terça-feira, 4 de agosto de 2015

O impedimento inútil da SacripAanta


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Valmir Fonseca

A quantidade de pedidos de impeachment já atingiu o número de 16.
A do impeachment, pelo não cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, com as "pedaladas fiscais", seria encargo exclusivo do Congresso, depois da aceitação pela Câmara dos Deputados, da respectiva denúncia, tal e qual ocorreu com o Collor.

Assim, as possibilidades de assistirmos a uma pantomina no Congresso aumentam dia a dia, o que não significa que a decisão política de nossos energúmenos parlamentares seja o seu afastamento.

A outra seria a da impugnação ou anulação da chapa Dilma -Temer, pelo TSE, em vista de fraudes e maracutaias, por causa de doações ilícitas para a campanha, em 2014.

Essas duas hipóteses desagradariam aos Partidos, de formas diferentes, evidentemente.

Portanto, no momento da contenda entre os partidos políticos, destacamos que a refrega não se refere ao Estado Nacional, nem ao seu povo.

O que assistimos é a disputa pelo poder entre outros partidos, com ou sem os matizes ideológicos do PT, mas que aspiram ao poder absoluto e à gerencia total sobre os recursos nacionais.

A última possibilidade seria a sua renúncia. Uma insensatez difícil de engolir.

Estas são três as hipóteses, sendo que a do impeachment é da alçada dos parlamentares; a da impugnação ou anulação da chapa é da exclusividade do TSE: aí assumiria o presidente da Câmara, que promoveria novas eleições.

O nosso cenário político é tão torpe que sofrem acusações bem claras, o presidente do Congresso e o presidente da Câmara.

Em nossa realista visão, entendemos que o simples afastamento da inútil, dificilmente acarretará a expulsão dos petistas e correligionários que maculam o Estado Nacional.

Cumpre destacar que a sua atuação foi instituída nas áreas de Ensino, nas Escolas e nas Universidades, no Jornalismo, nas Letras, e em todas as áreas possíveis de acarretar distorções nos procedimentos dos seres humanos.

Quando alguém nos pergunta qual a solução para a limpeza de nossa honra, não sabemos; apenas a desgraça que o petismo incutiu neste País está muito além da crise econômica que vivemos.

Infelizmente, nos três cenários, não assistiremos a um arrastão que limpe a nossa Pátria de todas a misérias e condutas que os desgovernos nos últimos doze anos ceifaram em nossas leis e condutas.

É impossível, visualizarmos entre os possíveis substitutos, um cidadão de respeito, capaz de dirigir esta pobre Pátria com honra e dedicação. Na verdade, estamos cercados de estrumes e larápios da pior qualidade.

Como já afirmamos, mudam as moscas, mas a M.... é a mesma.

É bom lembrar que a inútil não detém a simpatia da cúpula petista, e que o partido, facilmente, irá repudiá-la como um produto de pouca ou nenhuma valia.

Se temos alguma outra solução senão o impeachment, a impugnação da chapa ou a renúncia?

Sim, uma intervenção à força, que infelizmente não ocorrerá.


Valmir Fonseca Azevedo Pereira é General de Brigada, reformado.

5 comentários:

O Libertário disse...

Os brasileiros decentes sonham com o enterro do PT e do PSDB e mais todos os partidecos comunistas numa cova bem funda encimada por uma laje de concreto armado bem espessa e com uma prisão de segurança máxima construída sobre ela.
Também sonham com uma lei como a votada recentemente na Ucrânia que proíbe a existência de partidos comunistas. Eles, os ucranianos, sabem o porquê.

Martim Berto Fuchs disse...

"Se temos alguma outra solução senão o impeachment, a impugnação da chapa ou a renúncia?"

Temos outra solução: mudar o sistema político. O país tem muita gente honesta e competente para administrá-lo, apenas são excluídos do processo pelo nosso sistema político, dirigido e mantido por bandidos e suas quadrilhas.

http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2015/08/capitalismo-social-projeto-completo.html

Anônimo disse...

Engraçado ver generais, aqueles que deveriam tomar alguma atitude, mais acanhados que galinheiro, e só falam pra lá e pra cá, esperando um salvados.

É pessoal, é nós que teremos que salvar a pátria, porque os fardinhas de hoje, dão bale de covardia, que deixam até os petistas no chinelo.

E concordo com sua palavra, estamos cercados de estrumes e larápios da pior qualidade, e de covardes como vocês das Forças Armadas, que é bem pior que isso. Homens sem brio.

Dá pra sentir a covardia só em vossas expressões.

Ficam dando pose de sábios, de os fodões, mas são tolos, só falam e nada fazem.

Está cheio de civis que deveriam estar no lugar de vocês. Pois já teriam tomado as devidas atitudes.

Vocês só assistem, e falam que nem um bando de mulherzinhas.

Querem falar o que? Fiquem em silêncio por favor. Já não estão à muito tempo em silêncio não estão? Então não abram a boca pra falar merda.

Nós civis lutaremos (com que arma? a de nossos inimigos ohhh inteligente), e salvaremos a nação.

Mas após salvarmos o Brasil, exigiremos uma reestruturação das Forças Armadas de imediato.

Queremos HOMENS no comando, e não mocinhas esbravejantes.

Gente sem Brio falando, é dose.

Acham que são a última ferramenta, e o último biscoito do pacote? Que dó.

Aqueles que deveriam fazer algo, esperando algo cair do céu.

Vai lá PT, pode ir sem medo contra esses fardinhas, que só fazem cara de pitbull, mas são poodle.

Ai depois brigaremos de homem pra homem.

Anônimo disse...

Ai general, reajam se forem homens

MST matando prefeito de Minas Gerais com armamento militar

https://www.youtube.com/watch?v=Q6MrZiCv3hM

Esses caras parecem bem mais preparados que vocês. Agora não tenho dúvida alguma.

Precisam de mais o que? Vai, continuem fugindo da realidade seus covardes.

joao pedro bloch disse...

Não deveria ser permitido o uso de apelidos ou nomes falsos. A credibilidade do Blog se perde, na minha opinião. Quem se esconde atrás de apelidos, é como os Blackblocs e suas máscaras.