sexta-feira, 18 de março de 2016

Qual será a próxima farsa golpista de Lula?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Pensando muito seriamente no que Lula fala e nas merdas que ele e sua fantoche Dilma Rousseff fazem, o Brasil promete ter uma sexta-feira decisiva. Seremos brasileiros ou nos tornaremos bolivarianos? A previsão é de um conflito aberto, muito além do meramente ideológico, na Avenida Paulista - parcialmente interditada em frente ao cabalístico número 1313. Literalmente, o pau pode cantar no País que precisa resolver logo se vai mudar para melhor ou para pior.

A petelândia ameaça uma grande manifestação em favor de Lula e Dilma. O desespero é gigantesco porque o ministério de Lula ficou pendente judicialmente e começa a contar a partir desta sexta-feira o prazo de dez sessões para análise e votação sobre o impedimento da Presidenta. A maioria da população, abertamente contra a dupla que desgoverna o País, vai sair às ruas em massa. Se não ocorrer um conflito violento será um milagre.

A radicalização e a intolerância estão no ar. O companheiro $talinácio, legítimo mito em decadência, transformou-se em uma piada ambulante de alto risco para a construção da democracia brasileira - promessa adiada a cada fato nazicomunopetralha e a cada inação dos brasileiros que não definem, claramente, o que desejam. É para rir ou chorar com o que Lula fala?

Em tese, ninguém pode discordar das frases lindas, estrategicamente escritas por algum advogado ou redator fantasma, no final do defensivo texto que Lula (fingindo paz e amor) soltou ontem: "Os tristes e vergonhosos episódios das últimas semanas não me farão descrer da instituição do Poder Judiciário. Nem me farão perder a esperança no discernimento, no equilíbrio e no senso de proporção de ministros e ministras da Suprema Corte. Justiça, simplesmente justiça, é o que espero, para mim e para todos, na vigência plena do estado de direito democrático”.

O decano do Supremo Tribunal Federal respondeu duramente aos atos e desatinos de Lula. Celso de Mello detonou: "A República, além de não admitir privilégios, repudia a outorga de favores especiais e rejeita a concessão de tratamentos diferenciados aos detentores do poder ou a quem quer que seja. Por isso, cumpre não desconhecer que o dogma da isonomia a todos iguala, governantes e governados, sem qualquer distinção, indicando que absolutamente ninguém está acima da autoridade das leis e da Constituição de nosso país. Condutas criminosas perpetradas à sombra do poder jamais serão toleradas, e os agentes que as houverem praticado, posicionados, ou não, nas culminâncias da hierarquia governamental, serão punidos na exata medida e na justa extensão de sua responsabilidade criminal".

Celso de Mello pegou ainda mais pesado: "Esse insulto ao Poder Judiciário traduz, no presente contexto da profunda crise moral que envolve os altos escalões da República, reação torpe e indigna, típica de mentes autocráticas e arrogantes que não conseguem esconder, até mesmo em razão do primarismo de seu gesto leviano e irresponsável, o temor pela prevalência do império da lei e o receio pela atuação firme, justa, impessoal e isenta de juízes livres e independentes. (Esses juízes) não hesitarão em fazer recair sobre aqueles considerados culpados, em regular processo judicial, todo o peso e toda a autoridade das leis criminais de nosso país".

Nesse clima de guerra aberta, de todos contra todos, será fácil para a Advocacia Geral da União derrubar as liminares dadas pelo juiz Itagiba Catta Petro Neto, da 4a Vara Federal em Brasília, e pela juíza da 6ª Vara Federal no Rio de Janeiro, Regina Coeli Formisano, suspendendo a nomeação de Lula (autoproclamado Jararaca) na Casa Covil. As teses de ambos dificultam que os desembargadores do Tribunal Regional Federal aliviem a barra de Lula.
O juiz Itagiba foi direto: “A posse e exercício no cargo podem ensejar intervenção, indevida e odiosa, na atividade policial, do Ministério Público e mesmo no exercício do Poder Judiciário, pelo senhor Luiz Inácio Lula da Silva”. O magistrado argumentou que a liminar não traria prejuízo grave para a administração pública, porque, para seu bom e regular funcionamento, o Poder Executivo não depende da ação direta do ministro-chefe da Casa Civil.

Regina Coeli escreveu: “Uma vez retirado o sigilo dos processos oriundos da Operação Lava-Jato, tenho que os fatos ali veiculados maculam, de forma indelével, a reputação do referido cidadão (Lula), que pretende agora o cargo de Ministro de Estado, para obter o privilégio de foro”. A magistrada acrescentou: "Efetivamente, tal assertiva não foge à realidade, vez que amplamente divulgado pela mídia nacional, que a intenção da Presidente da República, era, exatamente, “blindar” referido cidadão e redirecionar os processos referentes à Operação Lava Jato para a Suprema Corte Nacional, vez que naquela Corte. sete dos onze Ministros atuantes, foram indicados pelo partido do Governo.

A juíza Coeli ainda deu uma corajosa e objetiva contribuição para um defeito institucional brasileiro: a nomeação e indicação política, pelo Poder Executivo, dos membros da cúpula do Judiciário. Regina Coeli pegou na veia: "Longe desta Magistrada julgar tão ilustres Ministros, como se estes fossem descurar da lei e atuar politicamente em favor dos que os escolheram para tão relevante cargo na Nação Brasileira. No entanto, tal proceder fere de morte o princípio constitucional do Juiz Natural e o Sistema Jurídico Brasileiro. Por outro lado, não se afigura razoável que a Presidente da República deste País, tente obstruir o curso da Justiça em qualquer grau de jurisdição. Por fim, vale lembrar que os Ministros de Estado, sob a ótica da Constituição Federal, devem ser escolhidos entre pessoas da mais ilibada reputação e de notório saber".

Enquanto nada se resolve, depois de 24 fases e mais de 3 bilhões de reais recuperados, a Operação Lava Jato completou dois anos ontem. Até agora, a Operação Lava Jato instaurou 1.114 procedimentos investigativos que resultaram em 39 ações criminais na Justiça Federal do Paraná contra 179 pessoas. Nesses dois anos, a Polícia Federal cumpriu 482 mandados de busca e apreensão e 133 de prisão. Além disso, 117 pessoas foram conduzidas coercitivamente para prestar depoimento, incluindo o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.
A certeza da condenação levou à assinatura de 49 delações premiadas de investigados. Cinco empresas também admitiram crimes e aderiram a acordos de leniência. Até agora são 84 condenados entre políticos e donos das maiores empreiteiras do país. A operação não tem prazo para terminar. Centenas de inquéritos e depoimentos originados de acordos de colaboração continuam em negociação e podem resultar em novos desdobramentos. A estimativa é de que as acusações formuladas até agora envolvam entre 30% e 40% das irregularidades cometidas na Petrobras. Ou seja, ainda vamos longe...

Resumindo a ópera dessa imensa crise estrutural. Edwin Gutierrez, chefe para dívida de emergentes na gestora escocesa Aberdeen, serve de porta-voz de um consenso no mercado financeiro brasileiro - influenciável por notícias boas ou ruins. Gutierrez afirma que mudanças estruturais necessárias ao crescimento econômico no país só seriam possíveis em um novo governo, com o impedimento da Presidenta Dilma: "No meu ponto de vista, esse desfecho é inevitável. Se isso vai acontecer daqui a 45 dias ou daqui a 60 dias, eu não sei, mas me parece ser o final dessa situação. É claro que os áudios divulgados ajudaram".
Edwin Gutierrez foi bem claro: "O mercado financeiro chegou à conclusão de que uma mudança na condução política não poderá acontecer no governo Dilma. Assim, o processo de impeachment seria o meio para uma mudança. O Brasil precisa de nova liderança. Os investidores interpretam que um governo Temer, por exemplo, poderia ser capaz de conseguir alianças e promover avanços".
Outro recado do consultor Edwin Gutierrez chama atenção para o fato de que o País não tem solução imediata: "A conjuntura econômica não mudaria a curto prazo. No caso da inflação, por exemplo, o Banco Central teria de recuperar sua credibilidade. As mudanças estruturais necessárias só seriam possíveis em um novo mandato, logo depois das eleições de 2018. Pode até acontecer antes, mas as próximas eleições é que seriam a oportunidade real".
O jogo, com muitos lances a serem jogados, está longe de ser resolvido...
Respeito exigido


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Março de 2016.

11 comentários:

Anônimo disse...

Serrão

Quero saber quando nossos empregadores vai dar a ordem final pra tirar o PT do Poder, é o unico jeito de não haver sangue nas ruas.

Anônimo disse...

O ator Lula - tadinho de v, Tony Ramos; v é fichinha prá ele - agora está tentando consertar o estrago que não tem mais conserto!
Por onde anda o LULINHA PAZ E AMOR, morreu? Tão gentil na frente das câmeras de tv, mas por detrás, hem, como vomita asneiras!
Enquanto isso, "seu" Luleco desbocado, a população sentiu ofendida com os desafios seus, dos tarados e conspiradores do PT em criticarem todos os poderes, daí que fez o povo se sentir PROVOCADO E CONVOCADO A SE MANTER NAS RUAS até que caiam!
A militância sem parar do povo nas ruas fortalece a luta na conquista de avanços em favor do impeachment das desgraças PT, Lula e Dilma pois dará o tom da pressão no Congresso e Senado para tomarem essa decisão!

Anônimo disse...

Com todo respeito à Suprema Corte, mas se o Lula chegou a esse ponto é porque a Justiça permitiu e ainda está permitindo.O que falta para esse homem ser trancafiado ? O trabalho do juiz Sérgio Moro,da PF e MPF está aí escancarado para todo mundo ver,o povo está nas ruas desde domingo,insistindo na prisão desse homem que quer se esconder no foro privilegiado da Presidente.Dá impressão que quem dá as cartas é ele! Isso não pode acontecer! Está parecendo a situação de uma criança que nunca recebeu limites dos pais e agora virou um bandido.

Anônimo disse...

Com todo respeito à Suprema Corte, mas se o Lula chegou a esse ponto é porque a Justiça permitiu e ainda está permitindo.O que falta para esse homem ser trancafiado ? O trabalho do juiz Sérgio Moro,da PF e MPF está aí escancarado para todo mundo ver,o povo está nas ruas desde domingo,insistindo na prisão desse homem que quer se esconder no foro privilegiado da Presidente.Dá impressão que quem dá as cartas é ele! Isso não pode acontecer! Está parecendo a situação de uma criança que nunca recebeu limites dos pais e agora virou um bandido.

Anônimo disse...

Por isso é que gosto do LULALÁ O ESNOBE,vejam, esnobou do tamanho do triplex,esnobou dos poderes constituídos,é a alma mais honesta do mundo,é pobre, só anda de jatinho, só anda de carrão,é o único que pode salvar a pátria, também é o único que pode incendiar o Brasil, e por aí vai.E vai voltar em 2018, é só aguardar o resto dos merdelês que ainda virão dos que estão faltando fazer a delação.V I V A L U L A LAAÁ.

ARS disse...

Leitura obrigatória de fim de semana:

http://www.ionline.pt/

A capa do "Jornal i", de Portugal.

Anônimo disse...

Caro J.serrão: Hoje a sociedade brasileira está pagando o preço das suas escolhas "democráticas".A própria Justiça,onde ninguém mais se entende, virou uma anarquia completa,pela ação dos malfeitores que fizeram as leis que ela tem que aplicar .O bom senso abandonou por completo a política legislativa ,fazendo com que os juízes fiquem mais perdidos que "cego em tiroteio". O climax dessa situação só apareceu agora com o estouro do "vulcão"da nomeação de Lula para um ministério.E o pior é que são justamente os responsáveis por essa anarquia que dela estão se beneficiando agora.A Justiça está "perdida",sem encontrar um "norte".Exemplo é o fato da suspensão liminar da nomeação de Lula,por ordem judicial de primeira instância,que vale tanto quanto igual medida de qualquer Tribunal,mesmo do Supremo,enquanto não for suspensa por alguma Instância Superior, na mesma ação.Os advogados "cagaram" em cima dessa liminar,como se ela não valesse nada,e foram direto ao STF,que realmente seria a instância originária p/ações envolvendo Ministros de Estado. Mas a nomeação de Lula não tinha sido suspensa? Como poderia o STF receber ditas ações se a nomeação de Lula estava suspensa judicialmente,e só poderia ser modificada mediante algum recurso nos autos dessa ação ? Como pode inclusive o Supremo desprezar uma determinação judicial que vale tanto quanto as suas próprias decisões? Onde está a Justiça,afinal? Sérgio A.Oliveira (OAB/RS 5.348)

Anônimo disse...

O Lula jamais será preso por medo que tem as autoridades de ele cumprir com suas ameaças de incendiar o país se for preso, ele já declarou isso. E as Forças Armadas, o que dizem sobre isso?

Pelo fim do Foro de São Paulo disse...

Ele só para à força, ele quer por fogo na Nação.
Vão permitir?

Anônimo disse...

è a guerra de quem quer ficar mamando na teta do governo e contra quem quer um pais civilizado, moderno e trabalhar para conquistar seus direitos, ponto
O pt governa para si proprio
Lula vai às manifestações do PT, quem do governo vai as mesmas contra o pt?? quem da oposição bate de frente com eles??
Muitos são responsáveis por isso, a classe média esclarecida que votou no PT, e agora, é tarde
Um país que vai virar uma ditadura uma cuba continental no seculo 21

Ronaldo Borges disse...

"Quem não deve, não tem o que temer".

A real necessidade e a obrigação de manter o Respeito, Ética, Caráter, Responsabilidade, Competência e a Honra de uma Nação, como a nossa querida e amada Pátria Brasil, hoje mergulhada neste mar de lama, fazendo passarmos vergonha e humilhação perante ao mundo inteiro, mas o pior é que toda a nossa população mais frágil e carente de Educação, Saúde, Segurança Transportes, Saneamento e Moradias, são os que mais sofrem, perdendo hoje perto de 9 milhões de empregos, apesar de serem os maiores pagadores de impostos, porque a grande maioria não tem como fugir desta extorsão financeira através dos impostos embutidos em tudo que consomem, impostos estes, que abastecem os cofres públicos, por onde uma classe criminosa de mafiosos e seus comparsas organizados com nomes de partidos políticos, juntamente com os seus comparsas maus e gananciosos empresários/empreiteiros, que fazem um jogo perverso e desumano, desviando e desperdiçando as verbas públicas, que devem serem aplicadas com competência e honestidade em benefício de todos os brasileiros.
Estas ações de investigações e instaurações de processos que a PF - Polícia Federal e Ministérios Públicos Estaduais e Federais vem desencadeando nas esferas do governo federal do Brasil, devem serem expandidas também em todos os estados e municípios, e por obrigação, devem serem apoiadas por todos os brasileiros de boa índole, que devem continuarem a se manifestarem publicamente nas ruas e redes sociais incessantemente,
Este momento, é a oportunidade, hoje ÚNICA, de passarmos realmente a limpo, de uma vez por todas, condenando e confiscando todos os bens, que não tenham origem lícita, que estão em nomes dos culpados, comparsas, familiares e laranjas no Brasil e Exterior, somente assim estaremos resgatando nossa credibilidade e confiança internacional perante ao mundo dos investidores, fazendo nosso economia prosperar e principalmente, dando exemplos aos futuros administradores de tudo o que é público, que deve ser tratado com COMPETÊNCIA E HONESTIDADE, pois estes criminosos do passado e atuais, sejam eles quem forem ou qualquer que sejam os seus partidos políticos dos mafiosos realmente culpados, que hoje aparelharam todas as principais instituições, chegando até as mais altas cortes de Justiça, fazendo reinar a CORRUPÇÃO E A IMPUNIDADE, que são os piores e mais pervesos cânceres que atingem a todos da população de uma Nação inteira.
Para Frente Brasil.