terça-feira, 11 de agosto de 2015

Onda de depuração a partir da Lava Jato apavora os "intocáveis" no Executivo, Legislativo e Judiciário


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O câncer da impunidade está sendo exorcizado no Brasil. Não existem mais figuras inatingíveis nos três poderes. Não há mais espaço para "intocáveis" no Executivo, no Legislativo e até no Judiciário (onde a ministra aposentada do STJ Eliana Calmon causou furor corporativista ao denunciar a existência de "bandidos de toga"). A onda de depuração institucional vai desde a Lava Jato, que começa a higienizar o (i)mundo da politicagem, até a ações de corregedoria no Judiciário - o caso mais recente de um desembargador que resolveu dar um habeas corpus a um ilustre personagem com evidências gritantes de operar um alto esquema de tráfico de drogas e armas em São Paulo.

A classe política, desmoralizada e desclassificada para o exercício de um poder com legitimidade, nunca esteve tão perdida. Provas dessa confusão são as idas e vindas da Presidenta da República, do seu vice (articulador terceirizado de um desgoverno), do Presidente do Senado, do Presidente da Câmara, e dos supostos partidos de "oposição". Soa como tragicomédia uma cínica "aliança" momentânea de Renan Calheiros com a turma do Palhasso do Planalto, apenas para tentar neutralizar Eduardo Cunha. Em comum entre eles - mais Dilma, Lula e companhia -, está o claro risco de acerto obrigatório de contas com o judiciário, por pressão crescente dos segmentos esclarecidos que mobilizam a sociedade em rede.

Não existe mais clima moral para esconder maracutaias por debaixo dos panos - sobretudo nos das togas. Por isso, o juiz Sérgio Fernando Moro marcou mais um gol de placa ao ressaltar a importância de um servidor público do Judiciário agir como manda a regra republicana. Em curso promovido pela Escola da Magistratura (Emagis) do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), ontem, em Porto Alegre, Moro foi ao ponto: "A publicidade do processo é o preço que se paga por se viver em uma democracia. É uma garantia à sociedade, principalmente em casos de crimes contra a administração pública. Esses processos devem estar submetidos ao escrutínio popular".

Sérgio Moro voltou a condenar o excessivo número de recursos, que adiam o cumprimento das penas e criam uma cultura de impunidade: "No Brasil, existem casos em que a prova incriminatória é esmagadora, mastodôntica, com a responsabilidade demonstrada, e o réu insiste em ir até o final do processo apostando na impunidade. Vinculamos a presunção de inocência ao trânsito em julgado do processo, e têm homicidas confessos que ficam 10 anos sendo julgados em liberdade. Para a população, o que importa é o efeito final, é saber se a Justiça funciona ou não. Não podemos ter a Operação Lava-Jato como um soluço que não gere frutos para o futuro. São necessárias reformas na legislação que aumentem a efetividade do nosso sistema".

Moro ressaltou que no Brasil existem casos criminais em que a prova incriminatória é esmagadora, "mastodôntica", mas o réu insiste em ir até o fim do processo, "apostando na impunidade”. Por isso, Moro sugeriu que o instituto da admissão de culpa, como nos Estados Unidos. Segundo o juiz da Lava Jato, o mecanismo, conhecido como transação penal, prevê negociações entre o indiciado e o Ministério Público, evitando a abertura de processo criminal. Moro lembrou que, nos Estados Unidos, o condenado fica preso, cumprindo a pena, enquanto tramitam e são julgados eventuais recursos. Para ele, nos casos em que a prova é esmagadora, não se justifica o tempo e o custo do processo.

A defesa de um Judiciário que funcione de forma republicana, como defendem Sérgio Moro e tantos outros magistrados em processo de união de ideias, ideais e práticas corretas, é um avanço institucional para o Brasil barbarizado pela impunidade que faz compensar a corrupção sistêmica e a violência criminosa.

Repeteco da Visão Militar da Ativa

Íntegra da entrevista do General de Exército Antônio Hamilton Martins Mourão, Comandante Militar do Sul e ex-aluno do Colégio Militar de Porto Alegre, ao jornalista Paulo Sérgio Pinto, vice-presidente da Rede Pampa e âncora do programa Pampa Debates, apresentada ao vivo em 4 de agosto.

Como "deu pau" no arquivo postado ontem no Alerta Total, fazemos a repetição, a pedidos...


União Cívica

De Jorge Maranhão, em texto para a Campanha pela Moralidade Nacional do Clube Militar, uma mensagem para reflexão e ação imediata pelas pessoas e grupos voltados para o Bem:

"Depois de trinta anos de militância na mídia, estamos convencidos de que não superaremos nossa cultura de transgressão e omissão políticas, o corporativismo de nossas instituições jurídicas, as persistentes deficiências da qualidade de nosso ensino público, a degradação global dos valores morais da família e das igrejas e o imediatismo patrimonialista de nossa ação empresarial, sem um verdadeiro choque de mídia, a exemplo do que já ocorreu em democracias mais maduras".

"É urgente que nos reunamos numa só elite de cidadãos políticos as lideranças dos mais variados segmentos preocupados com a crise ética que nos degrada a todos. E isto só com uma grande campanha de mobilização nacional que capture e divulgue o pensamento de uma elite de cidadãos atuantes, verdadeiros agentes de cidadania que compreendem que controle social se faz com propostas objetivas e eficientes de políticas públicas e com participação permanente no debate público. Uma campanha mais cívica do que meramente publicitária, que nos apresente a nós mesmos".

Que droga!


Os desembargadores da 9ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo não têm data para julgar o mérito de um Habeas Corús concedido pelo desembargador Otavio Henrique de Sousa Lima para colocar em liberdade Welinton Xavier dos Santos, 50, conhecido como "Capuava", classificado pelo secretário da Segurança Pública, Alexandre de Moraes, como o maior traficante de São Paulo.

Com "Capuava" foram apreendidos 1,6 tonelada de cocaína pura e 898 quilos de produtos usados na mistura da droga, além de quatro fuzis, uma pistola automática e várias munições.

No despacho, o desembargador Otávio Henrique considerou que as provas apresentadas pela Polícia Civil sobre a participação de "Capuava" nos crimes não eram suficientes para mantê-lo preso preventivamente:
"Constata-se fragilidade do seu envolvimento nos crimes descritos, situação que aponta para a desnecessidade da mantença da sua custódia antecipada".

A Corregedoria do TJ-SP, em função da pressão política e midiática do caso, já cogita chamar o magistrado para explicar melhor como e em que embasou sua decisão de soltar "Capuava".

Durma-se com uma Dilma dessas...


Gustavo Mendes chuta o balde, novamente, com a paródia viva da Presidenta...

Delação premiada

Do médico Humberto de Luna Freire Filho, uma daquelas piadas curtas, grossas e muito sérias?

"Estou pensando seriamente em fazer uma delação premiada. Ainda não fiz a formalização processual junto ao Ministério Público, mas, vou adiantar para os amigos: trabalho e pago impostos há 40 anos, acontece que nos últimos 13 anos estou repassando todos os meus tributos para manter uma quadrilha".

Fim da Luz Vermelha

Reportagem-piada (em linguagem bastante chula), produto do melhor jornalismo-mentira, mas que viralizou nas redes sociais, e só confirma a quantas anda a desmoralização da petelândia:

JOÃO PESSOA – Os frequentadores do tradicional puteiro “Scala Drinks”, localizado na Rua da Areia, na capital paraibana, tiveram um susto na noite de ontem ao se dirigirem até o estabelecimento e notar a ausência da tradicional luz vermelha na porta.

“Sempre que recebo o salário venho aqui para comer alguém e fiquei até encabulado quando não vi a luz vermelha, porque achei que o cabaré tinha fechado ou mudado de ramo”, declarou José Genivaldo, assíduo frequentador do local.

A gerência do puteiro tranquilizou a clientela ao divulgar, ainda ontem à noite em uma rede social, que o estabelecimento permanecerá funcionando normalmente, “com a mesma qualidade de sempre”, mas que irá tirar, definitivamente, a luz vermelha de sua decoração.

“Tomamos tal decisão, porque estávamos sendo confundidos com a sede do PT, por conta da cor, e para não macular nossa reputação, construída duramente após anos de proxenetagem, não vimos outra solução”.

O publicação também narrou que muitos opositores ao governo andaram frequentando o local nos últimos dias “a pretexto de protestar contra o PT, mas vinham para cá só por causa da putaria mesmo”.

Procurado por nossa reportagem, o gerente não quis falar sobre o assunto, mas o leão de chácara nos informou que as funcionárias do local já estavam“ficando putas da via com a confusão. E teve uma que até se recusou a sair com o cliente porque ele chamou ela de companheira”.

Em nome da mãe


Cacos da Petelândia


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 11 de Agosto de 2015.

13 comentários:

Anônimo disse...

QUE FIM LEVOU ESSAS TERRAS, HEIN?
Renan Calheiros e família roubaram terras que iriam servir para a reforma agrária
O senador Renan Calheiros e seu irmão o deputado Olavo Calheiros, se apropriaram de duas fazendas improdutivas seriam utilizadas para a reforma agrária...

ducamillo disse...

Assisti pelo YouTube um vídeo da Sra. Denise de Abreu onde ela menciona em alto e bom som, que não haverá "intervenção militar" salvo solicitações feitas pela Sra. Presidenta, Sr. Renan Calheiros ou Levandowisk (sei lá se assim que se escreve). Segundo a mesma isto é o que manda nossa Constituição. Então fico com a ligeira impressão que, a menos que ocorra uma "insurreição" nos quarteis nós, brasileiros estamos FERRADOS (para não disser outra coisa). E fica a pergunta: do que irá valer a manifestação do dia 16???? Se é para mostrar a insatisfação do povo acho desnecessária, o mundo inteiro já sabe. Algum especialista da casa pode me responder?
No aguardo.
Grato.
Robertho Camillo.

Anônimo disse...

COMUNISMO É NEGOCIO DE MANICOMIO: HISTERIA PURA...
O psiquiatra Lylle Rossiter comprovou com sérios argumentos que o comunista é um psicopata, quem se apega a ele é um bitolado, ideia-fixa e almeja ser rico sem trabalhar, apenas tomando dos outros via confiscos!
O regime é uma farsa, não sendo difícil ver o resultado na prática de como são bitolados e apegados apenas a suas ideias histéricas do "Politicamente Correto".
Para começar, os comunistas para caluniarem seus desafetos, fazem qualquer coisa se valendo do "TODOS OS MEIOS JUSTIFICAM OS FINS", e chamando os outros do que eles mesmos são.
São velhas estratégias comunistas para tentar confundir o adversário, bastando
lembrar do Maluf quando era adversário do PT, super atacado como corrupto e agora "gente de casa"!
Idem os casos de Collor, Sarney, Renan, Edir Macedo...
Os comunistas, para se manterem no poder, fazem qualquer tipo de acordo, inclusive são aliados da bandidagem, de traficantes de drogas, as quais apoiam que sejam liberadas para alienar o povo!
O falsário e psicopata PT sobrevive da "ética-moral" chamada OPORTUNISMO e apenas temos de reconhecer que, como falsários e estelionatários que são, são ótimos corretores de venda de ilusões!
Humanamente falando, só mesmo E Cunha que sabe enfrentar a máfia do PT demonstra que não é assustadiço, tem posto eles em fuga, por isso estão desesperado com ele, tentando derrubá-los de qualquer jeito.
Renan tem sido manipulável, enquanto Cunha não; esse é fera!
Dia 16 nas ruas, tamo laaaaaaá!

Anônimo disse...

Não sei porque a nossa justiça não se torna mais rápida, não é possível um Mandado de Segurança envolvendo dois idosos levar mais de 15 anos, quando finalizar o processo os "veim" já tão no buraco só ossada.

Anônimo disse...

Cada dia mas fico fã e feliz em saber que no Brasil existem profissionais sérios e imparciais, Jorge Serrão considere se condecorado com todas medalhas, pois esta matéria do TJSP TEM QUE CORRER O MUNDO, se puder comente sobre o Paulinho, que este desembargador canalha e mafioso mandou prender. NO BRASIL É PRECISO CRIAR URGENTE UMA POLICIA ESPECIALIZADA EM POR FIM NA CARREIRA DESSES DITADORES, SABOTADORES, TRAFICANTES, CONTRABANDISTAS, MAFIOSOS QUE IMPÉRAM NO JUDICIARIO DO PAIS TODO... SERRÃO MAIS UMA VEZ LHE AGRADEÇO DO FUNDO DO MEU CORAÇÃO... PARABÉNS...

Anônimo disse...

Aqui no Brasil é assim a Dilma assina uma lei pra liberar Jose Dirceu e Genuino e por tabela libera o Juiz Lalau por conta por + 60 anos, até os canalhas envelhessem, não nã envelhessem que já morreu por conta dos desvios do dinheiro publico, que podeia ter ido pra hospitais da periferia.

A Burguesia fede
A justiça fede mais ainda


Chico Trevas

Anônimo disse...

Não ponham besteirol na tela do computador. ESTA É A GRANDE ORDEM DO ANONIMO DAS 8.24, Deve ser o mesmo exterminador que toda vez que quem vos escreve criticando o judiciário, era taxado de petista, covarde e era ameaçado com a quebra de sigilo, prisão e morte, então o tal anônimo deve ser outro mafioso desse maldito judiciário... TODO O CIDADÃO DEVE FICAR DE OLHO E DENUNCIAR TODOS OS MAFIOSOS POIS ESTÃO NO PT, MAS TEM LADRÃO NOS QUATRO CANTOS, LADRÃO É LADRÃO NÃO INTERESSA O PARTIDO, NEM SE USA UMA CAIXA DE ENGRAXAR OU UMA TOGA,UMA FARDA OU UMA CAIXA DE AMBULANTE... PEGUEM TODOS SÓ ASSIM ANDAREMOS...

Estéfani JOSÉ Agoston disse...



Situação 1:O sujeito mata, rouba, esfola, estupra, e então quando chega a uma certa idade, fica impune? Isento de julgamento, conforme procedimentos de advogados de defesa?

Situação 2:Policial inadvertidamente escuta pelo telefone a confissão de alguém de que matou tal e tal, mas por falta de "autorização judicial" tal escuta não tem valor legal conforme afirmações de advogados de defesa?

Situação 3:Em uma investigação, são obtidas provas de crimes graves durante os procedimentos de escuta ou outros meios mas "sem autorização judicial", e então os criminosos ficam livres de sanções legais, conforme afirmações de advogados de defesa?

Situação 4:Em uma investigação policial sobre uma quadrilha são conseguidas provas mediante procedimentos "não autorizados judicialmente" e tais provas perdem a consistência, valor, conforme afirmações de advogados de defesa?..."“As investigações que deram origem à ação penal decorreram da interceptação ilegal e inconstitucional das mensagens de BBM (BlackBerry Messenger) sem observância do Tratado Bilateral de Assistência Mútua em Matéria Penal existente entre Brasil/Canadá, promulgado pelo Decreto nº. 6.747/09″, afirma a defesa de Odebrecht."( http://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/odebrecht-coloca-skaf-e-gabrielli-em-seu-rol-de-testemunhas/)

Situação 4:Em uma investigação policial sobre um determinado fato, dai em diante seguindo pistas e evidências, vão surgindo outros casos gravíssimos, não exatamente ligados umbilicalmente ao procedimento inicial, e as provas obtidas sobre os casos, conforme afirmações de advogados de defesa, são improcedentes, perdem valor?

Situação 5:Em caso de guerra, em investigações efetuadas por serviços de inteligência são utilizados processos de escuta "não autorizados judicialmente", e o espião e traidor fica safo e livre, mesmo que tenha causado danos gravíssimos à Nação, conforme procedimentos de advogados de defesa?

Situação 6:Então o judiciário só agem em função da "pressão política e midiática", não em função do crime cometido? Quer dizer que um crime só é crime quando acontece "pressão política e midiática"?..."A Corregedoria do TJ-SP, em função da pressão política e midiática do caso, já cogita chamar o magistrado para explicar melhor como e em que embasou sua decisão de soltar "Capuava"...

Sugiro que nesses e em outros casos e situações não mencionadas acima, são casos e situações em que o mais sensato é a alteração radical no sistema jurídico brasileiro, eliminação dos advogados de defesa, e ou uma profunda e radical alteração nos ritos jurídicos e uma profunda e radical alteração na Constituição.

Anônimo disse...

Estéfani, eu não sou besta para tirar onda de herói, mas vamos usar nossa cabeça oca. O PRIMEIRO PASSO DADO PARA CONTRIBUIR COM A MAFIA FOI UMA LEI,QUE NÃO PODE EMPREGAR QUEM NÃO CONCLUISSE O ENSINO MÉDIO,PORRA MEU NO BRASIL TEM MILHÕES DE CARGO QUE NÃO É PRECISO NEM DO PRÉZINHO, SEGUNDO, MENOR É INAMPUTÁVEL E PROIBIDO DE TRABALHAR, ESTATUDO DO IDOSO,IDOSO PODE TUDO E NÃO TEM DEVER MORAL NEM UM,TODOS INCAPAZES DE SE MANTEREM SOZINHOS MAS PRODUTIVOS NA VENDA E NA EMBALAGEM DE DROGAS E OUTROS CRIMES, TEM MUITO MAS PARA COLOCAR MOS EM XEQUE, MAS VAMOS PARAR NA PEC DA BENGALA,ESSAS LEIS FORAM APENAS PARA FODER O CIDADÃO NOS TIRANDO O DIREITO DE LEGITIMA DEFESSA, POIS OS MESMOS QUE FIZERAM E APOIAM ESSAS LEIS LUCRAM COM ESSES INCAPAZES E INAMPUTAVÉIS... O JUDICIARIO DEU BANDEIRA AO PEDIR SEGUNDA CHANCE PARA CADEIRO MAS NUNCA PEDIU UMA CHANCE PARA UM ANALFABETO SEM PASSAGEM PELA POLICIA...

JOSÉ AIGUPTOS disse...

Retornando...Evidentemente as situações que apresento em seguida são produto da imaginação, mas que no andar de hoje podem sim acontecer, pois basta abrir jornais, pesquisar na mídia e são abundantes as declarações de magistrados afirmando que agiram tal e tal em decorrência da "pressão da mídia e popular"...oras pirolas, mas não deveriam agir em função das Leis? Só agem quando acontece pressão popular? Sei não, alguma coisa está é muito errada.

Situação 1:o sujeito chega chorando, esbaforido e solicita auxílio ao policial, pois sua filha e esposa estão sendo estupradas por assaltantes..., recebendo como resposta de que só poderia agir se existisse "pressão política e midiática"...???

Situação 2:o veículo policial passa lentamente em um bairro da pesada, e lá vai o veículo, ron ron ron, então deparam com cena dantesca de um criminoso matando uma jovem, oras, o bairro é da pesada e cada um cuida de si mesmo, e se perguntados respondem que não viram nada, etc. e tal, oras então os policiais continuam tranquilamente a ronda, pois para agir precisam de "pressão política e midiática"...???

Situação 3: cenário 'praça bucólica no interior, na política de hoje cada um cuidando de sim mesmo e os outros que se lasquem'... a viatura estaciona para alguns dos policiais conversarem com um antigo amigo que está defronte de casa, flanando na noite agradável, quando ouvem gritos de socorro de uma senhora que está sendo assassinada, mas os policiais continuam a conversar, pois só agirão se acontecer "pressão política e midiática"...???

Situação 4:operadora de internet é bandida, não atendendo o prescrito em contrato, fornecendo um sinal de baixa qualidade, ou então, operadora de celular que repassa ligações recebidas para o Spam se o sujeito não tiver créditos (Claro/Claro recado), mas quando vai reclamar, nada acontece, pois magistrados, promotores e polícias não agem se não existir "pressão política e midiática"...???

Portanto a situação dos brasileiros no que se refere ao Judiciário, é de completo abandono, acontecendo extensa e completa anomia no meio judicial.

Mas se policiais agem, e juízes e outros mais "soltam" a bandidagem, perguntem-se como se sentem tais policiais?

Ou mesmo policiais militares que recebem merrecas como soldo, mas que mesmo assim agem dentro do que esperamos, como se sentem quando sabem que bandidão com mais de uma tonelada de pó é solto..."por falta de provas"...

Será que não existe algo de errado em nosso sistema de vida, nossas Leis, nossa Constituição?

JOSÉ AIGUPTOS disse...

Caramba, esqueci, para auxiliar os desafortunados compatriotas que sofrem com crimes e não recebem o devido retorno do sistema jurídico brasileiro, retorno que é a justa e dura punição de culpados de crimes, registrei um blog de nome Pressão Política e Midiática (http://pressaomidiaticaepoliticadocaso.blogspot.com.br/), onde assim que o blog estiver organizado, poderão enviar assuntos e queixas, além de piadas, pois nosso sistema judiciário é uma piada completa. Concordam?

Aproveito para informar o endereço de um blog de policiais (http://www.policialbr.com/policia-na-cadeia-e-traficante-nas-ruas-demostra-justica-brasileira/)

marcelo victor disse...

Tudo muito belo no discurso do General, mas, enquanto esse fulano dava uma entrevista, no ar condicionado, os Policiais Militares do RJ, indefesos, sofriam as consequencias da irresponsabilidade dos governantes e da propria sociedade de uma forma geral (incluindo os militares das forças armadas).
Nao obstante, nesse mesmo momento, os demonios comunistas (livres, leves e soltos), por certo, estavam reunidos em alguma "boca" para criar mecanismos que mantenham a populaçao perdendo tempo, estrategicamente, com discussoes filosoficas e sociologicas (infantis), tais como: desarmamento da populaçao, liberaçao das drogas, desmilitarizaçao da policia, etc...
As facçoes criminosas, por sua vez, continuam agradecendo e dando gargalhadas dos trouxas, politicamente corretos, que aceitam a estrategia marxista (chamada, astutamente, de democracia) de "cozinhar o galo", seguida de operaçoes "enxuga-gelo" (com cartas marcadas).
ACORDA BRASIL...nòs jà vivemos uma verdadeira GUERRA e a sociedade precisa dar todas as condiçoes e respaldo aos nossos verdadeiros protetores: os POLICIAIS MILITARES.
Paremos com demagogia, seu General!!! temos o dever de sair em socorro dos nossos irmaos policiais militares que arriscam suas vidas para nos defender, mesmo vossa excelencia que dispoem de segurança particular, pois, um dia, tudo isso acabarà. Alem disso, a segurança de autoridade contempla a pessoa e nao os familiares, os quais tambem estao a merce dos bandidos, a nao ser que vivam trancados dentro de condominios ou vao pro exterior.
Mesmo que autoridades como o senhor, General, que estao, direta ou indiretamente, envolvidas com a segurança publica (incluindo esse General) achem que estao livres de culpa (frente ao descaso para com os nossos policiais) e consigam dormir tranquilas, saibam que voces tem, SIM, participaçao no sangue desses defensores do povo brasileiro.
Vejam o que digo com os proprios olhos:
http://www1.folha.uol.com.br/.../1667227-pm-pede-socorro...

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Sr. Marcelo Victor, parece-me que o endereço correto é...(http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/08/1667227-pm-pede-socorro-via-radio-antes-de-ser-baleado-por-traficantes-ouca-audio.shtml)