quarta-feira, 30 de setembro de 2015

As falácias de Vladimir Putin na 70 ª Assembleia da ONU


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Mtnos Calil

Depois que a China e a Rússia retornaram ao capitalismo, sendo que a Rússia compete hoje com o Brasil para ver quem é mais corrupto, a esquerda tradicional, adepta da ideologia marxista, continua manifestando sua simpatia para com estes dois países, como se ainda eles estivessem em marcha para o socialismo. A explicação psicológica deste transtorno ideológico é simples: como os Estados Unidos, a Inglaterra e seus aliados eram – e continuam sendo – ferozes inimigos do socialismo igualitário, o da sociedade sem classes, a esquerda, resignada, busca se consolar nos ombros dos camaradas dirigentes da China e da Rússia, mantendo assim a sua fidelidade ideológica, ou melhor fé ideológica, que como tal dispensa o rigor cruel da razão. A resignação é tamanha que até um Putin da vida é acolhido como a mais nova figura da “estabilidade mundial” ( e não mais da revolução mundial). Dentre as diversas falácias do discurso de Putin, essa merece  especial atenção

“A Rússia sempre se opôs firme e consistentemente, sempre, contra o terrorismo em todas as suas formas”

Se eu fosse o marketeiro de Putin, mandaria o nosso camarada remover essa frase do discurso porque além de não acrescentar nada ao conjunto das falácias, usa o verbo no passado, o que nos remete à época de Stalin que obviamente cometeu uma das formas do terrorismo genocida. Stalin, como todos já sabem (ou deveriam saber) não passou de um “psicopata do poder” que enterrou o sonho socialista da igualdade e da justiça sociais. O sonho se dissiparia de qualquer maneira, mas sem as barbáries stalinistas.
Como esse discurso é marcado por ambiguidades, o próprio Putin reconhece as barbáries praticadas por Stalin, nestes termos:

“Todos devemos lembrar o que nosso passado nos ensinou. Também recordamos alguns episódios da história da União Soviética. ‘Experimentos sociais’ para exportação, tentativas de impor mudanças dentro de outros países baseadas em preferências ideológicas, quase sempre levaram a consequências trágicas e à degradação, não ao progresso.”

Vejamos apenas mais duas falácias do discurso

“A ONU é única em sua legitimidade, representação e universalidade

A ONU não é nada disso! Se fosse, teria o poder de botar ordem no caos universal que ela representa. “Legitimidade e representação” sem poder decisório não servem para nada. A ONU é quando muito um órgão de consultoria global na nova (des)ordem mundial estabelecida.

“Poderíamos chegar a um mundo dominado pelo egoísmo, não pelo trabalho coletivo. Um mundo cada vez mais caracterizado pela violência, não pela igualdade e por democracia e liberdade genuínas”

Putin menciona essa possibilidade como um argumento em defesa da ONU, como se ainda não chegamos no “mundo dominado pelo egoísmo”. Chega a ser hilário Putin falar em democracia e liberdade genuínas. Será que o que ele leu corresponde ao que ele pensa? Se sim, o objetivo dele é competir com os EUA pela liderança da ONU.

A par destas falácias, Putin atua* no discurso se colocando como um líder emergente de uma sonhada democracia universal. ( do socialismo igualitário evoluímos agora para a democracia mais linda da história)

*O discurso em política, cumpre, via de regra, a função do “acting out”, termo utilizado na psicanálise para definir representações urdidas em nossa mente inconsciente; a diferença é que o discurso dos políticos, conforme ensinou Maquiavel, tem que respeitar essa regrinha básica: agradar à plateia, o que requer, de quem discursa, a plena consciência das falácias, embora, no caso dos políticos honestos
eles possam incidir no auto-engano acreditando mesmo em suas idealizações.

A atuação de Putin atingiu o ápice com esta frase:

"Confio que, trabalhando juntos, conseguiremos fazer do mundo lugar pacífico e seguro, e asseguraremos condições propícias para o desenvolvimento de estados e nações".

Será que Putin estava sendo sincero quando disse isso? Bem ... se ele estava realmente acreditando nas suas próprias palavras foi vitima de um delírio inconsciente.

Cabe assinalar que as criticas do comandante russo ao imperialismo/capitalismo selvagem reproduzem a realidade dos fatos, o que contraditoriamente, representam um tiro no pé, pois certamente ele não vai atuar (no sentido racional do termo), levando à prática o combate a essa selvageria. Para evitar uma 3ª. guerra mundial a China e a Russiatêm que aceitar as injunções do capitalismo selvagem que se materializam na concentração esquizofrênica da renda, o que já ocorre no capitalismo destes dois países. Na  verdade, o motivo desta guerra seria a pura disputa pelo poder político e econômico que agora será dividido entre as grandes potências dos dois lados, visto que hegemonia absoluta do império anglo-americano já acabou. Porém,  ninguém pode assegurar que algum psicopata que esteja no poder ou que venha a ocupá-lo,  não vá lançar uma bomba atômica.

PS. O discurso de Putin na integra se encontra aqui:http://www.mcclatchydc.com/news/nation-world/world/article36860463.html

Mtnos Calil, Psicanalista, coordenador do grupo Mãos Limpas Brasil, defende a Teoria dos 5 zeros: Ideologia Zero, Ingenuidade Zero, Ilusão Zero, Narcisismo Zero e Expectativa Zero.


A expectativa zero não implica  pessimismo, visto que o ato de ser otimista ou pessimista, já é em si, ideológico. As pessoas em geral pensam que o pessimismo interfere negativamente na história e não se dão ao trabalho de verificar se seu otimismo está fundamentado nos fatos.  A expectativa zero significa que o esperado pode ou não acontecer e que as nossas ações devem ser reguladas por processos bem planejados e bem executados, independente dos resultados que poderão ou não ser alcançados.

10 comentários:

Loumari disse...

Por que gastam as vossas forças criticando os demais nas suas acções em câmbio vocês mesmos no curso de vossa historia não conseguiram fazer nada de produtivo e evolutivo que tenha participado ou contribuido para o desenvolvimento da sociedade? A Rússia hoje tem o poder em armamento e tecnologia avançada que pode PULVERIZAR Brasil num só dia.
Enquanto estão ai a latirem como vulgais atrasados, preguiçosos, induzidos no analfabetismos e consumidos na vossa ignorância, os outros eles estão a avançarem e a progressarem.
Até um pobre como Bolívia ousou proferir confiadamente ameaças com invadir Brasil porque todos sabem que Brasil é o vulgar maricas que só se gaba, mas não tem nada nas entranhas. Quando Morales preferiou ameaças com invadir militarmente Brasil, por acaso houve algum dos vossos generais que levantou a voz?

Anônimo disse...

Mostrou um desconhecimento profundo da política internacional, arraigada a uma ideologia da guerra fria onde todos tinham que escolher um lado e diabolizar o outro, sempre tendo o interesse alheio como argumento supostamente lógico. O Brasil, é livre e soberano não precisando ficar debaixo de qualquer asa, seja ela qual for, soluções brasileiras para brasileiros. Quando o padeiro se mete a fazer um prédio, é isso que acontece.

Anônimo disse...

A Rùssia com todos os seus problemas estão anos luz a frente do Brasil, quero ver o Evo Morales ameaçar invadir a Rùssia como ousou em falar de invadir o Brasil, isso sem falar na refinaria que o Brasil deixou tomar kkkkkk Brasil è um anão diplomàtico e sempre serà.

Loumari disse...

Até o Josepp Blatter antes do mundial do Brasil classificou o Brasil como mais atrasado do que a Africa do Sul

Blatter reconhece Brasil «mais atrasado do que África do Sul "Por Redação
A- A A+

O presidente da FIFA reconheceu que a preparação do Mundial do Brasil está mais atrasada do que a do campeonato organizado na África do Sul, há 4 anos, quando se temeu que os atrasos fossem inultrapassáveis.

«O Brasil está mais atrasado na preparação do que a África do Sul, no mesmo período. Mas não duvido de que um grande país, com 200 milhões de habitantes, organizará um grande Mundial», refere Joseph Blatter, em entrevista à France Football.

Blatter encontrou-se com Dilma Rousseff em Zurique, de quem recebeu garantias, apesar do tempo disponível para obras e logística. «Esta é a primeira vez que um país dispõe de sete anos para organizar o Mundial e a preparação está atrasada», lamentou.

O presidente da FIFA desvalorizou também os constantes protestos nas ruas contra o dinheiro gasto para o certame, e elogiou a organização da Rússia - que vai receber o evento em 2018 - dizendo que a preparação está «muito avançada».

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Seguindo linha ideológica, o portal Alerta Total prestigia aos quais está alinhado, os Fabianos, entre os quais acredito, o senhor Mtnos Calil. Oras, porque penso que o sr. Calil seja Fabiano? Bastou-me principiar a ler o texto que comento, para surgirem evidências, entre as quais algumas:

1 - O senhor Mtnos Calil ao escrever..." a Inglaterra...eram – e continuam sendo – ferozes inimigos do socialismo igualitário..." tenta tal ao seu nome, impingir-nos um Mito, o de que a Inglaterra não tenha buscado, com todas as forças de alguns de seus líderes, o socialismo, que só foi evitado pela corajosa sra. Margareth Thatcher. Alinho o nome de alguns influentes Fabianos, a maioria britânicos: Hubert Bland, Bernard Shaw, Annie Besant, Sidney Webb, Sydney Olivier, Graham Wallas, John Passmore Edwards, Richard Cobden, Grupo Rothschild, Lorde Arthur Balfour, David Rockefeller, Ramsay MacDonald, Partido Trabalhista (britânico)...O emergir do Welfare state se deve muito aos esforços e ao trabalho intelectual da Sociedade Fabiana...

2 - A quem acompanha a trajetória do sr. Vladimir Putin, fica bem claro que ele estabelece uma linha bem clara de diferenciação entre a União Soviética e a Rússia, ligando a antiga URSS a "antes" e a Rússia a "depois"

3 - O senhor Mtnos Calil defende um USA do qual só para mencionar uns poucos fatos, lançou o Vietnã nas chamas, atacou a Sérvia, o Iraque, saqueou a América Latina, lançou no mercado um papel impresso de nome "dólar" sem fundos para sustentá-lo, um USA que correu para os braços da antiga China comunista para faturar o mais possível, assim dando forças para que surgisse o atual império chinês ao qual lança farpas.

Sugiro ao senhor Mtnos Calil, buscar um bom curso de Filosofia, onde seja dada primazia ao estudo da Lógica e de quebra, se não é um Fabiano enrustido, que encontre um bom Psicólogo que lhe possa auxiliar a encontrar novamente o fio da meada.

Permita-me sugerir, senhor Calil, que entre a Rússia, China e USA, fiquemos com o Brasil, depois é claro, de serem eliminados os traços do socialismo Fabiano aqui semeados pelos Fabianos das FFAA

Alarius disse...

Vladimir Putin conquistou com sua postura de Líder e Estadista a admiração e o respeito de quem analisa a política Mundial dos nossos dias.
Ele é cristão, defende sim o cristianismo, defende a soberania da Rússia e é o único Líder da Terra que não se rendeu a NOVA ORDEM MUNDIAL
Não tolera a subversão capciosa do veneno do politicamente correto ,condena a aberração do multiculturalismo, nem aceita a ditadura dos gays e a ultrajante agenda LGBT que já sodomizou a maioria dos países ocidentais,a blasfemaria e o insulto maior a Deus Pai é o CASAMENTO GAY.
Por isso a Rússia será ABENÇOADA E VITORIOSA em tudo que fizer,vencerá todas as guerras, derrotará os "exércitos sodomitas ocidentais " infestados de gays.pedófilos e feministas a maioria consumidores de Drogas e outros vícios.

Putin barrará a horda selvagem de bárbaros islâmicos terroristas pelo Mundo

Deus e os homens de visão verdadeiros apoiam Vladimir Putin e a mãe Rússia REDENTORA DA CIVILIZAÇÃO ocidental
LONGA VIDA A RÚSSIA E A PUTIN!!!

Anônimo disse...

Se no Brasil amado tivesse um presidente como Putin, não estaríamos nesta situação vexatória. Conhecimento zero.

Anônimo disse...

Excelente artigo, demonstra bem a prática da estratégia da subversão comunista, o verdadeiro retrato do lobo em pele de cordeiro. É uma pena que ainda nos dias de hoje, com toda a informação disponível na web, as tais falácias consigam enganar os mesmos tolos com essas conversinhas progressistas, tolos estes que diante de um argumento contrário à sua ideologia expressam sem mais demoras resmungos como se saíssem de sua essência com fim único de ofender e ridicularizar o autor de tal argumento, mas jamais produz algo relevante refutar o argumento e a realidade exposta à sua frente.

Loumari disse...

Estou inteiramente na mesma linha que Alarius. Putin é o homem da Bíblia. Da mesma maneira que na antiguidade Josué tumbou Jericó, nesta geração Putin vai aniquilar toda a Europa.
E acho que este articulista Mtnos Calil é da comunidade dos Gays. Porque são os da comunidade dos gays que sentem tanto ódio pelo Putin.

Mtnos Calil disse...

Vou analisar as criticas que recebi até agora e responder a elas num outro artiguete. Essas criticas em resumo foram as seguintes:

a) Sente ódio por Putin, o que sugere que eu seja membro da comunidade dos gays.
b) Revela uma ignorância generalizada, segundo sugere a expressão "conhecimento zero"
c) Defende os Estados Unidos, um país que por exemplo, cometeu uma barbárie no Iraque
d) Necessita de psicoterapia
e) Carece de pensamento lógico, o que foi revelado na sugestão para fazer um curso de filosofia que dê primazia à lógica
f) Parece ser um fabiano.

Pretendo responder a estas criticas em breve e gostaria que os prezados criticos fizessem o seguinte:

a) Deixar a agressividade verbal de lado
b) Estabelecer uma discussão orientada pela lógica

Não terei a menor dificuldade em admitir eventuais falhas de raciocinio que eu tenha cometido desde é claro, que o diagnóstico destas falhas esteja fundamentado na lógica. Estou usando a palavra lógica não no seu sentido tradicional que envolve por exemplo a lógica formal, mas no sentido semântico, ou da lógica semântica. Sou um defensor ferrenho da "lógica e precisão da comunicação"

Obrigado por essas criticas que revelaram o quanto o ser humano é impelido a "interpretar as palavras dos outros" de uma forma subjetiva e impulsiva, sem se preocupar em examinar em profundidade o pensamento expresso nas palavras. Só dou agora rapidamente dois exemplos do que eu chamo "interpretacionice" e da qual fui alvo:

a) Eu não "defendo" os Estados Unidos
b) Eu não sinto o menor ódio pelo Putin - nem pelo Lula. O sentimento de ódio é muito desgastante. O sentido da vida está no prazer de viver, o qual requer bom humor. Considero o bom humor tão fundamental que estou criando a TBHR - Teoria do Bom Humor Radical, que me propicia, por exemplo,a condição de não me sentir irritado ao receber criticas carentes de fundamentação lógica.