segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Como é duro aguentar as mentiras da Dilma


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Mtnos Calil

A maior de todas as besteiras da última apresentação da nossa Presidente foi essa:

“A presidente ressaltou que as dificuldades vividas pelo País são passageiras e conjunturais, não estruturais.”


Mas essa besteira deve ter agradado às nossas elites políticas e empresariais especializadas na arte de aproveitar as nossas arcaicas estruturas em beneficio próprio.

Quanto ao povo, infelizmente o termo “estrutural” não faz parte do seu vocabulário.

E para consolidar a corrente do Establishment que defende a permanência da Dilma do Governo, o jornalista Alexandre Garcia tece rasgados elogios a Presidente, (http://g1.globo.com/jornal-hoje/videos/t/edicoes/v/alexandre-garcia-analisa-discurso-de-dilma-rousseff/3723706/),
seguindo o exemplo de Jô Soares, que lançou a campanha pró-Dilma dentro da Rede Globo.

Pelo menos aqueles que tinham medo de que a Dilma implantasse o comunismo no Brasil, podem ficar sossegados. Neste ambiente de pacificação política entre os vorazes competidores do Poder, Lula pode até se candidatar em 2018, com o apoio (ou simples aceitação) da Rede Globo, bastando para isso que ele convoque novamente Henrique Meirelles para garantir a independência do Banco Central – independência é claro, do Governo, mas não dos banqueiros.

Assim, o futuro do Brasil, está mais uma vez traçado de modo que o país NÃO REALIZE SUAS GIGANTESCAS POTENCIALIDADES que continuarão adormecidas, com ou sem os petistas, com ou sem os tucanos, com ou sem os opositores aos petistas e tucanos.

Ps1. Qual será o próximo bode expiatório selecionado pelas elites, depois do PT? Os tucanos? Provavelmente não porque eles têm muito mais habilidade do trato da “coisa pública” do que os petistas.

Ps2. Não  são apenas os esquerdistas e comunistas que combatem as elites no Brasil. Um dos críticos das elites é um de seus membros – o ex-Ministro de FHC, Bresser Pereira. Infelizmente nem todas as obviedades da política são reconhecidas pelo povo. Uma delas é que na democracia vigente, todo o poder emana das elites! Esse poder é obviamente diretamente proporcional à quantidade de dinheiro possuída pelos seus membros.

Ocorre que o povo não sabe disso porque a mídia não noticia. Eis que o povo só sabe do que acontece no mundo da política pelo que a mídia informa através dos grandes meios de comunicação.

Mtnos Calil, Psicanalista, é Coordenador do grupo Mãos Limpas Brasil.

Ideologia Zero, simulacro zero, no  combate permanente a  todas as formas de ilusão e de auto-engano.

Um comentário:

Anônimo disse...

Brasil, simples: pirata não quer dividir o tesouro e tudo que se faz é apenas para agradar o eleitor e não a construção de uma nação, essa é nossa maturidade mental.......