sábado, 12 de setembro de 2015

Receita para o Brasil sair da crise


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Alberto Ramos Soares de Queiroz

Algumas providencias precisam ser tomadas, senão vejamos:

EXECUTIVO FEDERAL – demitir todos os funcionários comissionados; aqueles que foram concursados voltam para as suas origens com o salário da função e os apaniguados vão para o olho da rua – reduzir o no. dos ministérios para 10 e cortar 29 – não pagar as emendas dos políticos – parar de pagar o bolsa família – parar com o minha casa minha vida – vender a frota de veículos oficiais e terceirizar – eliminar gastos com viagens ao exterior –  reduzir em 50% o salário dos ministros, advogados da União, defensores públicos, presidente da república e vice - devolver os médicos cubanos para Cuba – cancelar os empréstimos do BNDES para Cuba, Venezuela, Argentina, Paraguai, Equador, Bolívia e países africanos – impeachment ou renuncia da Dilma – prisão e investigação do Lula.

LEGISLATIVO – cortar em 50% o salário de todos os políticos da Câmara Federal e do Senado – demitir todos os funcionários comissionados – eliminar a frota de veículos e terceirizar – cancelar as viagens ao exterior.

JUDICIÁRIO – cortar em 50% o salário de todos os Juízes em todas as instâncias – eliminar a frota de veículos e terceirizar – cancelar todas as  viagens ao exterior – demitir todos os comissionados.

Somente após todas essas providencias é que o Brasil, poderá voltar a crescer.

Carlos Alberto Ramos Soares de Queiroz é Advogado.

6 comentários:

Anônimo disse...

a receita é boa mas pasteurizada já que cortar 50% não adiantará nada o que precisamos é fechar 15 ministérios cada um com gastos de 400 milhões e reduzir
as empresas estatais,no judiciário não há comissionados e reduzir os programas
sociais que efetivamente foram além de mais e quebraram a Nação pobre e
desgovernada chamada Brasil,o advogado que dá as sugestões é nefelibata pois não
basta um corte estrutural de salários o que impacta são cartões corporativos e
contratos superfaturados e despesas inuteis

Anônimo disse...

Hombre de Diós!
Finalmente uma solução inteligente!
Implementação já!

Gilberto Leocadio De Souza disse...

Essas medidas fazem sentido. Entretanto para concretiza-las, somente com as Forças Armadas que anulariam todos os poderes ora constituídos e começaríamos tudo do zero, passando o país a limpo.

Anônimo disse...

Concordo totalmente com o articulista,mas para que se ralizem essas mudancas,o povo deve fazer a nivel nacional,o que esta ocorrendo em algumas cidades do Parana,onde sob protestos da populacao,houve cortes nos exorbitantes salarios dos politicos.
Os nossos ilustres mandatarios sabem onde esta o problema mas se recusam a implementar os ajustes necessarios para a conta fechar(em matematica simplista: despesa igual ou menor que ganho e nao o contrario)

Anônimo disse...

ALÉM DE CORTAR 15 MINISTÉRIO SOLTAR A RECEITA E A PF EM CIMA DESSA SUA MAFIA...

augusto.a disse...

Concordo, essas providências ajudariam banânia a sair do lixão. Mas esqueceu da cadeia para os vagabundos, para ninguém se assanhar a assaltar o povão outra vez.Pena não existir ser vivente no país para fazer isso.