quinta-feira, 30 de julho de 2015

Tutela, liberdade, responsabilidade e democracia


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Marconi S. Olguins

Gostaria de começar este texto citando uma postagem do Prof. e filósofo Olavo de Carvalho, que tanto tem se empenhado na luta contra as ideologias de esquerda já há bastante tempo, na verdade esta postagem feita nas redes sociais me inspirou e motivou a desenvolver o aqui descrito e comentado:

Prof. Olavo de Carvalho: "Entendem porque tenho só desprezo por todos aqueles generais e empresários de ( m ) que nos anos 90 me acusavam de açoitar um cavalo morto".

Na verdade este é um desabafo e indignação de muitos brasileiros envolvidos na situação social / política da atualidade, aproveito então para emitir minha opinião particular a respeito e tentar esclarecer os motivos e situações que possam estar gerando este tipo de conclusão, pois muitos se dignam a solicitar de forma urgente uma intervenção militar e até mesmo exigi-la, muitos em tom agressivo e arrogante, dirigindo-se às nossas FFAA como se as mesmas fossem as responsáveis, por omissão, pelos eventos atuais.

Aqui na América Latina Brasil, os militares ajudaram a criar a república e instaurar a democracia com a administração CIVIL/POPULAR e passaram o comando da Nação ao povo dentro de um regime democrático, tudo o que vivemos hoje referente a estas questões sociais e políticas é responsabilidade do povo Brasileiro que conduziu a Nação até este ponto.

Após esta entrega ao povo pelos militares, não coube a estes gerenciar ou policiar as atitudes dos governos eleitos de forma democrática, com instituições criadas para a manutenção deste mesmo governo, pelo menos antes das fraudes recentes das urnas, fato este que, após as manifestações populares de 15 de março 2015, mobilizou sim nossas FA daquele momento até agora, mas com uma conduta discreta e de apoio social.

Não podemos alegar que nossos militares deveriam ter coibido ações ou intervindo de forma intempestiva no processo democrático por julgarem que algum fato ou ação política originada do próprio povo e dos líderes por ele eleitos, pudesse conduzir à esta realidade caótica que vivemos hoje com a quebra de diversos valores sociais e morais.

ISTO NÃO SERIA O DITO GOLPE MILITAR? INCOERENTE com as atitudes e conduta militar e de fato incoerente com as palavras do mesmo democrata e estudioso Prof. E filósofo Olavo de Carvalho? Estudioso este que nossos militares tanto respeitam e admiram por suas posições sociais e conclusões acertadas como cidadão Brasileiro que se empenha em apontar o caminho da redenção popular.

Como todos sabem, ao educarmos um filho conduzimos suas atitudes até certo ponto e idade, após um período de crescimento e educação fornecida a este, o mesmo é lançado ao mundo para realizar seus feitos e assumir os resultados de suas práticas, sem a constante tutela dos pais que observam e torcem para que seus filhos procedam como foram ensinados para o seu próprio bem, foi o que aconteceu com o Brasil, os militares cuidaram, educaram e proporcionaram a sua independência e liberdade de ação.

Levou 21 anos, mas foi necessário, agora sem tutela paternalista militar. Vemos então, que o procedimento de independência nos parece ter sido precoce e indevido, por uma completa inexperiência, irresponsabilidade e incapacidade, do nosso povo que deixou-se iludir e dominar por este sistema de governo baseado na ideologia comunista.

Foi enganado sim por corruptos e inescrupulosos de plantão, filhos bastardos de nossa pátria, assim como comparado a um jovem ingênuo e confiante de que todos são honestos e bonzinhos e que o mundo está ai para servi-lo, assim como seus pais sempre o fizeram, se houve algum erro de nossos militares foi o de mimar a população e cuidar de forma extrema da pátria, o que não permitiu uma maturidade adequada à esta, não é mesmo?

Mas o momento agora é de se depararem com a realidade e a consequência de seus atos, o que sem dúvida será uma lição penosa e dura, mas que será acompanhada por estes "Pais" preocupados e zelosos por seus filhos e irmãos.

A MÃO AMIGA SEMPRE ESTARÁ PRESENTE NAS DIFICULDADES E MOMENTOS DE DECISÃO SIM, CONTEM COM NOSSAS FFAA, AGORA E SEMPRE, MAS FAÇAM A SUA PARTE, ASSUMINDO A RESPONSABILIDADE E AGINDO NO SENTIDO DE SOLUCIONAR O MAU FEITO, quanto aos empresários, sem maiores comentários, frutos do mesmo processo, são parte do mesmo povo e Políticos, mas não podemos generalizar.

Marconi da Silva Olguins é empresário e militar reservista do exército como 3º Sargento de Cavalaria Mecanizada do 12º RCM do RS.

Nenhum comentário: