quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Frases da Dilma - para começar 2016 rindo


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos I. S. Azambuja

“È melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você é um idiota do que falar e acabar com a dúvida”.
(Abraham Lincoln).

18º lugar .... “Eu sempre escuto os
prefeitos. Por que é que eu escuto os prefeitos? Porque é lá que está a população do país, ninguém mora na União, ninguém mora… “Onde você mora?” “Ah, eu moro no Federal”.”

17º lugar .... “A única área que eu acho, que vai exigir muita atenção nossa, e aí eu já aventei a hipótese de até criar um ministério, é na área de… Na área… Eu diria assim, como uma espécie de analogia com o que acontece na área agrícola.”


16º lugar .... “A mulher abre o negócio, tem seus filhos, cria os filhos e se sustenta,
tudo isso abrindo o negócio.”

15º lugar ... “A Zona Franca de Manaus, 
ela está numa região. Ela é o centro dela porque ela é a capital da Amazônia.”

14º lugar .... “Vamos dar prioridade a
segregar a via de transporte. Segregar via de transportes significa o seguinte: ou 
você faz metrô, porque o metrô… porque o metrô, segregar é o seguinte, não pode
ninguém cruzar rua, ninguém pode cruzar a rua, não pode ter sinal de trânsito, é essa a idéia do metrô. Ele vai por baixo, 
ou ele vai pela superfície, que é o VLT, que é um veículo leve sobre trilho. Ele vai por cima, ele para de estação em estação, não tem travessia e não tem sinal de trânsito, essa é a idéia do sistema de trilho.”


13º lugar.... “Tudo o que as pessoas que estão pleiteando a Presidência da República querem é ser presidente.”


12º lugar ... “Eu vi. Você veja… Eu já vi, parei de ver. Voltei a ver e acho que o Neymar e o Ganso têm essa capacidade de fazer a gente olhar.”

11º lugar .... “Eu quero adentrar pela questão da inflação, e dizer a vocês que a inflação foi uma conquista desses 10 últimos anos do governo do presidente Lula e do meu governo.”


10º lugar .... “Eu também vou falar… eu vou falar pouco. Vou explicar por quê: todo mundo, antes de mim, disse que ia falar pouco, não é? E aí, tinha uma senhora ali, na frente, que falou o que todos nós estamos sentindo.
Ela disse assim: “Eu estou com fome”. E eu vou levar em consideração ela, que falou uma coisa que todo mundo está pensando, mas não está falando.”

9º lugar .... “A autossuficiência do Brasil sempre foi insuficiente.”

8º lugar .... “Em Portugal, o desemprego
beira 20%. Ou seja, 1 em cada 4 portugueses estão (sic) desempregados.”


7º lugar.... “Primeiro, eu queria te dizer que eu tenho muito respeito pelo ET de Varginha. E eu sei que aqui, quem não viu conhece alguém que viu, ou tem alguém na família que viu, mas de qualquer jeito eu começo dizendo que esse respeito pelo ET de Varginha está garantido.”


6ª lugar .... “Em Vidas Secas está retratado todo problema da miséria, da pobreza, da saída das pessoas do Nordeste para o Brasil.”

5º lugar .... “O meio ambiente é sem dúvida nenhuma uma ameaça ao
desenvolvimento sustentável.”


4º lugar .... “Eu quero, então, voltar aonde eu comecei. Eu vou falar agora que aqui tem 37 municípios. Eu vou ler os nomes dos municípios, porque eu acho importante que cada um de vocês possam (sic) se identificar aqui dentro e, por isso… Eu ia ler os nomes, não vou mais. Por que não vou mais? Eu não estou achando os nomes. Logo, não posso lê-los.”


3º lugar .... “Eu ontem disse pro presidente Obama que era claro que ele sabia que depois que a pasta de dente sai do dentifrício ela dificilmente volta pra dentro do dentifrício. Então que a gente tinha de levar isso em conta. E ele me disse, me respondeu que ele faria todo esforço político para que essa pasta de dente pelo menos não ficasse solta por aí e voltasse uma parte pra dentro do dentifrício.”


2º lugar ... “Eu estou muito feliz de estar aqui em Bauru. O prefeito me disse que eu sou, entre os presidentes, nos últimos tempos, uma das presidentes, ou
presidentes, que esteve aqui em Bauru.”


E finalmente, o 1º (primeiríssimo) lugar ...
“Se hoje é o dia das crianças, ontem eu disse que criança… o dia da criança é dia da mãe, do pai e das professoras, mas também é o dia dos animais, sempre que vejo um criança vejo um cachorro atrás ela (sic)


Carlos I. S. Azambuja é Historiador.

7 comentários:

Einar_Assis disse...

Com todo o respeito, Sr. historiador, faltam muitas como a saudação à mandioca, o estoque de vento, a mãe que é importante da porta para dentro e o pai da porta para fora... Mas também da porta para dentro. São tantas batatada que é possível fazer um livro. E pensar que o Enéas foi todo como preconceituoso ao dizer ao Fernando Morre que Lula era um despreparado. Dilma consegue ser pior!

Anônimo disse...

Meu nobre Serrão,se sandices pagasse impostos,nossa presidenta não se empenharia mais em trazer do túmulo a CPMF!

Robson de Oliveira disse...

Continuo tendo um profundo sentimento de solidariedade com aqueles que, por obrigação de ofício, tem que traduzir essas falas para outras línguas a fim de que todos possam "compreender o que essa criatura está dizendo"

Robson de Oliveira disse...

Continuo tendo um profundo sentimento de solidariedade com aqueles que, por obrigação de ofício, tem que traduzir essas falas para outras línguas a fim de que todos possam "compreender o que essa criatura está dizendo"

Loumari disse...

Há que Pôr Pedra sobre Pedra

Nunca pensei em ser governo, nunca o quis mesmo, mas interessei-me sempre muito pelos negócios públicos, pelos negócios do País. E aí tem um exemplo, anterior à minha entrada no Governo, que lhe pode dar uma ideia do ritmo da minha acção, da tal marcha vagarosa de que me acusam...
(...) É que me fui habilitando, lentamente, sem precipitações, quase sem dar por isso, liberto de qualquer ambição de ordem pessoal. E assim, quando a minha intervenção na máquina do Estado pôde ser útil, ela foi aproveitada, talvez, como não seria se eu tivesse improvisado uma cultura. Pois com a marcha do País o mesmo acontece. Há que pôr pedra sobre pedra, mas desinteressadamente, sem pensar na glória própria e sem pensar até, excessivamente, na abóbada, na finalidade. A ânsia de chegar ao fim, de fazer muitas coisas ao mesmo tempo leva, às vezes, ao fim, mas ao fim de tudo...

"António de Oliveira Salazar, in 'Imprensa (1932)'
Portugal 28 Abr 1889 // 27 Jul 1970
Político

Loumari disse...

Política de Verdade

(...) Represento uma política de verdade e de sinceridade, contraposta a uma política de mentira e de segredo. Advoguei sempre que se fizesse a política da verdade, dizendo-se claramente ao povo a situação do País, para o habituar à ideia dos sacri­fícios que haviam um dia de ser feitos, e tanto mais pesados quanto mais tardios.
Advoguei sempre a política do simples bom senso contra a dos gran­diosos planos, tão grandiosos e tão vastos que toda a energia se gastava em admirá-los, faltando-nos as forças para a sua execução.
Advoguei sempre uma política de administração, tão clara e tão sim­ples como a pode fazer qualquer boa dona de casa — política comezinha e modesta que consiste em se gastar bem o que se possui e não se despen­der mais do que os próprios recursos.

"António de Oliveira Salazar, in 'Discursos (1928)'
Portugal 28 Abr 1889 // 27 Jul 1970
Político

Loumari disse...

A descredibilização que atinge a política não é pontual nem subjectiva. É um processo que ultrapassa as circunstâncias, os partidos e as personalidades. E que radica na constatação quotidiana que os políticos, seja qual for a sua ideologia, não são capazes de resolver os principais problemas do mundo, seja no domínio do emprego ou da saúde, da educação ou da finança.
(Manuel Maria Carrilho)