quarta-feira, 1 de julho de 2015

Futebol sem liga


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

As seleções do Brasil recentemente montadas para disputar competições internacionais, compostas pela presente geração de jogadores, passam ao desalentado torcedor a sensação de que o futebol do país não está devidamente representado. 

Dos craques convocados, alguns, atuando no exterior, são absolutamente desconhecidos e não passam de produtos da fervilhante e crescente atividade empresarial envolvida com a compra e venda de passes, sendo a sua escolha justificada pelas várias comissões técnicas através do argumento de suposta tarimba internacional. 

Os outros, os mais conhecidos, remanescentes da inesquecível hecatombe alemã dos 7 a 1, demonstram claramente que a sua prioridade máxima não está identificada com o bom desempenho da equipe nacional mas com a consolidação de seus contratos milionários, vindo, logo após, em ordem de importância, os cuidados ligados ao corte geométrico do cabelo, à roupa exótica, à cor da chuteira, ao brinco  e aos óculos maneiros. 

Resultado: a absoluta falta de liga de um futebol que, ao contrário, em outras épocas, ele sim, exigia dos adversários uma certa tarimba quanto à sua genialidade.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

Nenhum comentário: