domingo, 29 de novembro de 2015

Os cegos e os loucos


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Sim! Dilma é uma filha da puta! Há muito tempo, prometi a mim mesmo que voltaria a escrever com "civilidade" e sem usar palavrões. Não consigo e, pior do que isso, não sou filósofo nem caçador de ursos para que eles sejam admitidos com facilidade. 

Na campanha eleitoral de 2014, Dilma Rousseff supostamente "passou mal" durante um debate com Aécio Neves. Usei, na época, as mesmas palavras da esposa do marginal petista e senador Delcídio Amaral para recomendar que ela chamasse um médico cubano.

Resultado: até ameaças de morte recebi. Marginais financiados pelo PT escreveram sobre o "meu caso". O próprio Conselho Regional de Medicina foi questionado e os petistas tentaram transformar minha opinião pessoal numa "questão de ética médica".

Em março, abril e agosto de 2015, milhões de brasileiros saíram as ruas chamando Dilma, Lula e cada petista deste país de fdp! De nada adiantou: o PT insiste em continuar dizendo que que milhões e milhões de brasileiros são "golpistas" e hoje o Regime Petista procura uma espécie de "Conselho de Ética" em que pudesse, ele mesmo, denunciar a o Brasil como fez comigo -  vai para cadeia procurando, mas não vai encontrar!

A semana que vem é decisiva na História Nacional. Pela primeira vez um político com cargo importante (um senador da República) foi preso no exercício da função. O recado para o verdadeiro bandido que preside a Câmara de Deputados Federais - Eduardo Cunha - não pode ser mais claro: "você, Eduardo, pode ter o mesmo destino de Delcídio Amaral quando ele não enxergar mais saída".

A resposta de um louco como Cunha à prisão de um cego Amaral não poderá ser outra: semana que vem deve ser iniciado, finalmente e por razões completamente diferentes daquelas postuladas por Hélio Bicudo, o impeachment da presidente da república... dessa grande filha da puta como eu mesmo chamei em 2014 e como agora chamam desde os grandes empresários de São Paulo até os estivadores do Polo Naval de Rio Grande.

Enquanto isso, o Brasil inteiro, como aquele cego que é conduzido por um louco, é deixado à beira de um abismo esperando, eternamente esperando...

para querida Adriana Lisboa,


Milton Simon Pires é Médico.

6 comentários:

Anônimo disse...


A ilustração me parece ser uma cena do magnifico filme RAN de Akira Kurosawa e mostra o personagem cego Tsurumaru à beira do abismo. Nada mais apropriado...Só que o cego no filme era um pobre coitado errante e os da vida real são grandes filhos da puta.

Loumari disse...

É impossível para um homem ser enganado por outra pessoa que não seja ele próprio.
(Ralph Emerson)

Loumari disse...

É sem dúvida mais fácil enganar uma multidão do que um só homem.
(Heródoto)

Anônimo disse...

Parabéns pelo artigo Milton
Também acho a Dilma uma grandessíssima filha da puta e quero que ela vá TNC.
Esther

Anônimo disse...

Penso isso tudo também!

Anônimo disse...

Sempre tive a impressão de que se os “delatores” quisessem, poderiam fazer uma Delação Premiada seletiva e soltar apenas alguns dos podres para se favorecerem dos benefícios da delação. Seria muito útil tal jogada, pois mesmo sendo ‘obrigados’ a entregarem alguns para alcançarem o benefício da delação, sempre teriam gente no bolso, pois os próprios que poderiam ter sido delatados e não foram, saberiam que estavam nas mãos dos delatores. No futuro seriam cartas marcadas para sofrerem exigências. E o mundo rodando! Imaginem se esses delatores, das diversas empresas, que já conseguiram ou vão conseguir os benefícios da delação premiada, não tinham ou não têm o conhecimento das propinas recebidas pelo Delcídio! Mas para qualquer bandido (inclusive delatores), quando as penas são irrisórias e solucionáveis, vale arriscar nos resultados. A única pergunta que fica é: a justiça é estúpida por natureza ou propósito?