terça-feira, 12 de janeiro de 2016

E o crime venceu... Uma vez mais...


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Gilberto Pimentel

A reportagem divulgada na última semana pela Veja.com tratando da situação da segurança pública no Rio de Janeiro é desoladora; e vergonhosa, pois escancara a incapacidade do estado de cumprir mais uma de suas obrigações fundamentais em proveito dos seus cidadãos: a garantia da liberdade de ir e vir. Já não bastasse a falência do sistema de Saúde.

Dá conta o artigo do fracasso das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) e como o crime dito organizado voltou a exercer domínio pleno nas comunidades de risco. Algumas unidades simplesmente foram expulsas pelos bandidos; em outras os policiais, acuados, sequer ousam deixar o interior dos precários containers que lhes foram destinados em caráter provisório e que nessa situação continuam depois de anos decorridos.

Em algumas comunidades, ainda segundo a reportagem, as UPPs admitem acordo informal com os criminosos dividindo o território de atuação: surgem então as chamadas “regiões perdidas” onde o tráfico age com inteira liberdade.

Inépcia, incompetência e descaso das autoridades governamentais que não cumpriram as partes que lhes cabiam no processo de ocupação das áreas de risco. Policiais se queixam da falta de apoio, de munição, alimentação adequada e atraso de pagamento.

Está praticamente posto fora o trabalho que parecia inaugurar uma nova era no combate à criminalidade no estado e que contou com a eficiente participação das FFAA, do esforço e criatividade de um Secretário de Segurança como poucos e de um competente Comandante da PM, que percebendo a inutilidade dos seus esforços, há dias entregou o cargo.
Não se compreende como não nos convencemos todos, de vez, que a virulência e crueldade dos bandidos não admitem meia força nem qualquer tipo de tergiversação. Ou eles são definitivamente extinguidos ou nos destroem.

E quem não aceite isso, sinceramente, para nós, é aliado do crime, não da sociedade honesta.

Nossa cidade, é duro admitir, não está em condições e nem merece, hoje, sediar um evento de nível global como são as Olimpíadas. Não vemos como assegurar condições adequadas de segurança aos milhares de visitantes que aqui virão dentro de poucos meses.


Gilberto Pimentel, General, é Presidente do Clube Militar.

6 comentários:

Herman Joao Froeder Neto disse...

E os militares, onde estão? Como aceitam passivamente tanto descalabro e afronta.? Como não reagem a uma exposição sobre os anos de chumbo, em que só o exército é exposto? Estão com medo de que/de quem? O povo quer saber... Estamos sem pai nem mãe. A corrupção varre o país, as bases da república estão comprometidas, nossos poderes estão contaminados. Vamos assistir a tudo de camarote?

Anônimo disse...

E os militares ficam gemendo sentados em cima dos escrotos sofrendo sem coragem de agir naquilo que é sua obrigação constitucional. Estamos mesmo nas mãos do Diabo!

Anônimo disse...

Segurança pública é prerrogativa das polícias. O conjunto de leis protege o bandido. A cultura brasileira diz que bandido é vítima da sociedade. Se morrer bandido a OAB oferece imediatamente um advogado para a família do referido e os direitos dos manos cai em cima da polícia. O judiciário, bem o judiciário..... . E perguntam o que os militares vão fazer. Só pode ser piada. Mass

Anônimo disse...

O anônimo das 10.26 amarelou e não falou do judiciário porque? O judiciário é quem recruta os bandidos do crime organizado, e só expede mandados para quem não faz parte da máfia... As policias e a promotoria estão de mãos atadas...

Caio Germano disse...

Até parece que qualquer governo queira acabar com o tráfico e os traficantes do Rio de Janeiro. O Filme Tropa de Elite retrata a mais pura realidade. Agora usemos de um mínimo de sinceridade. Colocar conteiners de lata como base !!??????? Onde até trombada de mosquito fura. Invasões e incursões anunciadas com dias de antecedência !??? Me poupem vai, ninguém quer resolver aquela merda, porque é fonte de lucro.

Anônimo disse...

Mais um chibungo covarde, que só sabe afetar indignação. Indignação fingida, porque não movem um dedo para limpar este país, e querem a todo custo preservar as estruturas corruptas e as instituições aparelhadas. Certamente tem muito "estrelado" lucrando bastante com esse sistema...O que esperar dessa geração de militares que hoje está na reserva, uma geração corrupta, que traiu os ideais de 65 entregando o país nas mãos dos bandidos. Os que estão na ativa hoje, carreiristas, venais, puxa-sacos e corrompidos só estão seguindo o exemplo que tiveram. TRAIDORES DA PÁTRIA! VERMES! LIXOS! Tudo que vem desses cretinos não passa de encenação.