quarta-feira, 28 de outubro de 2015

O Golpe de apagar a "Velhinha"?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Pouco importa se a mesa diretora da Câmara dos Deputados dará seu parecer técnico a favor do impeachment de Dilma Rousseff. O impedimento da Dilma, se por ventura ou desventura ocorrer, será inteiramente inútil do ponto de vista prático. Não adianta tirar ela e deixar no comando o mesmo PMDB de sempre - ditando as regras e a condução da politicagem.

O partido eternamente governista fica com ainda mais poder, se o vice Michel Temer assumir, em acordo que já deve ter, fechadinho, com Luiz Inácio Lula da Silva e a cúpula do PT - que só fingem ser amigos da Dilma nos retratos de festinhas, como a churrascada de ontem, que comemorou os 70 anos de Lula. A queda de Dilma pode não ser ideal para a petelândia, mas pode catapultar o sonhado retorno de Lula em 2018.

Qualquer bebezinho de colo sabe que o tal impeachment é um golpe baixo da classe política para manter a governança do crime organizado no Brasil. O País só terá solução com uma intervenção constitucional - algo parecido com o que ocorreu na gélida Islândia. Assim mesmo, por aqui o trabalho será de alta complexidade, porque o Estado Capimunista brasileiro assumiu um tamanho desproporcional, com uma burocracia e um estamento que jogam contra qualquer proposta concreta e efetiva de mudança.

A base desgovernista está doida para "apagar a velhinha" Dilma... Por enquanto, os únicos aliados dela que denunciam isto, publicamente, são os membros do PC do B. As inserções de propaganda televisiva já pregam: "Não ao Golpe". O problema é que o golpe, de fato, já foi dado há muito tempo pela criminosa classe política de Bruzundanga. Por isso, tudo pode acontecer com Dilma, se a crise econômica se agravar, como é a tendência daqui para frente.

"Apagar a Velha" é um golpe velhaco da politicagem. Nada resolve. Mas pode agradar a alguns sem noção - que enxergam na dislexa Dilma, equivocadamente, a fonte de todo o mal que assola o Brasil.

Apagando a velhinha


Partindo para o pau


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 28 de Outubro de 2015.

8 comentários:

Anônimo disse...

Pensando bem, se o PT é Vampiro, é ajudado pelo Drácula PMDB - o Partido Meretriz Do Brasil; assim um ou outro, ambos, agem na mesma cafajestagem!
Ontem mesmo o jornal da Band, apesar de jogar na coluna esquerda, disse que a atriz de teatro Dilma - como sabe encenar bonito que governa com ética - tem menos de 10% de apoio do povo e fica a pergunta: como pode um governo se sustentar com taxa tão alta de rejeição como essa?
Quer dizer: deve ter lá uns 4 a 5% e olhe lá, praticamente os do PT e os idiotas que nunca sabem de nada ocorrendo no país!
O grande povão já sabe de cor e salteado que o incompetente PT não passa de uma quadrilha de ladrões, sanguessugas e zumbis querendo se apoderarem do Brasil e entrega-lo aos milionários, e eles sendo seus executores de explorarem o povo para se enriquecerem ainda mais, como seus capachos!
PT(PMDB) = as desgraças do Brasil!

Anônimo disse...

O PMDB e o PT sempre estiveram juntos nos últimos 13 anos (coligados). O PMDB, nos governos Dilma emplacou, inclusive, a vice-governança com Michel Temer, que era o Presidente do PMDB. Alguém acredita que o impedimento de Dilma os separará? Ledo engano. Continuarão juntinhos e nada mudará. Apenas uma maneira de salvar as próprias peles mantendo o Poder, invertendo as posições de mando. A intervenção constitucional, defendida no artigo, é a única solução existente para as mudanças políticas, sociais e econômicas que a nação está cobrando, com o afastamento imediato de toda a classe política hoje nos Poderes.
Sem isso, é chover no molhado e um futuro nebuloso pela frente.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Andei apostando que o impeachment de Dilma - assumindo Temer,ou de Dilma + Temer,assumido Cunha - não iriam se concretizar. Ao invés disso,Dilma e Temer seriam cassados pelo TSE,por irregularidades nas eleições de 2014 (impugnação dos mandatos) ,e novas eleições seriam feitas com Lula de candidato e por fim vencedor. Assim sairia Dilma,mas continuaria o PT,novamente com Lula. Mas também a hipótese suscitada aqui pelo J.Serrão é válida e"candidata" a vencer. O PMDB ,com Temer,terminaria o atual mandato de Dilma,em troca de um apoio a Lula nas eleições de 2018.Valeria a regra,para o PMDB, que "é melhor um passarinho na mão do que dois voando". Ora, a vocação natural do PMDB é ser governista,tanto na "cabeça",como no apoio vendido por alto preço,e a ocorrência de uma ou outra hipótese não iria lhe fazer grande diferença. O que ele quer é estar sempre no poder. Essa "praga" é pior
que o PT.Com isso não se está "absolvendo" os outros,inclusive o PSDB.Para evitar esse "golpe jurídico",como bem salienta o Serrão,o povo poderia fazer valer o seu poder instituinte originário,e através das "suas" Forças Armadas,fazer uma intervenção (nos termos do art.142 da Constituição)imediata nos Três Poderes,cúmplices em toda essa trama,oportunizando o surgimento de regras não mais viciadas para a sociedade brasileira ,e colocando na cadeia os malfeitores da política responsáveis por todo esse descalabro,em dimensões nunca vistas no mundo.

Anônimo disse...

Não mexam com Sibá!!! Mexeu com Sibá, mexeu comigo!!! Maior estadista vivo!!!!

Anônimo disse...

Um desclassificado desses, como o sibá, ficar ameaçando os nossos jovens corajosos que lutam pelo impeachment é caso de polícia. Vai juntar gente lá fora para atacar os jovens? Isso é coisa de bandido quadrilheiro e merece boletim de ocorrência. ATENÇÃO POLÍCIA DO DF, fiquem atentos quanto a qualquer aproximação de manifestantes- mortadelas ou de comissionados-boquinhas, para impedir e prender os meliantes que insinuarem qualquer tentativa de agressão.

Anônimo disse...

Favas contadas a casa de cunha já caiu, falta o pau quebrar pro lado do judiciário, municipios, estados e da maçonaria, garanto que o rombo de 150 bi aparecera rapidéis...

Anônimo disse...

Ótimo artigo do Dr. Jorge Béja:
ROMBO NO ORÇAMENTO É DESFALQUE. DÁ DEMISSÃO, PERDA DE BENS E CADEIA. (...) Essa gente acredita que somos um povo de 220 milhões de vulneráveis, de incautos, de brasileiros sem instrução, fáceis de serem enganados e roubados. Por isso eles aparecem nas entrevistas tropeçando nas próprias palavras, não dizendo coisa com coisa. Se contradizem. O que dizem num dia, desdizem no dia seguinte. Balbuciam e com arrogância. Mas não somos vulneráveis. Não somos incautos e a maioria do povo é instruída. O fim desses trapaceiros está perto, muito perto.
Mais aqui: http://www.tribunadainternet.com.br/

Ricardo disse...

Concordo que mudara nada ou pouco coisa, mas o fato é que Dilma representa,hoje,o que ha de pior na politica brasileira,simplesmente por ocupar o primeiro posto na hierarquia. Mas ja seria um bom começo, não? ao menos não sermos obrigados a aturar aquele monte de besteiras que ela fala