sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Charada Latino-Americana


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

O recente acordo firmado entre as FARC (Forças Armadas Colombianas) e o governo oficial da Colômbia enche de perplexidade o leitor interessado na volátil política da América Latina. 

Será o grupo guerrilheiro considerado, a partir do presente protocolo, uma espécie  de estado soberano, apto, portanto,  a interagir com outro do mesmo status?  

As informações esparsas dão conta também do estabelecimento de uma nebulosa transição jurídica para julgamento dos elementos de ambos os lados envolvidos no longo conflito. 

Como será constituído o tribunal encarregado de separar o joio do trigo, ou seja, os crimes comuns dos cometidos contra a humanidade? Afinal, o conflito entre as partes consistiu sempre de um estado de guerra não declarada. 

Consta ainda dos canais de notícias a  assinatura de um acordo final, a ser referendado pela população, a partir do qual a guerrilha deporá as armas . 

E  o que acontecerá depois? As FARC deixarão de existir? O Sr. "Timochenko ficará desempregado ou ganhará um Ministério no governo oficial? 

E a foto do ditador Raul Castro, posando de mediador da paz, entre os dois representantes, todos vestindo sugestivas camisas brancas? Qual será o simbolismo embutido? 

Tudo, uma verdadeira charada latino-americana. 


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

5 comentários:

Anônimo disse...

Cuba e os irmãos castros genocidas por natureza é a cabeça da serpente a ser combatido e destruído por nossas FFAA.
Cuba pais hostil ao povo brasileiro que a meio século tenta nos escravizar com a seita comunista.

Brasil para os brasileiros! disse...

Uma chanchada latino-americana.

Loumari disse...

"Como será constituído o tribunal encarregado de separar o joio do trigo, ou seja, os crimes comuns dos cometidos contra a humanidade? "

Senhor Gotaç, nenhum homem ou ser humano ou conclave, tem suficiente autoridade e competência para julgar as atrocidades cometidos ao seu justo peso dando sentença na altura das abominações perpetrados por estes.
A verdadeira justiça já cabe da competência do Legislador do Universo, que atribuirá as sentenças na altura dos pecados de cada um.
Não devemos esquecer que Deus dá oportunidade de arrependimento para qualquer pessoa que seja. Nisso Ele, Deus, nos provou com São Paulo.
Todos nós devemos é olhar para adiante e não estagnar no passado que é um tempo revoluto. Todos nós podemos aprender dos nossos erros, e arrepender-nos dos nossos actos passados e olharmos para o futuro com o coração limpado de todas as impurezas. Mas isto, depende da força de vontade de cada um.
Agora estar a tocar no mesmo teclado e repetindo o mesmo refrão, isto não nos levará para parte alguma. Devemos evoluir, aprender o valor do perdão, obrar para a reconciliação e paz que nos é cara a todos. Só um idiota é que não muda de opinião.
Devemos apoiar os homens que tomam iniciativas corajosas, que logram fazer abstracção das suas divergências e olhar para o interesse comum e que pode ser benéfico para todos.

Dr Martin Luther King numa das suas citações disse:
"OU VIVEMOS TODOS JUNTOS COMO IRMÃOS OU MORREMOS TODOS JUNTOS COMO IDIOTAS!

Anônimo disse...

É um bom acordo para o Foro de São Paulo: sem sair das áreas ocupadas, sem deposição de armas, sem devolução do dinheiro que guarda no exterior, sem indenização das vítimas da guerrilha, sem citar o narcotráfico e controle da produção de cocaína, as FARC, que contam com o repúdio de 73% da população colombiana ao acordo (segundo pesquisa Gallup), vão poder prestigiar politicamente o governo de Juan Manoel Santos e colaborar para a implantação do socialismo naquele país. Cumpre-se a agenda da ONU, dos controladores do mundo, dos banqueiros, de Wall Street, do FMI e do Banco Mundial. E o Maduro da Venezuela, nascido na Colômbia, contará com o apoio explícito de sua pátria para fortalecer o eixo controlado por Cuba, com as bênçãos do papa jesuíta revolucionário, do Obama e seus patrões. Este é o quadro, com muita distração para a mídia deitar e rolar.

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 430 PM.
Isso está sendo uma tremenda armação muito bem conduzido, temos que admitir.
Pura estratégia diversionista.