quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Definição de Terrorismo


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos I. S. Azambuja

Definir o que é terrorismo não é uma tarefa fácil. O terrorismo é uma forma de propaganda armada. É definido pela natureza do ato praticado e não pela identidade de seus autores ou pela natureza de sua causa. Suas ações são realizadas de forma a alcançar publicidade máxima, pois têm como objetivo produzir efeitos além dos danos físicos imediatos. 

Pode ser dito que o terrorismo é o emprego sistemático e premeditado da violência contra alvos não-combatentes a fim de intimidar governos e sociedades. Em toda a sua existência, a ONU não conseguiu obter um consenso para uma definição do que seja terrorismo. E o Brasil ainda não tem uma definição para o termo TERRORISMO!

As definições abaixo comprovam que não há uniformidade nem mesmo entre os órgãos de Inteligência e de Segurança de um mesmo país sobre o tema terrorismo:

O uso ilegal da força ou violência contra pessoas ou propriedades para intimidar ou coagir um governo, uma população civil, ou qualquer segmento dela, em apoio a objetivos políticos ou sociais” (FBI);

O calculado uso da violência ou da ameaça de sua utilização para inculcar medo, com a intenção de coagir ou intimidar governos ou sociedades, a fim de conseguir objetivos, geralmente políticos, religiosos ou ideológicos” (Departamento de Defesa dos EUA);

Violência premeditada e politicamente motivada, perpetrada contra alvos não combatentes por grupos subnacionais ou agentes clandestinos, normalmente com a intenção de influenciar uma audiência” (Departamento de Estado dos EUA).
 
No Brasil, mesmo com a crescente pressão internacional, o Congresso  Nacional ainda não decidiu sobre a tipificação do crime de terrorismo. Segundo o jornal O Globo de 15 de novembro de 2007, uma decisão de sepultar o projeto antiterrorista consta de um relatório do grupo criado pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e Levagem de Dinheiro (Enccia), formado por representantes dos ministérios da Justiça, Defesa, Relações Exteriores, Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e membros do Ministério Público Federal e do Judiciário. Após um ano de estudos, esses especialistas entenderam que a classificação de terrorismo como crime “
é inviável” (?) O então Gabinete de Segurança Institucional, em relatório enviado ao Ministério da Justiça, comunicando essa decisão, alegou que qualquer definição “seria mortal para os movimentos sociais e grupos de resistência política...”

Também não exista lei no Brasil que defina o que é uma organização criminosa, segundo o ministro Carlos Ayres de Brito, do STF, em 17 de agosto de 2007, durante uma sessão do julgamento dos 40 quadrilheiros do Mensalão. A menos que se apreenda uma ata da criação de uma organização criminosa, dificilmente se poderá ter provas de sua existência, segundo o ministro.

Essas lacunas constituem, sem dúvida, um fator de força para o terrorismo e o crime organizado.


Carlos I. S. Azambuja é Historiador.

2 comentários:

Loumari disse...

Os do estado islâmico, Boko Haram, Aqmi Maghreb islamique, Al Shabbaab, todos estes lêem o alcorão e o implementam ortodoxamente, executando exactamente o que lhes é ordenado pelo seu profeta, consignas que estão bem claramente notados no alcorão. Todos nós somos susceptíveis de sermos degolados pelos muslims. Eles já estão por toda parte e com intenções e a determinação de matar a todos os cristãos. Não devemos sentirmos frustrados pelas Exacções macabras dos muçulmanos. Nós não morremos; só transitamos de um cosmos para o outro. Nos despertaremos na Nova terra, na Jerusalém Celeste onde estão os nossos Pais, Abraão, Isaac, Jacob, no Reino de Deus e veremos Deus. Deixemos os imundos nas suas exaltações macabras. Serão todos destruídos junto com o seu pai o Diabo.



E no alcorão vem escrito:

"Os judeus dizem:" Uzair o filho de Deus "e os cristãos dizem:" Cristo é o filho de Deus. Esse é um ditado de suas bocas. Eles imitam o ditado de quem não acreditava antes deles. "Que Allah destruí-os! (Alcorão 09:30)



No alcorão 5:56 vem escrito: Crentes, não tomeis por amigo os judeus e cristãos, perversão é; allah não perdoará.


E estes são os slogans dos seguidores de allah para o mundo:

>MATAI AQUELES QUE INSULTAM O ISLÃO.....
>EUROPA PAGARÁS: A TUA DEMOLIÇÃO ESTÁ EM MARCHA;
>EUROPA PAGARÁS: A TUA EXTERMINAÇÃO ESTÁ A CAMINHO.....
>DECAPITAI OS QUE INSULTAM O ISLÃO
>EUROPA É O CÂNCRO, ISLÃO É A RESPOSTA'
>EXTERMINAI OS QUE VÃO CONTRA O ISLÃO'
>O ISLÃO DOMINARÁ O MUNDO'
>QUE A LIBERDADE VÁ PARA O INFERNO'
>EUROPA. TIRA ALGUMAS LIÇÕES DO 11 DE SETEMBRO'
>PREPAREM-SE PARA O VERDADEIRO HOLOCAUSTO'

Loumari disse...

Ai do mundo, por causa dos ESCÂNDALOS; porque é necessário que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!
(MATEUS 18:7)


Porque ímpios se acham entre o meu povo: cada um anda espiando como se acaçapam os passarinhos;
armam laços perniciosos, com que prendem os homens.
Como uma gaiola cheia de pássaros, são as suas casas cheias de engano.
(JEREMIAS 5:26)


QUEM DERRAMAR O SANGUE DO HOMEM, PELO HOMEM O SEU SANGUE SERÁ DERRAMADO;
PORQUE DEUS FEZ O HOMEM CONFORME A SUA IMAGEM.
(GÉNESIS 9:6)


Homens de dura cerviz, e incircuncisos de coração e ouvido, vós sempre resistis ao Espírito Santo; assim, vós sois como os vossos pais.
Ao qual dos profetas não perseguiram vossos pais?
Até mataram os que anteriormente anunciaram a vinda do Justo, do que vós agora fostes traidores e homicidas;
(ACTOS DOS APOSTOLOS 7:51)


As vossas luas novas e as vossas solenidades as aborrece a minha alma; já me são pesadas; já estou cansado de as sofrer.
Pelo que, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos;
sim, quando multiplicais as vossas orações, não as ouço, porque as vossas mãos estão cheias de sangue.
(ISAÍAS 1:14)


Porque o Senhor Deus de Israel diz que aborrece o repúdio, e aquele que encobre a violência com o seu vestido, diz o Senhor dos Exércitos: portanto, guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais.
(MALAQUIAS 2:16)


Ou fazei a árvore boa, e o seu fruto bom, ou fazei a árvore má, e o seu fruto mau; porque, pelo fruto se conhece a árvore.
Raça de víboras, como podeis vós dizer boas coisas, sendo maus? Pois, do que há em abundância no coração, disso fala a boca.
O homem bom tira boas coisas do seu bom tesouro, e o homem mau, do mau tesouro, tira coisas más.
Mas eu vos digo que, de toda a palavra ociosa que os HOMENS DISSEREM, HÃO-DE DAR CONTA NO DIA DO JUÍZO.
Porque pelas tuas palavras serás CONDENADO.
(MATEUS 12:33)