quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Onçaco Cheio


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Muitos dos amáveis leitores estão se questionando sobre a utilidade de ler jornais, revistas, sites, blogs, etc.

A imprensa amestrada só desinforma.

Jornalistas independentes, por desespero, perdem a capacidade analítica fria e desapaixonada do momento atual.

Seus escritos na internet ficam cada vez mais monótonos e repetitivos.

O limite da paciência chega ao fim nas redes sociais, onde prevalecem dois tipos de pessoas: as indignadas e as alienadas.

Muitos já tomaram a decisão do Jacinto, no início do romance “A Cidade e as Serras”.

“Também cá não fico !”. Mudou-se a Paris.

A Europa dos países “bonzinhos”, que confiscam dos imigrantes o pouco que conseguiram levar de sua desgraça, está podre.

Os refugiados fizeram mal em sair de suas pátrias. Deveriam ter ficado e deposto seus governos corruptos e/ou sanguinários.

A morte é menos terrível na terra dos antepassados.

A Canção do Expedicionário tem um verso significativo:

“Por mais terras que eu percorra, não permita Deus que eu morra sem que volte para lá..” (o Brasil).

Nós que aqui estamos, vivamos com honra ou morramos com glória.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

6 comentários:

Loumari disse...

Irmão Mantiqueira, a Europa é vítima de seu sistema social muito avantajosa.
Há na Europa gentes destes árabes-muçulmanos que declaram uma porrada de filhos e com isso beneficiar de todas vantagens sociais: alojamento gratuito a custa do contribuinte, prestações sociais e alocações familiares, e chega a receber uma família de 14 indivíduos a soma de 5 mil (5.000) Euros mensais.
E as convenções Europeias deixam os estados membros impotentes face a esta situação que ultrapassa todas previsões.
Então, alguns países para contornar as convenções que lhes penalizam, o que eles fazem é buscar argumentos para ver se com isto limitar o impacto desastroso qual eles já não podem fazer face, como acolher os imigrantes e dando-lhes melhor assistência. Sobretudo que os menos ingénuos dos dirigentes sabem muito bem que esta gente não vem a Europa para trabalhar, mas sim, só para beneficiar unicamente das vantagens sociais que os governos dispõem para assistir aos mais desfavorecidos.
E em todos os europeus esclarecidos também sabem que esta raça de gente só vem com intenções maléficas. Olhem o que já está sendo constatado na Alemanha? E a pior vergonha é ver os responsáveis políticos se darem tanto mal para impedir a midia de publicar as informações quanto a realidade da situação. Por exemplo o que ocorreu no fim do ano, sobre as violações sexuais, procuraram sufocar esta informação. Só que o problema fez vítimas físicas que passaram pelos hospitais e os feitos constatados, e os médicos fizeram estalar a verdade. E hoje, das vítimas que sofreram de violações sexuais dos muçulmanos se calcula ao número de seiscentas (600) mulheres. E isto cai como uma bomba no governo de Ângela Merkel com a sua política generosa de imigração.
Agora o que estão a fazer e as escondidas, é afretar aviões e expulsar muitas desta raça de gente imunda, devolvê-los aos seus territórios de origem.
E esta de confiscar os bens dos imigrantes para contribuir com os gastos que devem financiar a sua integração, é uma arma de defesa que acharam para desanimar todos aqueles que ainda querem ir se instalarem naqueles países. Dar a entender a estes aproveitadores que na Europa já não se vive a custa da Joana.
C'est fini. Restez chez vous! Vous n’êtes pas les bienvenus chez nous.
Não devemos esquecer que a Bíblia nos dá uma cláusula para utilizar como legítima defesa:

"Ouviste que foi dito: Olho por olho, e dente por dente.
Eu, porém, vos digo que não resistais ao mal; se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra. (Mateus 5:38)"

Anônimo disse...

Muito bem colocadas tuas palavras, Srª Loumari. Mostra-nos toda a verdade do que está a ocorrer na velha Europa, que está a sofrer ataques orquestrados inteligentemente por alguém, muito maléfico, com cara de ajuda humanitária!
É uma maneira inteligentemente engendrada de destruir a civilização ocidental, cristã, e deixá-la sofrer até o seu esgotamento, até seus últimos suspiros.
E, infelizmente, os governos decentes são obrigados a tomar atitudes "às escondidas", com medo dessa imprensa suja, psicopata, esquerdista.
Enquanto isso no podre Brasil, o (des)governo trouxe-nos o zika vírus na Copa do Mundo e, certamente, vai nos brindar com outras doenças nas Olimpíadas, também como parte de um plano de destruição orquestrado, certamente, pelas mesmas mentes doentias que agem na destruição da Europa.
Certamente, enquanto os cabeças-ocas imbecilizados estiverem pulando o Carnaval, se embriagando, se entregando às orgias mais primitivas, copulando animalescamente entre si, se destruindo com doenças venéreas, enquanto as maiores preocupações forem a compra de grandes quantidades de álcool e de outras drogas, a compra do abadá, o nome do vencedor dos desfiles, certamente o (des)governo estará aprontando alguma sacanagem social ou alguma facada nos bolsos dos contribuintes, como a aprovação da CPMF.
Os governos são nossos inimigos. Essa é a grande verdade!
Ótimo o teu comentário, Srª Loumari. Só não entende quem for... deixa prá lá...

Anônimo disse...

Muito inteligente as análises feitas e a relação do que está acontecendo com a "Canção do Expedicionário". Só fiquei muito mais triste!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Loumari disse...

Caro anônimo de 2:57 PM

Queira por favor assistir este video. Te desejo coragem. Bem precisamos de coragem neste mundo de Brutos

https://www.youtube.com/embed/02nLxNzIA9g

E muito obrigado pelo teu excelente comentário. Amplia ainda mais o horizonte.

Anônimo disse...

Boa noite, lutadores e lutadoras por um mundo melhor.

Desculpem pela enésima vez o anonimato. Não acho correto, mas é questão de sobrevivência, no meio socialista em que labuto.

Srª Loumari, obrigado pelo elogio (sou aquele das 2:57 PM). A dengue me afastou da luta. Certamente, um desígnio de Deus para que eu pudesse recarregar as baterias.
Lembro-me da última vez que elogiei a Senhora e eis que imediatamente apareceu alguém dizendo que nós dois éramos a mesma pessoa, "a Loumari elogiando a Loumari" (mais ou menos isso).
Lembro-me, também, outra vez em que criticamo-nos mutuamente nossas opiniões contrárias, quando a Senhora me chamou de petista ou algo assim, o que repetiu outro leitor!
Mas... Sou conservador, sempre fui. Já recusei cargos públicos de segundo e primeiro escalões em (des)governos do PT e do PSDB, irmãos ideológicos que servem aos mesmos patrões, por ser contra suas formas de (des)governar, para mim, idênticas.

As pessoas podem captar uma impressão inversa da realidade. É dessa maneira que os retrógrados trogloditas agem, se auto-denominando "progressistas" e nos enganando, enquanto não sairmos a buscar o discernimento.

Mas eu digo, para parentes e amigos, que a inocência e a ignorância dos fatos são as chaves da felicidade. Já notaste como os afetados pela Síndrome de Down são felizes? Pois são!
E quando começamos a "abrir a cabeça", a adquirir o conhecimento, adeus felicidade! Mas é o preço! Não podemos apenas nos revoltar contra a realidade, somos adultos e adultas. Temos que lutar... mas a sabedoria dos anos (que vem de Deus) nos dá as diretrizes das ações e estratégias de lutas. Nossa luta pela Liberdade é amparada no Amor Universal, que a tudo permeia. Mas Deus é o Senhor dos Exércitos, que nos ampara e nos conduz!

São coisas divertidas ou litigiosas, no nosso relacionamento interno ou com as outras pessoas, mas que nos chamam a atenção: nenhum de nós detém a Verdade. A Verdade pertence à Deus! "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (João 8:32)

Anônimo disse...

Em tempo, Srª Loumari, obrigado pelo elogio e pelo vídeo. Adorei!
São os nossos valores, os valores conservadores, a verdadeira essência da Civilização Ocidental, o ápice da Civilização Humana. Não podemos admitir retrocessos: esta é a nossa LUTA!
Anônimo de 2:57 PM