sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Cabu, nosso Herói


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Chagas

Caros amigos: Muita gente têm se manifestado a favor de "remexer o passado", referindo-se, particularmente, à abertura de processos contra o, hoje falecido, Cel Carlos Alberto Brilhante Ustra – o nosso CABU – e a episódios ocorridos durante o combate ao terrorismo no Brasil.

Dizem ser necessário para garantir que não se repetirão no futuro, quando, na verdade, o que querem é lançar cortina de fumaça sobre fatos escabrosos praticados no passado, anteontem, ontem e ainda hoje pelos mesmos bandidos de outrora, agora travestidos de representantes do povo.
Pregam o julgamento de um passado devassado por inquéritos e enorme quantidade de obras literárias – como “A Verdade Sufocada” -  que viraram do avesso os fatos e expuseram toda a verdade, de ambos os lados da contenda.

Dizem preocupar-se com os excessos do passado, mas não hesitaram em torturar e massacrar moralmente o nosso CABU, até à morte, na tentativa de desviar a atenção da sociedade sobre a série de delitos que sintomatizam a impunidade, a permissividade e a degradação moral que têm assolado o país nas últimas décadas.

E agora? O “bode expiatório” morreu, a quem irão massacrar para enganar os incautos, recontar a história e livrarem-se do peso e da vergonha da derrota?

CABU morreu lutando pela vida e pela verdade, morreu em paz com a sua consciência de Soldado porque cumpriu o seu dever, foi fiel ao Exército e ao seu juramento, dedicou-se inteiramente ao serviço da Pátria e não temeu arriscar a vida para cumpriu as ordens que recebeu.

Nunca pode descansar do combate e usufruir da merecida glória de ser um vitorioso. Passou a inatividade combatendo e, indefeso e quase só, enfrentou, com galhardia, a ira revanchista dos derrotados.

Ele continuaria a vencê-los se Deus, o Senhor dos Exércitos, não o tivesse retirado da linha de frente, mesmo a contragosto dele, de sua  amada família e de seus amigos e admiradores.

Morre o herói, fica o exemplo. Morre o guerreiro, mas não acaba luta. Morre o líder, mas não morre a sua causa!

Ele nos mostrou como se combate o bom combate e como se guarda a fé na missão e nos ideais. Não temos o direito de desmerecer este legado, não temos o direito de abandonar a causa da liberdade pela qual ele dedicou toda a sua energia de vida!

Fica para inspirar-nos e para lembrar-nos da garra e do permanente otimismo de Carlos Alberto - como a ouvimos tantas vezes chamá-lo -, Dona Joseíta, o esteio e o amor da sua vida, que, com a fragilidade, a elegância e a meiguice da sua feminilidade, a calma e a doçura da sua voz, o conhecimento, a cultura, a inteligência,  a cumplicidade e o bom senso dos seus conselhos, nunca o deixou só, desamparado ou desesperançado.

À Dona Jô, além do nosso carinho e do nosso pesar, o nosso agradecimento por tê-lo ajudado a manter a impulsão, a altivez e a dignidade que fizeram dele O NOSSO HEROI e o símbolo de uma luta que nunca acaba, mas que ele venceu e nos ensinou a vencer, todos os dias!

Minha fé me conforta ao dizer que Deus o tem, reconhece o seu valor e o conforta do afastamento terreno da sua Jô, da sua família e de seus amigos!

Paulo Chagas, General de Brigada, é Presidente do Grupo Terrorismo Nunca Mais - TERNUMA = Nenhuma ditadura serve para o Brasil =

19 comentários:

Jayme Guedes disse...

Ao Cabu, minha gratidão como brasileiro.

Loumari disse...

Assim diz o SENHOR DOS EXÉRCITOS: Diligentemente respigarão os resíduos de Israel como uma vinha; torna a tua mão, como o vindimador, aos cestos.
A quem falarei e testemunharei, para que ouça? eis que os seus ouvidos estão incircuncisos, e não podem ouvir; eis que a palavra do SENHOR É, PARA ELES, VERGONHOSA; NÃO GOSTAM DELA.
Pelo que, estou cheio do furor do SENHOR, estou cansado de o conter: derramá-lo-ei sobre os meninos pelas ruas, e nas reuniões dos mancebos juntamente; porque até o marido com a mulher serão presos, e o velho com o que está cheio de dias.
E as suas casas passarão a outros, herdades e mulheres juntamente: porque estenderei a minha mão contra os habitantes desta terra diz o SENHOR.
Porque, desde o menor deles até ao maior, cada um se dá à AVAREZA; e desde o profeta até ao sacerdote cada um usa de FALSIDADE.
E curam a ferida da filha do meu povo levianamente, dizendo: Paz, paz, quando não há paz.
Porventura ENVERGONHAM-SE DE COMETER ABOMINAÇÕES? PELO CONTRARIO, DE MANEIRA NENHUMA SE ENVERGONHAM, NEM TÃO-POUCO SABEM QUE COISA É ENVERGONHAR-SE; PORTANTO, CAIRÃO ENTRE OS QUE CAEM; NO TEMPO EM QUE EU OS VISITAR TROPEÇARÃO, DIZ O SENHOR.
Assim diz o SENHOR: Ponde-vos nos caminhos, e vede e perguntai pelas veredas antigas, qual é bom caminho, e andai por ele, e achareis descanso para as vossas almas; MAS ELES DIZEM: NÃO ANDAREMOS.
Também pus ATALAIAS sobre vós, dizendo: Estai atentos à voz da buzina; mas dizem: NÃO ESCUTAREMOS.
Portanto, ouvi, vós nações; e informa-te tu, ó congregação, do que se faz entre eles!
Ouve tu, ó terra! Eis que EU TRAREI MAL SOBRE ESTE POVO, O PRÓPRIO FRUTO DOS SEUS PENSAMENTOS; porque não estão atentos às minhas palavras, e rejeitam a minha lei.
( JEREMIAS 6:9 )

Loumari disse...

Acaso é a MIM que eles provocam à ira, diz o SENHOR, e não, antes, a si mesmos, para confusão dos seus rostos?
Portanto, assim diz o SENHOR JEOVA: Eis que a minha ira e o meu furor se derramarão sobre este lugar, sobre os homens e sobre os animais, e sobre as árvores do campo, e sobre os frutos da terra; e acender-se-á, e não se apagará.
Assim diz o SENHOR DOS EXÉRCITOS, O DEUS DE ISRAEL: Ajuntai os vossos holocaustos aos vossos sacrifício, e comei carne.
Porque nunca falei a vossos pais, no dia em que vos tirei da terra do Egipto, nem lhes ordenei coisa alguma, acerca de holocaustos ou sacrifícios.
Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos à minha voz, E EU SEREI O VOSSO DEUS, E VÓS SEREIS O MEU POVO; e andai em todo o caminho que EU vos mandar, para que vos vá bem.
Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; andaram para trás e não para diante.
Desde o dia em que vossos pais saíram da terra do Egipto, até hoje, enviei-vos todos os meus servos, os profetas, todos os dias, madrugando e enviando-os;
Mas não me deram ouvidos, mas endureceram a sua cerviz, e fizeram pior do que seus pais.
Dir-lhes-ás, pois, todas estas palavras, mas não te darão ouvidos; chamá-los-ás, mas não te responderão.
E lhes dirás: Uma gente é esta que não dá ouvidos à VOZ DO SENHOR, SEU DEUS, e não aceita a correcção: JÁ PERECEU A VERDADE, E SE ARRANCOU DA SUA BOCA.
( JEREMIAS 7:19 )

Loumari disse...

PREPARAI A GUERRA CONTRA ELA, LEVANTAI-VOS, e subamos ao pino do meio-dia; ai de nós! que já declina o dia, que já se vão estendendo as sombras da tarde.
Levantai-vos, e subamos de noite, destruamos os seus palácios.
Porque assim diz o SENHOR DOS EXÉRCITOS: Cortai árvores e levantai tranqueiras contra Jerusalém; esta é a cidade que há-de ser visitada; SÓ HÁ OPRESSÃO NELA.
Como a fonte produz as suas águas, assim ela produz a sua MALÍCIA; VIOLÊNCIA E ESTRAGO SE OUVEM NELA; ENFERMIDADE E FERIDAS HÁ DIANTE DE MIM, CONTINUAMENTE.
Corrige-te, ó Jerusalém, para que a minha alma não se aparte de ti, para que não te torne em assolação e terra não habitada.
( JEREMIAS 6:4 )

Loumari disse...

Dizei aos justos que bem lhes irá, porque comerão do fruto das suas obras.
Ai do ímpio! mal lhe irá, porque a recompensa das suas mãos se lhe dará.
Os opressores do meu povo são crianças, e mulheres estão à testa do seu governo; ah, povo meu! os que te guiam te enganam, e destroem o caminho das tuas veredas.
O SENHOR se levanta para a pleitear, e sai a julgar os povos.
O SENHOR vem em juízo contra os anciãos do seu povo, e contra os seus príncipes: é que fostes vós que consumistes esta vinha; o espólio do pobre está em vossas casas.
Que tendes vós que afligir o meu povo, e moer as faces do pobre? diz o SENHOR, O DEUS DOS EXÉRCITOS.
Diz ainda mais o Senhor: Porquanto as filhas de Sião se exaltam, e andam de pescoço erguido, e têm olhares impudentes, e, quando andam, como que vão dançando, e cascavelando com os pés:
Portanto, o Senhor fará TINHOSA A CABECA DAS FILHAS DE SIÃO, e o Senhor porá a descoberto a tua nudez.
Naquele dia, tirará o Senhor o enfeite das ligas, e as redezinhas, e as luetas;
Os pendentes, e as manilhas, e os vestidos resplandecentes;
Os diademas, e os enfeites dos bracos, e as cadeias, a as caixinhas de perfumes, e as arrecadas;
Os anéis, e as jóias pendentes do nariz;
Os vestidos de festa, e os mantos, e as coifas, e os alfinetes;(broches)
Os espelhos, e as capinhas de linho finíssimas, e as toucas, e os véus.
E será que, em lugar de cheiro suave, haverá CHEIRO MAU, e por cinto, uma corda; e em lugar de encrespadura de cabelos, calvicie, e em lugar de veste larga, cilício; e queimadura em lugar de formosura.
Teus varões cairão à espada, e teus valentes na peleja.
E as suas portas gemerão e se carpirão,(prantearão, chorarão) e ela se assentará no chão, DESOLADA.
( ISAÍAS 3:10 )

Anônimo disse...

Ontem, 15 de outubro, logo depois do falecimento do Cel. Carlos Alberto Ulstra ouvi na emissora de rádio AM, banda 620 khz o locutor dizer: "Acaba de falecer o torturador coronel do exército C. A. Ulstra".

Sendo a emissora de rádio que citei um órgão de orientação política e de costumes claramente tradicionais, fiquei profundamente revoltado com o qualificativo "torturador" dado pelo redator da emissora. Isto mostra como a lavagem cerebral já foi feita de forma total dentro da nossa imprensa, visando confundir o leitor/ouvinte/espectador.

Alerta total de todos os brasileiros que prestam - vamos todos trabalhar para recolocar as coisas em seu devido lugar: não se pode continuar a chamar Carlos Marighela de herói e C.A. Ulstra de torturador e ficar por isso mesmo.

Sds

Lc disse...

BRAVO ZULU, Coronel Ustra!

Meus sentimentos à família.

R.I.P.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Se tivesse feito a metade do que lhe é atribuído pela"Comissão da In-verdade",que prefiro chamar de "Nova Santa Inquisição",o Brasil não estaria passando pelos maus momentos protagonizados pelos "sobreviventes" do Coronel Ustra. Fiquei surpreso que até às 11:00 hs. de hoje (16.10.15), o site da Revista Sociedade Militar nem mesmo publicou qualquer notícia da morte do Cel.Ustra,ocorrida ontem. Seriam os novos tempos "democraticos" agindo nas comunicações em torno das FFAA ?

Anônimo disse...

CABU lutou para que o Brasil não fosse transformado em um pais bolivariano como querem transforma-lo hoje, que sirva de exemplo. O BRASIL ESPERA QUE CADA UM CUMPRA SEU DEVER. O BRASIL ACIMA DE TUDO.

Anônimo disse...

CABU lutou para que o Brasil não fosse transformado em um pais bolivariano como querem transforma-lo hoje, que sirva de exemplo. O BRASIL ESPERA QUE CADA UM CUMPRA SEU DEVER. O BRASIL ACIMA DE TUDO.

Anônimo disse...

Estranho, muito estranho, incompreensível. Incoerência? Não foi esse mesmo general que andou incensando o comunista Aldo Rebelo aqui no blog? Agora está elogiando o Coronel Brilhante Ulstra? O Coronel, com maiúscula, Brilhante Ulstra foi um bravo, daqueles que esses generais de meia pataca deveriam se orgulhar mesmo dele ter pertencido ao Exército Brasileiro. Lutou bravamente, até o fim de seus dias, na defesa de sua honra e da honra do Exército Brasileiro, que bandidos, terroristas, assassinos, muitos deles confesso, tentaram conspurcar. Um Coronel servindo de exemplo para generais. Talvez tenha sido o último bravo. Daqui para a frente, o Exército rastejara, juntamente com as demais forças, aos pés do terroristas que o estão comandando, "presidanta" e "sinistro do exército".
Mauro Moreira

Anônimo disse...

Só não concordo com a parte em que o senhor menciona a "derrota" dos terroristas comunistas do período militar: eles VENCERAM, general!!! Em todas as frentes, chegando ao cúmulo de MANDAR EM NOSSAS FFAA!!! Quer vitória maior que isto, caro general?

Eder EJ disse...

Replicando um comentário anterior:

me desculpe mas Carlos Alberto Brilhante Ustra era um criminoso.
Não é pq ele combateu esquerdistas criminosos que ele teria o direito de torturar e matar, mesmo que indiretamente. Se pensarmos dessa forma estamos nos igualando ao criminoso, seja ele de direita ou de esquerda.
Ou seguimos a ordem das coisas e aprendemos a discernir o certo do errado, ou seremos sempre um país atrasado na base do jeitinho. Essa é a diferença de um nação atrasada para de uma de primeiro mundo. Nessa a justiça funciona. Sem justiça, sem progresso.
Ouve-se que o erro dele foi ter deixado José Dirceu vivo. Mesmo que ele tivesse assassinado Ze Dirceu, certamente um outro Zé Dirceu teria surgido. Talvez ainda pior.
Não sou o juiz, até pq quem julga é nossa consciência, tanto agora como na vida que se segue em outro universo. E CABU não deve estar tendo um estágio tranquilo do outro lado. Sua consciência deve estar lhe acusando dos crimes cometidos. Os espíritas diriam que ele está no umbral, os católicos e protestantes no inferno, para os budistas estaria nos planos inferiores onde o sofrimento é cruel.

Anônimo disse...

Foi-se o último bastião de um outro exército, já esquecido. Com toda a certeza deixará um legado que comunista nenhum jamais conseguirá apagar da história.

Ustra foi um verdadeiro brasileiro, e um dos últimos.

Loumari disse...

Na quinta-feira 15-10 quando fiz o post do artigo Ustra e aquilo que a "Omissão da Verdade" precisa ouvir. No espaço do irmão Mantiqueira,
eu estava a dar-vos indicações, dar-vos a entender que o filho do homem estava sendo levantado.
Para a maior vergonha daqueles que lhe desejam o inferno. Se ele fosse tão mau, acham mesmo que São Miguel Arcanjo teria descido excepcionalmente para levantar a sua alma aos céus? São Miguel Arcanjo só desce para levantar os filhos de Deus de Israel. Os gigantes.

Anônimo disse...

Tá difícil aguentar a "Loucamari". Já não basta aguentar os robos petrlhas espalhados pelos blogs e sites, agora começam a proliferar os pregadores de todos os dogmas. É preciso um filtro para eliminar essa gente. Que vão para as páginas de pregação religiosa. Que saco!
mauro Moreira

Loumari disse...

Vós todos que vos levantais para fazer-me guerra, vós amais muito o mal pois não?
Agora ouvem-me bem seus IMUNDOS, que se preparem a serem devorados pelo fogo que vai se acender contra vocês.
Que o EXÉRCITO DO BRASIL propulse o Lula ao poder e que entronizem ao trono do Brasil o imperador Lula.
A este povo imundo, já que amam tanto o mal, que o SENHOR DOS EXÉRCITOS, dê ao Brasil o homem mais cruel que este país nunca conheceu, e depois dele não haverá outro. TRIUNFO LULA. Esmaga esta raça de gente imunda sem a mínima compaixão. Para que vivam um verdadeiro inferno.
O mundo conheceu Hitler, agora vão conhecer o Lula.
Só vão colher o que vocês mesmos semearam. E eu vou bancar aqui para assistir o espectáculo.
Os judeus pacederam aquilo o que padeceram por repùdio a Cristo. E o mesmo vos ocorrerá a vocês por repùdio ao DEUS, SENHOR DOS EXÉRCITOS.

Durval disse...

Sem querer lhe faltar com o devido respeito, considerando os cursos que o Sr. deve ter feito na urca RJ, considerando também todo o desenvolvimento brasileiro com ordem e progresso na década de 70 e considerando também que o povão brasileiro so pensa na "lei de Gerson", acho que uma ditadura das baionetas é o único sistema de governo que poderia fazer o Brasil voltar a crescer com seu próprio potencial!!

Anônimo disse...

Esse texto é tão falso quanto seu autor, um generaleco de quinta, um verme fardado, indigno até de pronunciar ou digitar o nome do coronel recém-falecido.
A luta de homens como Ustra foi em vão. Os comunistas venceram. Prova disso é que são festejados no comando das FFAA por certos canalhas lambe-botas, que absolutamente nada fazem, covardes e consorciados que estão com o crime...
Morreu abandonado pelos bandidos e traidores no comando das instituições militares, entregue à sanha do inimigo e foi espicaçado de todas as formas, até depois de morto, por agentes da subversão e do crime na imprensa (mais uma evidência de que a luta foi em vão).
Até recentemente, eu julgava que as bactérias, vírus e protozoários fossem a mais baixa forma de vida. Isso até conhecer o caráter, o comportamento e a falta de dignidade de muitos no meio militar.

Ao Ustra, que descanse em paz. Aos canalhas cheios de estrelas no ombros, traidores da própria pátria, a desonra e o encontro com o destino, tomando bofetes de venezuelanos e cubanos, e tendo o fim que todo pústula e covarde merece.