sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Lana-Caprina ou alegria natalina?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Abracadabra, pêlo de cabra! Pelo cabral, pezão boçal!

Lixo na baía, bagunça em hospital.

Em terra de emergente, pior pra gente.

E a “zelite” inútil, continua fútil.

Acha que da marca, todos os produtos são iguais.

Levada no bico por tucano ou tico-tico.

Vamos dar pequeno exemplo, de firma da velha Escócia.

A que rima com “jingle” tem agasalhos de todo tipo e preço.

Para os bocós endinheirados, botou o logo bordado, na frente ou no costado.

Orgulhosos, os parvos vaidosos, não se dão conta de sua triste figura. Ignorância pura.

A lã mais cara, vicunha.

Logo abaixo, camel hair.

Em seguida, merino.

Depois, cashmere.

Simples, lambswool.

Mais barata shetland.

Num país tropical, desconhecê-las é normal.

Feio é bacanear-se com dinheiro sabe-se lá de onde veio.

Por isso, torcendo pelo fim desse bacanal, promovido pelos herdeiros do Cabral, eu me despeço, desejando Feliz Natal...


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

A AUDÁCIA DOS PERSEGUIDORES, E O REFÚGIO EM DEUS

POR que te conservas longe, SENHOR? Por que te escondes nos tempos de angústia?
Os ímpios, na sua arrogância, perseguem furiosamente o pobre: sejam apanhados nas ciladas que maquinaram.
Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e blasfema do Senhor.
Por causa do seu orgulho, o ímpio não investiga; todas as suas cogitações são: Não há Deus.
Os seus caminhos são sempre atormentadores: os teus juízos estão longe dele, em grande altura; trata com desprezo os seus adversários.
Diz em seu coração: Não serei abalado, porque nunca me verei na adversidade.
A sua boca está cheia de imprecações, de enganos e de astúcia; debaixo da sua língua há malícia e maldade.
Põe-se nos cerrados das aldeias; NOS LUGARES OCULTOS MATA O INOCENTE; os seus olhos estão ocultamente fixos sobre o pobre.
Arma ciladas em esconderijos, como o leão no seu covil; ARMA CILADAS PARA ROUBAR O POBRE; ROUBA-O, COLHENDO-O NA SUA REDE.
Encolhe-se, abaixa-se, para que os pobres caiam em suas fortes garras.
Diz em seu coração: Deus esqueceu-se; cobriu o seu rosto, e nunca verá isto.
Levanta-te SENHOR; Ó DEUS, levanta a tua mão; não te esqueças dos necessitados.
Por que blasfema de Deus o ímpio, dizendo no seu coração que tu não inquirirás?
Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para os tomares sob tuas mãos; a ti o pobre se encomenda; tu és o auxilio do órfão.
Quebranta o braço do ímpio e malvado; busca a sua impiedade, até nada mais achares dela.
O SENHOR É REI ETERNO; da sua terra serão desarreigados os gentios.
Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles;
Para fazeres justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem, que é da terra, não prossiga mais em usar da VIOLÊNCIA.
(SALMO 10)


Qualquer que aborrece o seu irmão é homicida.
E vós sabeis que nenhum homicida tem permanecente nele a vida eterna.
(PRIMEIRA EPÍSTOLA UNIVERSAL DO APÓSTOLO SÃO JOÃO 3:15)

Compilador disse...

Feliz Natal, para você e toda a família, e obrigado pelos tantos versos inteligentes e cômicos que nos alegraram durante 2015!

Anônimo disse...

Para você tambem, feliz natal . A trégua concedida pela realidade durante esses dias tem de ser bem aproveitada.