terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Império do Crime, fora!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio José Ribas Paiva

Desde a proclamação da república, o Brasil entrou em decadência permanente. Era a segunda potência militar e econômica do mundo, disputando espaço apenas com o Império Britânico.

Proclamada a República a coisa pública ficou à mercê dos políticos, que se fartaram à custa da nação e, não satisfeitos, traíram permanentemente o Brasil, para submeter a nação brasileira aos interesses internacionais. Quem manda nos políticos brasileiros, ainda é o Império Britânico.

A proclamação da República foi uma fraude de militares corruptos, cujo núcleo persiste até hoje como garante da decadência brasileira. Precisamos proclamar nossa independência da colonização criminosa, que porém, só será possível, com a participação dos militares descomprometidos com a traição da pátria.

INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL JÁ !!!

Antônio José Ribas Paiva é Advogado.

4 comentários:

Loumari disse...

Andamos anos a dizer às crianças que é importante não mentir e depois elas descobrem um dia que quase todas as relações sociais e institucionais, políticas e empresariais são baseadas na mentira e na manipulação.
(Desidério Murcho)

Loumari disse...

Se há domínio em que a referência à mentira é uma constante, é o da política - que é também, curiosamente, aquele em que ela menos se prova, como se a denúncia da mentira fosse apenas o instrumento de um jogo, e não o contraponto de uma qualquer verdade. É lamentável, mas é assim.
(Manuel Maria Carrilho)


Mente-se por tudo e por nada. Mente-se para não incomodar nem afligir, para não se ser demasiado agressivo ou brutal, para não se dar má impressão, para não humilhar o outro; mente-se até para se ser simpático e corresponder ao que o outro ou a situação propiciam.
(Isabel Leal)


Há sempre um exército de crentes disponíveis para legitimar as grandes mentiras da história.
(Minguel Sousa Tavares)

Emanuel Nunes Silva disse...

➤ Defendo a Monarquia Parlamentar Brasileira por não ver hoje outra opção melhor e mais legítima para o Brasil. A Monarquia não está simplesmente no simbolismo da Família Real, e na figura de um Rei de "sangue azul". Defendo o Sistema Monárquico por ele ser contínuo... Não é interrompido de 4 em 4 anos para a farra das eleições presidenciais, paralisando todo o país juntamente com seus programas populistas imediatistas em nome de um suposto civismo, de liberdade e democracia, numa ilusão de que escolhemos nossos representantes já previamente selecionados por alguns membros dos Partidos. Defendo o Sistema Monárquico Parlamentarista Constitucional por ele onerar infinitivamente menos os cofres públicos e, comparativamente ser mais democrático, menos corrupto e se preocupar mais com o desenvolvimento humano do que a maioria das raras prósperas Repúblicas. Defendo a Monarquia por ser um sistema que já foi consagrado aqui e o é no mundo

● O Destino de Grandeza do Brasil foi interrompido sem honra e grandeza pela traição do Golpe Militar Republicano em 1889, rompendo com a liberdade alcançada pela Monarquia Parlamentar Constitucional Representativa de um Governo próspero, consolidado, respeitado mundialmente, harmônico com nossas Raízes Históricas e a Legítima Identidade Nacional, cujo seu Parlamento nada devia aos das maiores democracias monárquicas ou republicanas do seu tempo

● Entre 1880 a 1889, a Armada Imperial Brasileira, com os navios mais poderosos dos Hemisférios Ocidental e Sul, foi a 3ª Marinha de Guerra da terra, que somada à Marinha Mercante, representou a 2ª Potência Naval perante as nações mais desenvolvidas da época. Já fomos uma das nações mais respeitáveis no cenário mundial - status apenas abaixo do Império Britânico.

Anônimo disse...

AF disse:

É Dr. Ribas, agradeça aos imãozinhos... pois é por este "canal" é que nossos "bravos" oficiais generais se reportam à Londres...

Ainda, isso é bom para os globalistas, aliados de ocasião com os comunistas. Há quem diga que os primeiros inventaram os segundos, mas a esta altura isto não é tão relevante, basta saber que eles andam sempre juntos... aliados agora com os do islã...