quarta-feira, 30 de março de 2016

O golpe da anistia contra a Lava Jato


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Simplesmente tirar Dilma Rousseff para botar o maçom irregular Michel Temer na Presidência da República é um dos golpes institucionais mais canalhas da História do Brasil. Se tal barbaridade se confirmar, como vem sendo cuidadosamente urdida, o PMDB continuará 31 anos no poder, de forma tão escrota e com risco de mais danos que os 13 de Perda Total (PT). A primeira vítima institucional, em aliança devidamente combinada com a cúpula do PSDB, é sabotar a Operação Lava Jato.

O plano básico e imediato, coordenado por Michel Temer e pelo jurista Nelson Jobim, é promover uma "grande conciliação pela governabilidade". Um dos pontos fundamentais do "pacto" é contar os efeitos da Lava Jato - com o argumento insustentável  de que "a política judiciária de caças às bruxas prejudica a economia, pois alimenta a instabilidade política". No pragmatismo cínico dos peemedebostas e tucanalhas, que pode ter a adesão da desesperada cúpula da petelândia, o momento é de "conciliação e não de perseguição política".

É seríssima a possibilidade de se costurar uma grande anistia para os políticos mais importantes, a partir de transações penais, sobretudo os acordos de leniência firmados com empresas que sempre atuaram no esquema político de corrupção ativa e passiva com o desgoverno do crime organizado. A Presidenta Dilma, se renunciar, será uma das maiores beneficiadas do "perdão" (que pode ser dado via Congresso Nacional ou por Decreto do futuro Presidente da República).

Juridicamente impossível e politicamente só pensável na cabeça dos loucos de Brasília, a anistia "ampla, geral e irrestrita" é um assunto tratado com a maior seriedade pelos que articulam o novo desenho de ocupação do "Condomínio" do Poder Federal. A suposta saída retórica do PMDB da base do governo Dilma foi a manobra mais ilusória do século. O balcão de negociatas opera a pleno vapor...

Pedido de ajuda

Do Juiz federal Sérgio Moro, ontem, no evento " Combate à Corrupção: desafios e resultados, os casos Mãos Limpas e Lava Jato", no auditório da Procuradoria da República, em São Paulo:

"A Justiça tem papel relevante, mas não consegue resolver sozinha. É preciso que as outras instituições operem, os legisladores, a sociedade civil e que as próprias empresas se organizem para evitar pagamentos de propina. Se as empresas não pagarem, é um grande avanço'. 

Baixaria faz sucesso


Só no canal "Papo de TV", quase dois milhões já assistiram à gravação da conversa, cheia de baixarias, entre a esposa de Lulinha, Renata, e o amigo Kalil Bittar.

O papo, cheio de intimidades, só confirma que o famoso Sítio de Atibaia pertence, de fato, à família de Lula, embora nada esteja no nome dele.

Latindo


Pega ele, Moro


Separação consensual


Colabore com o Alerta Total
Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Março de 2016.

12 comentários:

Loumari disse...

" Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta nora, aguentando pauladas, sacos de vergonha, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a energia dum coice, pois que nem já com orelhas é capaz de sacudir as moscas..."
(GUERRA JUNQUEIRO, 1896)

Loumari disse...

NOVA LETRA DO HINO NACIONAL

Heróis do mal
Pobre povo
Nação doente E mortal
Expulsa os tubarões
Exploradores do Brasil
Entre as burlas
Sem vergonha
Ó Pátria
Cale-lhe a voz
Dessa corja tão atroz
Que há-de levar-te a miséria
P'ra rua, p'ra rua
Quem te está a aniquilar
P'ra rua, p'ra rua
Os que só estão a chular
Contra os burlões
Lutar, lutar!



"PAREM DE CHAMAR " CRISE" AO CAPITALISMO MAFIOSO!!!"

Anônimo disse...

ESCOLHER ENTRE UMA DILMA INCOPETENTA E.IRRESPONSÁVEL E TEMER
É FÁCIL. QUALQUER OPÇÃO QUE NOS LIVRE DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E TERRORISTA PT É VALIDO.

Anônimo disse...

Teoridra detonou o Direito e desrespeitou o povo brasileiro. Teoridra jogou seu próprio nome no lixo e agora quer perseguir as pessoas que falam a VERDADE sobre TEORIDRA. Infelizmente, não ocorreu na mesma medida a apuração de ameaças a Sérgio Moro e a Joaquim Barbosa. Dois pesos, duas medidas é a marca dos petistas:

Teori desiste de palestra na PUC do RS
O ministro Teori Zavascki desistiu de vir a Porto Alegre no dia 8 de abril para proferir a palestra principal do evento que promoverá a Faculdade de Direito da PUC do RS.

A palestra sairia para alunos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade de Direito não informa as razões do cancelamento.

No dia 13, falará o jurista Ives Gandra Martins.
Postado por Polibio Braga Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest
às 3/30/2016 08:30:00 AM 0 comentários
Teori pediu investigação da Polícia Federal contra manifestantes que o criticam. Redes sociais voltam a mirar o ministro.
Ontem a noite as redes sociais voltaram a endereçar fortes críticas ao ministro, logo em seguida ao envio do pedido de explicações exigido por Teori sobre o caso dos grampos de Lula. A faixa ao lado foi colocada diante do prédio onde mora o ministro em Porto Alegre. Ontem mesmo, a ativista Carla Zambelli divulgou carta a Lewandowski, exigindo respeito ao direito de crítica.

CLIQUE AQUI para examinar o cartapácio de Teori contra Sérgio Moro e que tanto irritou os seguidores do juiz.

CLIQUE AQUI, também, para ler todos os grampos sobre Lula. O editor considera que Teori protegeu Lula e Dilma ao proibir a divulgação do material.

A Superintendência da PF no Rio Grande do Sul abriu inquérito para apurar ameaças ao ministro Teori Zavascki, tudo conforme ocorrências registradas em Porto Alegre, mas também em São Paulo e Brasília serão feitas investigações. O próprio ministro Teori representou pela investigação. "Os comentários ofensivos e intimidadores foram publicados em redes sociais e também enviados por e-mail", informa a PF.

O presidente do STF, Ricardo Lewandowski também pediu apurações.

As hostilidades, o que inclui ameaças, a Teor, começaram depois que ele tirou das mãos do juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato no Paraná, todas as investigações sobre o ex-presidente Lula, nomeado ministro da Casa Civil do governo Dilma. A Polícia destacou que já coletou dados e solicitou a preservação das informações para identificação dos autores das ameaças a Teori.
Postado por Polibio Braga Enviar por e-mailBlogThis!Compartilhar no TwitterCompartilhar no FacebookCompartilhar com o Pinterest
às 3/30/2016 08:30:00 AM 0 comentários

http://polibiobraga.blogspot.com.br/2016/03/teori-desiste-de-palestra

Paolo Hemmerich disse...

Parece que o Jornalista Serrão ADOTOU O MESMO DISCURSO DO PT!!! Até entendo ser adepto daquele famoso adágio: HAY GOBIERNO, SOY CONTRA! Mas... pegar "ipsis litteris" a discurseira petista já é demais!

Anônimo disse...

porque ninguem faz uma matéria sobre esses dois m3rdas de ministros? nem o antagonista fala sobre esses assuntos.... porque?

ricardo bixandowiski:
http://www.cantidiodantas.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=1369:se-o-lula-pai-nao-sabe-o-lula-filho-sabe-muito-bem-&catid=3:politica&Itemid=3

sinistro barroso:
http://vetorm.com/?p=629

Martim Berto Fuchs disse...

Este temor que você está expondo no artigo, faz muito sentido. Aquele juiz italiano que participou do Mãos Limpas declarou com todas as letras, que a corrupção não acabou porque interromperam o processo pela metade, justamente para defender a outra parte, também podre.
Depois da interrupção, o mafioso Berlusconi juntou os cacos dos partidos (sempre eles. Prá que partidos?), fundou um novo e a roubalheira voltou à correr solta na Itália.
Se conseguirem interromper a Lava Jato, é isto que vai acontecer no Brasil.
http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2016/03/o-presidencialismo-na-monarquia.html

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

Considero que primeiro, me é essencial parabenizar o senhor Jorge Serrão, pelas palavras.......

"O que precisamos no Brasil? Constituição legítima. Federalismo de verdade. Democracia vigilante. Fim do voto obrigatório. Implantação do Voto distrital e distrital misto. Eleição com fiscalização pública (e não meramente informatizada) na recontagem. Aplicação severa da Lei da Ficha Limpa (permitindo candidaturas comprovadamente idôneas). Possibilidade de candidaturas independentes dos Partidos. Emprego da tecnologia para livres consultas populares. Transparência total na arrecadação e gastos públicos. Simplificação tributária, com regras claras e estáveis. Implantação do "Imposto Justo" (na venda, na importação e na exportação). Fim do "Imposto sobre salário" (nome real do "Imposto de Renda das Pessoas Físicas). Extinção do imposto sindical obrigatório. Enfim, racionalização da máquina estatal nos municípios, nos Estados e no governo da União.

Só assim o Brasil se tornará um País de verdade. Abuso de poder e ditadura do crime organizado escravizam os brasileiros. Basta!"
.......

palavras que também assino com algumas pequenas intervenções e alterações,
aproveitando também para afirmar que a troca de Dillma por Temer é o mesmo que trocar fezes por excrementos, ou seja, só troca de moscas.

Anônimo disse...

Arre égua,nobre jornalista, esse papo aí gravado é fantástico, quando a nora do LULALÁ diz que o grande maridão (parece o OGRO), está dormindo.No nordeste isso dá até briga de foice, é ir lá e levar esse "papo maneiro" e ver o resultado, são 30 polegadas de faca, na hora.
Isso daí é papo de ricaços, é só pra escutar e curtir.
VIVA TIADILMINHA, VIVA LULALÁ 2018, novamente, duvidam? É só aguardar.
E ainda virá mais merdelê por aí.

Anônimo disse...

Está sendo divulgado que a OAB do B irá propor o impeachment de Michel Temer com base no mesmo pedido feito pela OAB.
O mais importante, e que deveria ser motivo de Edição EXTRA em todos os telejornais é o seguinte: a ORCRIM acaba de validar a delação premiada do Senador Delcídio Amaral!
Sim, pois se vão utilizar os mesmos argumentos para o pedido de impeachment da Dilma protocolado pela OAB, então estão considerando totalmente verídica a parte que se refere à delação de Delcídio!
Não tem como fugir da lógica!

Anônimo disse...


Cleonice I ferreira disse:

O povo brasileiro está cansado de ouvir golpistas gritarem "não vai ter golpe."
Está tendo golpe todos os dias em cima do povo, a paciência já esgotou faz muito tempo.
Será que não percebem que o povo brasileiro vai parar o Brasil,ou melhor já está parando, de forma tão sutil que quando perceberem já será tarde demais.
Podem ignorar as manifestações, os panelaços, as aversões do povo por políticos que jogam de todos os lados, mas não poderão ignorar quando não verem os impostos não chegarem nos cofres. INTERVENÇÃO INSTITUCIONAL JÁ.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

31 DE MARÇO DE 1964 E 31 DE MARÇO DE 2016

A data de 31 de março de 1964 foi marcada por um movimento de militares e civis que pretendiam à normalização da vida política, social e econômica no Brasil e amanhã dia 31 de março de 2016, marca talvez o ponto máximo da ação de meliantes corruptos que pretendiam implantar um governo à molde ditatorial, um governo de cunho socialista/comunista.

Estamos em momentos de inflexão de um movimento que pretendia (ainda pretende) dominar a vida dos brasileiros, impondo o peso e terror das garras do Estado nas vidas de cada um dos cidadãos, na imprensa, indústria, comércio, nas profissões liberais, atividades agropecuárias, científicas e técnicas e principalmente na educação escolar, também na moral e Ética.

Depende de cada um de nós brasileiros, continuarmos a mostrar desgosto e nojo das atitudes de políticos que agiram juntamente com tais meliantes, meliantes do PT, e tais outros políticos de todos os outros partidos políticos brasileiros especialmente seus líderes, José Sarney, Renan Calheiros, Michel Temer e Eduardo Cunha, além de governadores tais a Alckmin.

Meu respeito aos bravos militares das Forças Armadas Brasileiras que apoiaram o repúdio da sociedade civil em 1964, repudio ao movimento que pretendia implantar o comunismo aqui no Brasil, esperando que agora mais do que nunca, prestigiem, apoiem e defendam a sociedade civil que se manifesta contra a nova tentativa de implantação do comunismo/socialismo aqui no Brasil.

Pelo Brasil, pelos brasileiros, pelas FFAA e por novas eleições presidenciais em seguida à deposição de Dillma Vania Rousseff.