sexta-feira, 18 de março de 2016

Lula na Paulista: O que pode acontecer?


2a Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A Petelândia confia que Luiz Inácio Lula da Silva terá coragem de comparecer à manifestação em favor dele e de Dilma Rousseff, agendada para a tarde desta sexta-feira, na Avenida Paulista. Haja mortadela... A CUT promete reunir até 150 mil pessoas, em pleno dia de expediente para pessoas normais. Se conseguir reunir 10% disto já será um milagre.

Mais cedo, interlocutores do ex-presidente, temendo conflitos com manifestantes pró-impeachment, insistiram para que ele não fosse às ruas. Eles ponderavam que havia a possibilidade de confronto com os manifestantes pró-impeachment, se eles permanecessem acampados na avenida Paulista. Mesmo saídos na base de muito jato d´água e gás lacrimogêneo, eles prometem retornar para confrontar a petelândia.

A previsão é de confrontos...

Releia a primeira edição desta sexta: Qual será a próxima farsa golpista de Lula?

5 comentários:

Anônimo disse...

Este louco quer que o país se exploda... Irresponsabilidade taí!!!

Anônimo disse...

Jorge Béja

Esse título de “ministro” que é dado ao chefe da Casa Civil da Presidência da República é meramente honorífico. Honraria que Lula mostrou que nem merece receber. Mesmo que fosse uma outra pessoa, notável e respeitada e merecedora deste título meramente honorífico, o cargo de chefe da Casa Civil da Presidência da República não confere a quem o ocupa a prerrogativa de ser processado e julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

De acordo com o artigo 102 da CF, ao STF compete processar e julgar, dentre outros, os ministros de Estado. E “ministro” chefe da Casa Civil da presidência da República não é ministro de estado. Segundo a Constituição Federal, Ministros de Estado são os titulares de ministérios e casa civil da presidência da República não é ministério (CF, artigos 87 e 88). E na eventualidade da existência de lei que outorgue a quem ocupe o cargo de chefe da casa civil da presidência da República o status de ministro, dentro do organograma da presidência, tal lei é inconstitucional e o título não passa de honraria, uma distinção especial, mas sem efeito jurídico e legal.

EXISTE JURISPRUDÊNCIA

O Supremo Tribunal Federal já enfrentou essa questão e decidiu que até mesmo secretário de Comunicação Social da Presidência da República não goza da prerrogativa de foro no STF. Confira-se:

“Para efeito de definição de competência originária do STF, não se consideram ministros de Estado os titulares de cargos de natureza especial da estrutura orgânica da Presidência da República, malgrado lhes confira a lei prerrogativas, vantagens e direitos equivalentes aos de titulares de ministérios: é o caso do secretário de Comunicação Social da Presidência da República”.

Isso foi decidido pelo plenário do STF ao julgar a Petição nº 1.199-AgR, relator ministro Sepúlveda Pertence, em sessão de 5.5.1999, e publicado no Diário da Justiça de 25.6.1999.

Então, por que essa preocupação com o fato de Lula, agora “ministro” chefe da casa civil, ser julgado pelo STF? A competência para investigá-lo e julgá-lo continua com o juiz Sérgio Moro, titular da 13a. Vara Federal de Curitiba.

fonte:
http://www.tribunadainternet.com.br/se-lula-acha-que-a-casa-civil-e-um-ministerio-esta-enganado/

Anônimo disse...

Jornalismo independente? Faz-me rir.

Anônimo disse...

Protest com onibus fretado ..não pode ser chamado de ideologico...E mesmo gratis o protesto não bateu os que eles chamam ...cadê o homem que queria ser Líder Mundial? Hj estampa o.noticiário mundial como Bandido...,#vergonha

Luciano Teles disse...

Kkkkk, vcs estão cegos. Com todos os absurdos de setores do morodiciario e da Grande mídia, vcs viram a Paulista linda de vermelho?
Não sabem avaliar politicamente as coisas kkkkkkkk