quinta-feira, 6 de agosto de 2015

O que virá*


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Como todo médico prudente, devemos partir da pior hipótese para fazer um diagnóstico.

O cenário político é uma fedentina geral.

Dizia-se que Robespierre caiu em desgraça porque insistia no impossível: restabelecer a virtude.

No país do “jeitinho” atire a primeira pedra quem estiver sem pecado. Os poucos sãos preferem perdoar a por lenha na fogueira.

A tolerância não pode por em risco a segurança da obra.

Traição a Pátria, roubo do erário público, sequestros e latrocínios não podem ficar impunes.

O resto, que mal faz uma nódoa a mais ao tigre?

Vira-se a página. Exija-se dos governantes o exemplo; não mais precatórios impagos,
sistema de saúde sucateado, educação básica deficiente.

Tornar inelegíveis para sempre quem já teve cargo eletivo ou de livre nomeação, é imperativo. No mínimo teremos uma porcada nova.

Cometamos erros novos. Não repitamos erros do passado.

* “Lo que vendrá” música de Astor Piazzolla.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

A Justiça e misericórdia de Deus:
a destruição dos seus inimigos e o livramento do seu povo

O SENHOR É UM DEUS ZELOSO E QUE TOMA VINGANÇA, O SENHOR toma vingança e é cheio de furor: O Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos.
O SENHOR é tardio em irar-se, mas grande em força, e ao culpado não tem por inocente: o Senhor tem o seu caminho na tormenta, e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés.
Ele repreende o mar, e o faz secar, e esgota todos os rios; desfalecem Basan e Carmelo, e a flor do Líbano se murcha.
Os montes tremem perante Ele, e os outeiros se derretem; e a terra se levanta na sua presença, e o mundo, e todos os que nele habitam.
Quem parará diante do seu furor? e quem subsistirá diante do ardor da sua ira? a sua cólera se derramou como um fogo, e as rochas foram por Ele derribadas.
O SENHOR É BOM, UMA FORTALEZA NO DIA DA ANGÚSTIA, E CONHECE OS QUE CONFIAM NELE.
E com uma inundação transbordante acabarás, de uma vez, com o seu lugar; e as trevas perseguirão os seus inimigos.
Que pensais vós contra o SENHOR? Ele mesmo vos consumirá de todo: não se levantará por duas vezes a angústia.
Porque, ainda que eles se entrelacem, como os espinhos, e se saturem de vinho, como bêbados, serão inteiramente consumidos, como palha seca.
De ti saiu um que pensa mal contra o SENHOR, um conselheiro de Beliar.
Assim diz o Senhor: Por mais seguros que estejam, e por mais numerosos que sejam, ainda assim, SERÃO EXTERMINADOS, e Ele passará: Eu te afligi, mas não te afligirei mais.
Mas, agora, quebrarei o seu jugo de cima de ti, e romperei os teus laços.
Contra ti, porém, o SENHOR deu ordem, que mais ninguém do teu nome seja semeado: da casa do teu deus exterminarei as imagens de escultura e de fundição; ali farei o teu sepulcro, porque és vil.
Eis sobre os montes os pés do que traz boas novas, do que anuncia a paz! Celebra as tuas festas, ó Judá, cumpre os teus votos, porque o ímpio não tornará mais a passar por ti: ele é inteiramente exterminado.
( NAÚM 1:2 )

Anônimo disse...

Só as baionetas salvam o país novamente!

Loumari disse...

Lo que vendrá

Que la vida no se quede callada
que la muerte no se quede
con la ultima palabra
la vida que baila con la muerte
es la misma vida que se muere
por volver a verte

Los días que vendrás
traerán luz y armonía
solo queda sacarse la espina
para poder continuar

En sueños forjamos nuestra historia
revelando paisajes ocultos
de nuestra memoria
soñar es recordar para adelante
como chispa que alumbra
el camino en un instante

Tu nombre es esa llama
que flamea en mi bandera
nos cansamos de estar a la
espera de un tiempo que ya esta acá

Tiempo de trasmutar el dolor en poesía
que la música sea guía de lo que vendrá
Poder ver mas allá y encontrar una salida
la lucha no esta perdida si no te entregas

Decidimos seguir adelante
con el nombre de nuestros
caídos como un estandarte
tenemos derecho a ser felices
a pesar de la furia animal
que dejo cicatrices

Requiere mas valor la alegría que la pena
la tristeza se vuelve condena
si uno la deja estar

Tiempo de trasmutar el dolor en poesía
que la música sea guía de lo que vendrá
Poder ver mas allá y encontrar una salida
la lucha no esta perdida si no te entregas

Son los nombres de los que no están
los que brillan en la eternidad
La bandera de la victoria
resplandece en la memoria

Tiempo de trasmutar el dolor en poesía
que la música sea guía de lo que vendrá
Poder ver mas allá y encontrar una salida
la lucha no esta perdida si no te entregas.