segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Os vários Lulas


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

Há o Lula que sempre se disse democrata mas apoiou e idolatrou ditaduras explícitas, como a dos Castro e de Maduro, e aquele que recomendou certa vez ao Presidente Obama a implantação, no seu país, de um SUS igual ao do Brasil, embora tenha ele, Lula, recorrido ao Sírio Libanês quando alcançado pelo câncer. 

Não se pode também dele esquecer, lá  no olho do furacão do maior esquema de corrupção política de que se tem notícia na história do país, o mensalão, afirmando serenamente que de nada sabia. 

Por outro lado, causou surpresa aquele Lula que, após deixar a presidência, embarcou num regime frenético de palestras caríssimas das quais poucos sabem o conteúdo. 

Não se pode igualmente esquecer do fabricante de postes que, não contente em erguê-los, permaneceu, de fora, cuidando da sua manutenção, praticando um governo paralelo, sem mandato, de significativo protagonismo. 

E que tal  o Lula que sempre se caracterizou por colocar em primeiro lugar os interesses do seu partido e os objetivos de poder, em detrimento das reais necessidades do povo brasileiro ao qual enganou com apelos populistas de facilidade de crédito e programas demagógicos, com fins eleitorais?  

O que falar da sua falta de coragem para enfrentar a população que o elegeu duas vezes, preferindo refugiar-se no recôndito de seu apartamento em São Bernardo ou atrás das muralhas do plácido Instituto Lula? 

Como esquecer as bobagens que ornaram seus discursos, sempre para plateia restrita, como, por exemplo, aquela na qual colocou na esfericidade da Terra a culpa pelos caprichos do clima? 

E a emersão repentina do talento de lobista, ao interceder por empreiteiras cujos titulares estão hoje sendo investigados no lava jato, junto a ditadores africanos e sul-americanos, drenando recursos que poderiam ser empregados na melhoria da raquítica infraestrutura nacional? 

Essas são algumas das facetas desse ex-presidente, certa vez auto-intitulado "metamorfose ambulante" e que ameaça voltar . 


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

3 comentários:

Milton Borba disse...

Depois de várias participações em manifestações populares e ordeiras, em favor de mudanças comportamentais no governo, constatando que as pessoas ou instituições que por dever de ofício tinham que tomar a frente e dar um basta nessa desorganização nacional, silenciam, se omitem e muitos ainda apoiam. Diante desse quadro, os participantes das manifestações fazem papel de Quixote. Assim, desesperançado,com futuro incerto, diante de acontecimentos nada abonadores, resolvi parar. Para segurança futura, estou me desfazendo do Pavilhão Nacional. Pelas projeções das mudanças, a próxima será a colocação do Sr. Stedele no MD, concretizando o discurso do ex-presidente, aí ele colocará, realmente, seu exército na rua. Marinha, Exército e Aeronáutica serão transformadas em Ongs. Os comandantes das forças, que aceitam passivamente todos os acintes, não valorizam e dimensionam a grande organização a qual prestaram juramento, continuarão no comando, mas, desta vez, do pelotão de fuzilamento dos brasileiros de bem, patriotas, que nas pesquisas colocaram suas instituições em primeiro lugar de confiabilidade. O banho de sangue, será uma realidade, não temos dúvidas. Gostaria de saber como está, diante de tanta preocupação, a movimentação dos espíritos de Duque de Caxias, Tamandaré e Eduardo Gomes para salvar o BRASIL.

Milton Borba disse...

Depois de várias participações em manifestações populares e ordeiras, em favor de mudanças comportamentais no governo, constatando que as pessoas ou instituições que por dever de ofício tinham que tomar a frente e dar um basta nessa desorganização nacional, silenciam, se omitem e muitos ainda apoiam. Diante desse quadro, os participantes das manifestações fazem o papel de Quixote. Assim, desesperançado,com futuro incerto, diante de acontecimentos nada abonadores, resolvi parar. Para segurança futura, estou me desfazendo do Pavilhão Nacional, pensando em adquirir uma (...). Pelas projeções das mudanças, a próxima será a colocação do Sr. Stedele no MD, concretizando o discurso do ex-presidente, aí ele colocará, realmente, seu exército na rua. Marinha, Exército e Aeronáutica serão transformadas em Ongs. Os comandantes das forças, que aceitam passivamente todos os acintes, não valorizam e dimensionam a grande organização a qual prestaram juramento, continuarão no comando, mas, desta vez, do pelotão de fuzilamento dos brasileiros de bem, patriotas, que nas pesquisas colocaram suas instituições em primeiro lugar de confiabilidade. O banho de sangue, será uma realidade, não temos dúvidas. Gostaria de saber como está, diante de tanta preocupação, a movimentação dos espíritos de Duque de Caxias, Tamandaré e Eduardo Gomes para salvar o BRASIL.

Anônimo disse...

Esses melancias serão os primeiros a serem fuzilados, tenha certeza disso.
eles, os jornalistas teietes do Pt, padres e bispos e leigos apadrinhadores e abençoadores do comunismo e da T.L. empresario que sabem demais e foram cúmplices deles tbm vão pro paredon, estudantes porras loucas que vão as ruas pelo comunismo enfim todos que hoje criam a serpente venenosa do comunismo serão por ela picados mortalmente, FOI ASSIM NA RUSSIA, CUBA,CAMBOJA, CHINA POR ONDE ELES SE INSTALARAM
O PAREDON FOI A RECOMPENSA DESSES IDIOTAS!