quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

"Operação PMDB", que parece beneficiar Dilma, só prolonga a agonia dela e dos políticos corruptos


2a Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Ficou claro que a cúpula do PMDB foi alvo principal da Operação Catilinárias (alusão ao general romano Catilina que tentou derrubar o senado e a república). De imediato, ao ter seus principais aliados atingidos, o maçom inglês Michel Temer, que conspira abertamente para tomar o lugar de Dilma Rousseff, foi o grande afetado com as 53 ações de busca a apreensão feitas pela Polícia Federal, com autorização do Supremo Tribunal Federal. Aparentemente, quem se beneficiou foi o agonizante, insustentável e insuportável desgoverno - que tenta ganhar tempo, a qualquer custo, para não ruir completamente.

A "Operação PMDB" (nome mais correto) atingiu, fatalmente, Eduardo Cunha, a cada instante sem condições de continua presidindo a Câmara dos Deputados. Também acertou em Renan Calheiros, que não foi alvo de buscar, mas teve três pessoas ligadíssimas a ele devassadas pela PF. Com eles cercados, Michel Temer também ficou sitiado. Por isso, a ação ficou com jeitinho de uma conspiração deflagrada com a anuência do Palhasso do Planalto. A dúvida fica no ar. Foi gerada pela longa demora do STF em autorizar a detonação contra políticos enrolados em sete processos derivados da Lava Jato. Demorou, porém abalou...

A Catilinárias escancarou ainda mais o impasse que ruma para uma ruptura institucional. Independentemente das muitas burradas e crimes cometidos pela má gestão da Dilma, fica no ar aquela cínica indagação: que moral tem um Congresso, com tantos políticos sob suspeita, para pedir o impedimento da Presidenta da República? O certo e ideal para o Brasil seria um impeachment geral de toda a classe política, começando tudo de novo. A Câmara e o Senado, com a atual composição, estaria mais apropriada para formar vários times de futebol em diversas penitenciárias. A estrutura política foi irremediavelmente corrompida pelos esquemas do crime organizado.

A Operação Catilinárias servirá de pretexto para que o processo de impeachment de Dilma sofra uma parada brusca e recomece do zero. Esta é a tendência de "definição de rito" a ser adotada pelo STF. Existem grandes chances de que a decisão final só ocorra em fevereiro. Algum ministro deve pedir vista do caso, postergando a solução. Enquanto isso, o cerco a Dilma se aperta. A presidenta saiu derrotada no Tribunal Superior Eleitoral, que negou o recurso sobre as prestações de contas de 2014. O problema pode acabar impugnando a chapa Dilma-Temer.

Quem fica apertadinho, também, é Luiz Inácio Lula da Silva. O amigão dele, José Carlos Bumlai, é agora réu na Lava Jato. Lula agora tem a preocupação concreta de que as sujeiras da Lava Jato podem comprometê-lo - apesar das insistentes negativas de que não sabe de nada e que nunca se envolveu em picaretagens. Lula também já tem certeza de que vão atingi-lo ampliando a investigação sobre as milionárias consultorias dadas por pelo menos um de seus filhos. A bronca pode estourar agora, ou depois das férias e recesso parlamentar-judiciário, no começo do ano. A ansiedade é cruel.

O ministro Edson Fachin, relator do rito de impeachment no STF, produziu um voto que, se for acompanhado pela maioria dos 11 ministros, representará uma grande derrota para Dilma no cadafalso. Vários pontos do parecer de Fachin são uma tragédia para a Presidenta. Ele pregou que o Senado não pode barrar a instauração do procedimento. Confirmou a votação secreta para a formação da comissão na Câmara. Negou o pedido de afastamento do deputado Eduardo Cunha da comissão. Argumentou a favor do afastamento de Dilma quando o processo for instaurado na Câmara. Por fim, rejeitou a ausência de defesa prévia de Dilma. Nesta quinta-feira, prossegue a votação no STF. Se alguém pedir vista, o caso só se resolve em fevereiro, depois do recesso parlamentar e judiciário.   

É bem mais útil se os brasileiros prestassem atenção no que falou ontem um dos heróis do esporta brasileiro. O tenista Gustavo Kuerten, o Guga, aproveitou a entrega do Prêmio Brasil Olímpico para detonar: “Peço aos nossos representantes, ao governo, a todos do poder público, que olhem para dentro desta sala e se espelhem. Por favor, sejam justos, sejam honestos, sejam brasileiros de verdade. Esqueçam partidos, panelinhas e todo o resto”.

Guga mandou bem. Poderia pedir o que já temos pedido por aqui para solucionar e mudar o Brasil. Intervenção Constitucional, pelo poder instituinte do cidadão, com eleição para todos os cargos públicos de direção, através do voto distrital e "recall" para o próprio eleitor afastar, em tempo hábil, quem não presta para a função pública. O Brasil deve abraçar um Federalismo de verdade. Assim dá para começar a Revolução Brasileira. O resto, de bom, vem como consequência natural.

Esperando companheiros de cela



Pixuleco bem acompanhado



Lento, mas correndo


Colabore com o Alerta Total

Neste momento em que estruturamos mudanças para melhor no Alerta Total, que coincide com uma brutal crise econômica, reforçamos os pedidos de ajuda financeira para a sobrevivência e avanço do projeto.

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente conosco poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 16 de Dezembro de 2015.

7 comentários:

O SOMBRA disse...

PRA FRENTE BRASIL

FALANDO A VERDADE

HOJE, DIA 16 DE DEZEMBRO DE 2015 É DIA D PARA AS INSTITUIÇÕES BRASILEIRAS OS TRÊS PODERES DA REPUBLICA (EXECUTIVIO LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO)

HÁ INDEPENDÊNCIA E A HAMONIA ENTRE OS PODERES DA REPUBLICA FOI COLOCADA EM CHEQUE PELO PODER EXECUTIVO.

Em 13 anos de GOVERNO do SR. LULA, DO PT e do FORO DE SÃO PAULO, o CRIME ORGANIZADO (TRÁFICO DE ENTORPECENTES E CONTRABANDO DE ARMAS), vem predominando em todo o TERRITÓRIO NACIONAL, livremente sem qualquer INTERFERÊNCIA do GOVERNO nas suas FRONTEIRAS, a ponto de obrigar os ÓRGÃOS DE SEGURANÇA PUBLICA ESTADUAIS, há dar o PRIMEIRO e único COMBATE a estes CRIMES de EXCLUSIVA COMPETÊNCIA do GOVERNO FEDERAL, exponho dessa forma de combate as POLICIAS CIVIS E MILITARES ESTADUAIS, cujo intuito preliminar é a DESMILITARIZAÇÃO DAS CORPORAÇÕES MILITARES ESTADUAIS. (POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES).

Por esses motivos o DIA DE HOJE, é considerado o dia D para se aquilatar se o crime organizado CONTINUARÁ a COMANDAR o BRASIL.

PORQUE?

HOJE, O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF) que foi nestes TREZE anos, COOPTADO com ADVOGADOS ligados ou que prestaram serviços relevantes ao SR. LULA, (quando PRESIDENTE DE SINDICATO) e ao PT no decorrer da sua trajetória até chegar ao PODER. Foram indicados para compor o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, em torno de OITO MINISTROS.

HÁ partir de 2003 até 2006, o PODER EXECUTIVO com dificuldades para interferir no PODER LEGISLATIVO, tentou comprar o PODER LEGISLATIVO, com o MENSALÃO.

Descoberto e condenados os seus membros, no MENSALÃO.

O SR. LULA, O PT, juntamente com seus PARTIDOS COLIGADOS, partiram para aparelhar o SUPREMO e parece que conseguiram o seu intento, preliminarmente, TENDO ÊXITO em pequenos casos a PEDIDO do GOVERNO FEDERAL, (caso do RITO para o IMPEACHMENT que seria feito pelo PRESIDENTE DA CÂMARA), primeira intervenção do PODER JUDICÁRIO no PODER LEGISLATIVO.

HOJE, dia 16 de dezembro de 2015, o SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF), mais uma vez recorreu aos seus MEMBROS NOMEADOS PARA O SUPREMO, contra decisão do CONGRESSO NACIONAL, na escolha da COMISSÃO para ANALISAR O PEDIDO DE IMPEACHMENT da PRESIDENTE DILMA, que já estava sendo cooptada (escolhida a dedo)por vários membros ligados ao GOVERNO FEDERAL DA PRESIDENTE.

O recurso do GOVERNO caiu nas mão do MINISTRO LUIZ EDSON FACHIM nomeado no segundo GOVERNO DILMA, para substituir o MINISTRO JOAQUIM BARBOSA, que CON- DENOU OS MEMBROS DO MENSALÃO e se aposentou prematuramente em virtude de ameaças à si e a sua família. Ligado por laços afetivos ao SR. LULA, PT E AOS MOVIMENTOS POR ELE CRIADOS (CUT, MST E OUTROS).

VEJAM:
"Política - Indicação ao Supremo Tribunal Federal

Em 2003, Fachin assinou um manifesto, com o então deputado petista Luiz Eduardo Greenhalg e o jurista Fábio Konder Comparato, em favor do cumprimento, pelo poder público, da norma constitucional que prevê a desapropriação, para fins de reforma agrária, de imóveis rurais que descumpram a função social da propriedade.[10]
Por indicação da CUT, integrou a Comissão da Verdade do Paraná. Em 2010, assinou um manifesto, juntamente com outros juristas, em defesa do direito do então presidente Lula de opinar sobre as eleições.[11]
Em 29 de outubro de 2010, fez um vídeo pedindo votos para Dilma Rousseff, então candidata do Partido dos Trabalhadores.[12]".
POR TODOS ESTES MOTIVOS ACIMA ELENCADOS É QUE AFIRMAMOS QUE HOJE É O DIA D PARA O POVO INOCENTE ÚTIL PODER AQUILATAR ATÉ QUE PONTO AINDA ESTÁ EM VIGOR A INDEPENDÊNCIA E HARMONIA ENTRE OS TRES PODERES.

A DECISÃO DO COLEGIADO DO SUPREMO SE REUNE HOJE DIA 16 DE DEZEMBRO DE 2015 PARA RATIFICAR OU NÃO A INTERVENÇÃO NA DECISÃO DO PODER LEGISLATIVO.

SE ESTA FERE ALGUM ARTIGO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988.


QUALQUER QUE SEJA A DECISÃO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL ELA SERÁ HISTÓRICA E SEUS MINISTROS ENTRARÃO PARA A HISTÓRIA COMO VILÕES OU HERÓIS, SALVADORES DO RESPEITO, A INDEPENDÊNCIA E HARMONIA ENTRE AS INSTITUIÇÕES E DA PÁTRIA BRASIL
INPEACHMENT JÁ

BRASIL ACIMA DE TUDO

Anônimo disse...

Concordo com vc que chegou a hora de expurgar tudo e recomeçar de novo. Mas dai me lembro do nível do eleitor brasileiro e concluo que nada vai mudar, pois em no máximo 10 anos estaremos vivendo a situação atual novamente.

Anônimo disse...

Serrão, é preciso importar urgente - urgentíssimo! - alguns generais egípicios, tailandeses e talvez chilenos, porque os daqui....

Anônimo disse...

Arre égua,os TIOZIM tão indo tudim pra cadeia, até o TIOBUMBUM (Bumlai)foi pra cana e ainda tem TIO pra ir passear por lá. Será que vão mexer com o TIORENAN? Ainda bem que LULALÁ não tá nem aí, pois não sabe de nada nunca viu nada e vai levando na valsa, vendo o mar pegando fogo pra comer peixe assado, isso é curtir a vida.
O CUNHÃO também está sorrindo da nossa cara de otários.
Cuidado com a PF que ela pega tiozim malvado.

ah_ah disse...

Documentário feito pela mídia francesa que mostra algumas verdades dessa latrina chamada braziu.
Vale a pena ver...........e repassar o link.

http://www.dailymotion.com/video/x3cvvis_doc3-o-sol-negro-petrobras-rtp3_shortfilms

Anônimo disse...

ALGUÉM TEM QUE EXPLICAR, PASSAR COM DROGAS E ARMAS PELA IMENSA FRONTEIRA É FACIL, AGORA VENDE LAS NOS ESTADOS E MUNICIPIOS SEM SEREM IMPORTUNADOS PELAS AUTORIDADES LOCAIS JÁ É OUTRA HISTÓRIA... JUDICIARIO E MAÇONARIA A MAFIA MALDITA...

Anônimo disse...

AF disse:

Serrão, se lembra do que a Marina Silva disse o sobre o impeachment? Pois bem. Ao que parece, juridicamente, a candidatura de Dilma/Temer provavelmente será impugnada. E quem assume é o presidente da Câmara; hoje, Eduardo Cunha. E Eduardo Cunha não faz a agenda globalistas tão adorada pela mídia e poderosos em geral.

Portanto, estes últimos, junto com os comunistas, estão fazendo das tripas coração para derrubar/afastar o Cunha antes de a Dilma ser afastada. Assim, eles colocam um poste lá no lugar do Cunha para assumir a presidência da república quando Dilma e Temer forem impedidos.

Penso eu que, como no Brasil não há aplicação isonômica das leis, caso, por um milagre, Cunha não seja deposto, eles vão apenas "impeachmar" a Dilma, mas deixarão o Temer na presidência, mesmo ao arrepio dos fatos e da constituição.

É estratégia das grossas. Dizem que eles tem planos até a letra "E", não só "A" e "B"...

A intervenção cívico-militar é a solução; mas quem tem força para demover os comunistas do comando das FFAA. É preciso uma intervenção dentro das FFAA primeiro. Que Deus nos ajude!