terça-feira, 7 de julho de 2015

Dilma tem mais medo de eventual prisão de José Dirceu que condenação por pedaladas fiscais no TCU


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Haja unhas, dentes, fígado e estômago! Dilma Rousseff enxerga duas grandes ameaças imediatas ao seu mandato: o prolongamento da prisão do empreiteiro Marcelo Odebrecht e a quase certo retorno à prisão de seu inimigo íntimo José Dirceu de Oliveira e Silva - que já solta recados de que pode aderir a uma delação premiada que detonaria a cúpula da petelândia, incluindo a Presidenta e o chefão Luiz Inácio Lula da Silva. Por isso, teve pouco efeito prático a reunião promovida ontem por Dilma com os presidentes e líderes de partidos "aliados", para tentar minimizar o risco de "tomar no TCU" - tendo reprovadas as contas de 2014 do governo.

Dilma precisa fazer muita figa para que a Interpol não consiga prender um dos principais operadores do esquema de pagamentos de propinas do Petrolão. O suíço Bernardo Freiburghaus é a peça-chave para que o Ministério Público Federal possa comprovar, de forma testemunhal e documental, se a cúpula da Odebrecht operava um esquema de corrupção a partir de negócios com a Petrobras e outras estatais ainda não focadas em investigações e processos da Operação Lava Jato. Ontem, o Ministério Público Federal informou ter encontrado novos indícios de que a Odebrecht pagou propina ao ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, por meio de contas no exterior abertas por Bernardo Freiburghaus.

A tese do MPF é que não dá para acreditar que um mero diretor da Odebrecht, Rogério Araújo, tenha usado seus recursos pessoais (US$ 23 milhões), através do sistema de Freiburghaus montado com várias contas abertas em paraísos fiscais, para turbinar o bolso de "Paulinho" (como Lula tratava o delator-premiado-primaz da Lava Jato). A tese do MPF é: "É certo que os pagamentos, que beneficiavam a empresa, saíam dos cofres desta. Não é crível que pagamentos dessa dimensão não tivessem a concordância de seu principal gestor, Marcelo Odebrecht que, conforme demonstra o e-mail sobre o sobrepreço, tinha ativa participação nos negócios da empresa. Não é crível ainda que os pagamentos, na quantidade e volume em que se deram, ocorressem sem o conhecimento e concordância de Marcelo Odebrecht”.

Por tal motivo, enquanto houver risco de fuga ao exterior e Freiburghaus não for encontrado pela Interpol, a tendência é pela manutenção da prisão preventiva de Marcelo Odebrecht, que sofre com a privação da liberdade e o desconforto de aturar o clima gelado de Curitiba na carceragem da Superintendência da PF. A Odebrecht continua oficialmente insistindo na versão de que “desconhece completamente os fatos e o teor dos supostos telefonemas apontados e mais uma vez questiona o vazamento seletivo de informações, vício que compromete o exercício do direito de defesa”.

Todas versões e comportamentos arredios podem mudar se realmente acontecer a esperada decretação de prisão de José Dirceu pelo juiz Sérgio Moro. Nos bastidores do Judiciário, especula-se que o prazo para isto acontecer pode ser apenas até esta quarta-feira, dia 8. Se não ocorrer nos proximamente, o clima só volta a esquentar depois do recesso de meio de ano do judiciário. Aguentar até o começo de agosto, tradicional mês do desgosto, não será uma missão fácil para a cúpula da petelândia...

Calendário da queda

O blog do Políbio Braga publicou um calendário do impeachment, segundo versões que circulam nas redes sociais:

14 de julho - Depoimento de Ricardo Pessoa no Tribunal Superior Eleitoral.

21 de julho - Vence o prazo dado pelo Tribubnal de Contas da União pasra a defesa das pedaladas fiscais de Dilma Roussef.

16 de agosto -
 Protestos de rua marcados para todo o País.

20 de agosto - Julgamento final das contas públicas pelo TCU.

4 de outubro - Julgamento das contas da campanha de Dilma Roussef pelo TSE.


Negociar pode...

Nota do Alerta Total: embora o calendário popular preveja o começo da queda dela para agosto, o mais provável é que ela tente adiar, ao máximo, e vender bem caro, uma renúncia ou inevitável impeachment, o que pode prolongar a agonia dela para além de outubro...

Até o vice-Presidente Michel Temer, de olho grande no trono da Dilma, prefere que tudo se resolva mais adiante...

Agora, é preciso tempo para muitas negociações complexas e complicadas...

Pedido de socorro


Samba mudando?

"O Samba Mudou ou Mudei Eu?", música de Augustinho da Adelaide em parceria com Felipe Moura Brasil, conta a trajetória do samba que há muito tempo era uma cultural que questionava o poder e hoje assina manifesto a favor de um governo que apoia as ditaduras do presente e do passado.


Vazando...


Corrigindo a Presidenta Sapiens


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 7 de Julho de 2015.

3 comentários:

Anônimo disse...

Se cassarem a TIADILMINHA terão que cassar o vice e convocar novas eleições ou então o PMDB vai "lavar a burra". Ainda bem que não dei meu voto pra nenhum delles.

Anônimo disse...

As manifestações tinham que se antecipadas, pra Julho/2015, essa vaca não vai sair por conta propria, só um povo pode derrubar ela mais rapido.

Mas o povo brasileiro é submisso, enquanto não acordar vai ficar mais dificil.

Acorda povo gado, povo infeliz.

Chico Trevas

Martim Berto Fuchs disse...

A mandioca já devia ter sido colhida. Está mais do que madura, está podre. A questão é: o que o abobrão que for plantado em seu lugar vai fazer.
Além de não roubar muito, que no momento tem muita gente de olho, vai manter esta política econômica suicida para a sobrevivência das empresas nacionais ? Até quando, ou, mais uma vez ?

http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2015/07/207-anos-de-enrolacao-chega.html