem,... nada mais do que transformar imagem (sic). A metáfora não é isso, é uma figura de linguagem, que não muda imagem nenhuma, pelo contrário, mantém a imagem, só que a descreve com outros termos, palavras e expressões menos comuns, geralmente com inteligência e poesia, mantendo, porém, semelhança com a descrição anterior. Quando se diz que Está chovendo, a metáfora diz que O céu está chorando. Quando se diz que Maria canta bem, a metáfora diz que Maria é um rouxinol!

Quando se diz Cansei de tentar resolver esses problemas!, a metáfora diz Cansei de dar murros em ponta de faca! Ou seja, mantém a analogia, não transforma a imagem nenhuma!!!

Dilma quer porque quer ser chamada de presidenta, quando a gramática estabelece que as palavras terminadas em nte são comuns de dois gêneros, ou seja, servem aos dois sexos, só alterando o artigo, como o(a) amante, o(a) cliente, o(a) pedinte, o(a) contribuinte, o(a) descontente, o(a) valente, o(a) carente.... A única exceção é parente, que tem feminino, parenta. Promulgou lei (que trata de diplomas e não de cargos)  e conseguiu que alguns dicionários e o Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (VOLP) da ABL, admitissem outra exceção, presidenta, que é rejeitada pela imprensa e pelo povo, só sendo obedecida no Executivo, por imposição da arrogância e vontade presidencial. Será porque ela é uma mulher sapiens?

A recente entrevista, e muitos escorregões e besteiras anteriores, acabou permitindo outra metáfora: em vez de se dizer que Dilma só fala estultices, diz-se que Dilma é uma presidAnta....

Com a profusão de meios e programas de comunicação, é difícil, atualmente, deixarmos de saber o que está ocorrendo no País e no mundo. Parece, pois, incrível, mas eu nunca havia visto ou ouvido falar nesse cantor e compositor Cristiano Araújo, morto recentemente em acidente de carro. Talvez porque música sertaneja me seja absolutamente dispensável.

Mas, a comoção com a sua morte e cobertura na televisão nos remete a esse fenômeno da histeria popular com celebridades, que só mesmo os que trabalham com o comportamento e relacionamento humano podem explicar. Por que essa idolatria a artistas, esportistas e figuras públicas em geral, muitas tatuadas em quase todo o corpo, com brincos e  cabelos, quando não desgrenhados, cortados  ridiculamente, só para ostentar ou chamar a atenção, de vestimentas apertadas, andrajosas e desbotadas, nada combinando com nada, sempre o mesmo estereótipo, geralmente importado do que há de pior e mais chulo no mundo ... Sem falar em episódicos envolvimento com drogas ou comportamentos indevidos, como podem certas figuras servir de espelho e modelo para a nossa juventude? Quem sabe isso é que explique a atual desorientação e desrespeito aos costumes?

Voltando ao tragicamente falecido Cristiano, noticia de ontem, disse que, dois funcionários da clinica de tanatopraxia (é metáfora?), que prepara corpos para o funeral, para onde foram encaminhados o cantor e namorada, gravaram vídeos dos corpos e publicaram nas redes sociais. Segundo a notícia, a clínica os despediu por justa causa, a Polícia abriu inquérito e a  família vai processá-los...

Como? Não foi recentemente decidido pelo STF que a liberdade de expressão é mais importante do que a privacidade das pessoas????? 

                                                                                       *******
Nosso maravilhoso papa Francisco, é uma pessoa atuante com respeito, especialmente, às misérias do mundo. Ao assinar, ontem, no Vaticano, acordo entre a Santa Sé e o Estado da Palestina, negociado por 15 anos, que estabelece os direitos da Igreja Católica nos territórios palestinos, reconhece, de fato, a existência do Estado da Palestina, já considerado como Estado  observador da ONU desde novembro de 2012. Segundo a OLP, o Vaticano é o 136º país que reconhece o Estado da Palestina.

Enquanto isso, as reações oficiais de Israel, sempre agressivas e fundamentalistas, especialmente do primeiro-ministro de nome complicado, foram sintetizadas no repetido chavão de que (sic) vai dificultar a paz (sic)! É muita desfaçatez! O mundo quer a paz na região, e um gesto do Papa e da Igreja Católica vão dificultar a paz????

Este mundo está se afogando em hipocrisia. Já não bastam os políticos, os advogados, a Odebrecht e suas argumentações pagas em jornal, os petistas, a Dilma, o Lula, o Maluf, Jô,....,!!!! E o diretor da Petrobras, pego com uma fortuna em quadros de pintores apreciados, escondidos em compartimento secreto em seu apartamento, dizendo Que país é esse??????

E a advogada afirmar que o sentido da palavra "destruir", usada no bilhete enviado por Marcelo Odebrecht a seus advogados, na expressão "destruir e-mail sondas", não era de destruição de provas, mas de rebater a prova, e que, para ela, a PF "tenta tumultuar o processo para justificar a prisão ilegal" de seu cliente?????
Ora, para esses hipócritas, dá até vontade de repetir o que o Boechat disse ao Pastor Malafaia....


                                                               *********
Lembram-se, em agosto de 2014, quando o banco Santander demitiu quatro funcionários após a divulgação de uma análise prevendo cenário ruim para investimentos, caso a presidente Dilma fosse reeleita? Na ocasião, petistas, reagiram irados. Rui Falcão, presidente do PT disse que se tratava de uma situação inadmissível e terrorismo eleitoral. Lula, em discurso a sindicalistas, afirmou que o analista que escreveu o textonão entende p... (sic) nenhuma sobre o Brasil'. Dilma, furibunda (o termo é bom e diz tudo...), disse que o pedido de desculpas não era suficiente, e que queria falar com o presidente do banco.

Além de cercear o Santander, o partido também protocolou uma representação impedindo que a consultoria de investimentos publicasse as suas análises, que previssem as dificuldades  da economia, caso a presidente Dilma fosse eleita. Coincidentemente, dois dias após o episódio, a prefeitura de Osasco cancelou um contrato de 2 bilhões de reais com o banco espanhol.

Quando a análise do banco foi divulgada na imprensa, o presidente do Conselho do banco, um lambe-botas, ou com rabo de fora em outros assuntos governamentais, em vez de defender seus funcionários, arriou as calças (olha a metáfora aí!!!) enviando comunicado afirmando que o texto não transmitia a opinião do banco, que não era papel da instituição induzir clientes ao voto, e que o banco havia tomado providências em relação aos responsáveis, o que redundou na demissão de quatro funcionários, um dos quais saiu dizendo, com absoluta correção, que(sic)era pago para dizer o que pensava (sic).

Naquela ocasião, a desmedida reação petista, usando outra metáfora, saiu pela culatra, pois dobrou o número de clientes da consultoria....Hoje, com esses alarmantes índices fiscais, financeiros e sociais do governo, nunca antes na história deste país, constata-se que os quatro funcionários estavam – outra metáfora - cobertos de razões.

Não sei que fim levaram, mas devem estar muito bem empregados e remunerados. Lamentavelmente, embora acuados, enxovalhados e no volume morto (olha a metáfora, de novo!!!), o mesmo se pode dizer de Falcão, Lula e Dilma, Jô.....

É hora de, quem pode, aplicar uns caraminguás na atual consultoria daqueles funcionários.

Só não apostem no PT....


Luiz Sérgio Silveira Costa é Almirante, reformado.

4 comentários:

Anônimo disse...

Em 1672, o padre Avvakum Petrovitch , da Igreja Ortodoxa Russa, esteve em exilio era um revolucionário queria provar a dualidade da existência de cristo fazendo o sinal da cruz com dois dedos , foi exilado e morto pela santa inquisição , por tamanha insistência, este é o fim de qualquer revolucionário, todo revolucionário é burro! Che Guevara foi outro exemplo, muito provável que estes seres humanos sofram de distúrbios mentais graves, pois não entendam da realidade, Dilma seria um destes seres baixo nível intelectual, daqui á alguns anos vcs irão ve la internada em uma clínica com um deste distúrbios psiquiátricos... pagamos o preço de tal idílio de burrices e cretinices de uma classe de pessoas que não têm a noção da realidade

Anônimo disse...

Muito bom texto. Divertido e na chincha... (olha a metáfora.)

Anônimo disse...

Ótimo texto!Parabéns!

Anônimo disse...

Parabéns, Almirante Luiz Sérgio Silveira Costa! Seu texto está extremamente bem adequado ao atual momento político brasileiro. Ainda bem que o senhor já está na "reserva", senão...

Um fraterno abraço, do tamanho da (ainda) nossa Amazônia!

Roberto Santhiago