terça-feira, 11 de agosto de 2015

Atrás das grades


Poesia Política no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Alamir Longo

Zé Caroço foi pras grades
Dessa vez não foi sozinho
Levou junto seu maninho
Pra ver sol nascer quadrado
Deus queira fique guardado
Até que o mundo desabe
Ou contar tudo o que sabe
Sobre o barbudo safado.


Alamir Longo é Poeta gaúcho.

Um comentário:

Victoria Schneider Blog. disse...

Sentença de cadeia, não é passar o dia inteiro fora das grades e voltar para dormir, nem Fica na sua casa cumprindo a sua pena, o que acho uma absurdo tremendo para estes ladrões descarados.
Acho que fiança deve ser cortado da lei que permite a soltura de um criminoso, os podres por sua vez não tem como pagar uma fiança.
Muitas lei deveriam ser modificados para a atualidade, e outras lei que deixam brechas para serem interpretados da forma que convêm.