domingo, 20 de março de 2016

Quem quer mudar o Brasil? Quem não muda dança!


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Não adianta perguntar quem ficará no lugar de Dilma Rousseff - cabra marcada para pedir para sair (menor chance) ou ser derrubada (maior chance e mais imediatamente por impeachment; menos chance via condenação da chapa reeleitoral dela com Michel Temer). Dilma pode ser substituída pelo vice, também na corda bamba da Lava Jato. Os atuais presidentes do Senado e da Câmara, Renan Calheiros e Eduardo Cunha, também com processos por todo lado, não oferecem condições morais de governabilidade melhores que a moribunda Dilma.

Estamos em um impasse institucional com tudo para causar uma ruptura. Novamente, entra em campo a má tradição brasileira de promover um grande conchavo da politicagem para tentar manter as coisas como sempre estiveram, apenas com pequenas alterações nos fantoches que ocupam o poder federal. O plano consiste em não promover mudanças profundas. Isto fica facilitado pela falta de hegemonia necessária, na sociedade brasileira, para mudar, de verdade, nossa estrutura, modelo e cultura estatal.

Romper com a cultura capimunista, rentista e corrupta, é muito difícil no Brasil onde poucos ganham muito dinheiro facilmente. O mercado financeiro, com seu cinismo pragmático de sempre, já precificou a detonação da Dilma. O dólar fica em torno de R$ 3,40 e R$ 3,50, caso ela caia daqui a 60 dias. Caso Dilma ganhe milagrosa sobrevida, os agentes econômicos apertarão o tradicional botão "fuck everybody". Os rentistas só querem tirar a Dilma. Não pensam em mudar o Brasil, de verdade.

Dois cenários ficam claros. Apenas se Dilma sair, o mercado já aceita uma composição com Michel Temer e demais corruptos do PMDB. A petelândia e seu enrolado líder Lula não vão deixar tal negociata sair barata. Haverá muita resistência e radicalização. O PT aparelhou profundamente a máquina pública. Desinfetá-la não será fácil. O conflito previsível vai paralisar ainda mais a economia brasileira. A maioria já considera que o ano de 2016 está perdido. A tentativa é salvar 2017 em diante.

Já se ocorrer a saída de Dilma junto com Temer, estuda-se uma casuística emergência. A Presidência seria assumida pela futura presidente do Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia. A ela caberia convocar novas eleições presidenciais no prazo de 120 dias. Enquanto isso, se consolidaria o golpe do parlamentarismo. Eis o sonho tucano que agradaria à maioria do PMDB, que permaneceria governista como sempre.

É preciso ficar bem claro. Não adianta tirar Dilma e botar na absolutista Presidência qualquer um. Atenta contra o interesse e necessidade do povo brasileiro manter intacto o falido modelo atual - nada republicano. Nosso regime é essencialmente antidemocrático, com regramento excessivo e alto descumprimento das leis. Esta modelagem permissiva viabiliza o rigor seletivo e a "jagunçagem". As várias "gestapos" estatais são usadas política e economicamente para perseguir e detonar quem não for "aliado", "parceiro" ou "comparsa" dos poderosos de plantão.

O Brasil só tem jeito com uma profunda e inédita Intervenção Cívica Constitucional. Tal solução ainda não é consensual nem hegemônica na ignorante sociedade brasileira. A oligarquia não quer que nada mude profundamente. A elite moral ainda não tem musculatura para definir, claramente, o que deseja mudar. Estamos diante de uma confusão conceitual que nos transforma em "baratastontas". A maioria manifesta desejo de mudança. Mas não sabe e nem define o que, como e quando mudar.

O debate democrático (segurança do Direito) é tratado com cinismo pragmático. A radicalização - de quem defende e quem é contra o governo - alimenta o autoritarismo enraizado na nossa estrutura estatal. A maioria, de ambos os lados, prega soluções extremistas, violentas e intolerantes contra os que classifica de "inimigos". Curiosamente, assistimos a uma estranha combinação da beligerância política com um messianismo que foca no combate à corrupção, como se este fosse o problema mais grave e essencial do Brasil.

Não é. Fica tudo tranquilo e favorável para a corrupção; Afinal, ela é mera consequência da estrutura. A corrupção não é a causa. Mas sim o resultado "natural" de um modelo capimunista rentista. O Brasil tem um Estado que rouba recursos da sociedade, enquanto a maioria dos cidadãos sonha em fazer parte desta mesma estrutura estatal, beneficiando-se dela nos âmbitos federal, estadual e municipal. Assim, as mudanças não acontecem. Quem pode efetivamente promovê-la está "institucionalizado". Segue a lógica do modelo, rezando para que não ocorra uma exaustão. A reação à mudança parece "natural".

O gravíssimo momento brasileiro exige um debate sério, profundo e exaustivo sobre a Democracia. Temos de definir que modelo democrático desejamos para mudar a estrutura estatal que é Capimunista (combina capitalismo de Estado intervencionista, com alto custo da máquina, sugando cada vez mais recursos dos cidadãos e empresas, enquanto finge que distribui favores e benesses baseadas no mais canalha comunismo). Precisamos romper, urgentemente, com esta farsa estatal, se o Brasil quiser se transformar em uma Nação desenvolvida.

O lema estratégico justo e perfeito para os brasileiros é: "Quem não muda dança".
Mudar exige conceitos corretos, foco nas soluções e muita coragem de cada um comprometido com o livre, responsável e (muitas vezes cansativo) debate democrático.

Romper com o Capimunismo, superando-o, exige muito amor, fé e esperança em um Brasil melhor, efetivamente justo e desenvolvido.

Brinca não, Dilminha


Traição generalizada


Quem não muda dança!


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Março de 2016.

11 comentários:

Martim Berto Fuchs disse...

Artigo que sintetiza muito bem a situação brasileira. Mesmo que, como último recurso, tenha que ocorrer uma Intervenção Cívica Constitucional, é indispensável, antes, saber o que queremos para o futuro.
Outra solução, pelo que eu saiba nunca tentada, é greve geral por parte dos empresários. Seria menos traumática e contaria com a garantia das FFAA. Neste caso, o debate de um novo Contrato Social poderia se dar à partir daí, pois se os políticos não OBEDECESSEM, voltar-se-ia à greve geral.
É a ocasião de debater a validade de capitalismo de estado, uma solução socialista, copiada do regime comunista stalinista, e implantada no Brasil pelo ditador Getúlio Vargas. Essa atitude de Vargas apenas corrobora o que vemos até hoje: temos uma elite preguiçosa, que quer viver do trabalho alheio.
Piorou de vez ao entregarmos a chave do cofre aos lulopetistas, que além de inimigos do trabalho, são ignorantes.

http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2016/02/61-passos-para-implantacao-do-ante.html

J disse...

SERA VERDADE?

https://www.facebook.com/obrazildeforadobrasil/videos/1711205349149261/

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

DESEMBARCANDO DA NAU DOS LADRÕES & CORRUPTOS
Não lhes parece estranho que agora, de repente, um monte de políticos estejam desembarcando de allianças antigas com Lulla, com o PT? Como se fosse uma onda, tamanho o vulto e quantidade de políticos que até agora deram sustentação ao PT, à Lulla e Dillma Rousseff, agora desembarcam da nau maldita, e isso não cheira mal?
Até agora, seja Renan Calheiros, Fernando Henrique Cardoso & malta de cúmplices apoiaram Lulla, Dillma, o PT e de repente renegam o passado e alianças?
Sugiro que Fernando Henrique Cardoso seja o King Kong brasileiro, (holandês que durante a IIº Guerra Mundial traiu os aliados, levando ao fracasso da Operação Jardim, em decorrência morrendo em 9 dias mais de 17.000 soldados) e para demonstrar uma traição de FHC procederei como aquele interrogador holandês o fez para descobrir as mentiras de King Kong, ou seja, analisar as declarações.
Oras, Fernando Henrique Cardoso, como todos sabem, abandonou a nave dos ladrões e isso é evidente na reportagem que indico abaixo, mas será ele sincero no que afirma, devemos acreditar em suas palavras, em afirmativas de que é um "honesto", alguém que se sente horrorizado diante das circunstâncias? Portanto procedi a uma análise do discurso delle, e encontrei a pérola.......
......."Como o senhor interpreta as ruas?
As ruas pediram três coisas basicamente, eu não estou endossando: Dilma fora, Lula na cadeia e viva a Lava Jato"
.......
Ou seja, Fernando Henrique Cardoso não endossa o 'Dillma fora', nem 'Lulla na cadeia' e 'viva o Lava Jato', e tal afirmação delle, mais outras de outros políticos levam-me à certeza de que todos elles preferem o impeachment a uma intervenção que inevitavelmente desembocaria em uma nova eleição presidencial. Sugiro que todos elles temem uma nova eleição presidencial em seguida à queda de Dillma e prisão de Lulla.http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,dialogos-sao-coisa-de-chefe-de-bando,1845708

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

É ESSENCIAL PENSAR À FRENTE

Precisamos de um Líder que não busque violência, que seja um Pacificador como Rondon e Caxias o foram; precisamos de um Líder que Reunifique a Nação em torno do Brasil, não em torno de uma bandeira ideológica. É essencial que tal Líder seja mais um "costureiro" para costurar as partes esgarçadas do Brasil, do que um elemento vingativo e perseguidor.

Presenciamos o fim de uma era de crimes, corrupção, impunidade e injustiças que semeou a miséria em nossa Nação, além de semear a incompreensão e antagonismos quase que irreconciliáveis. Para aqueles que vivem boas vidas, viajam, têm casas confortáveis e ainda mais confortáveis casas de campo ou de praia, é quase impossível compreender a pressão que a miséria exerce nas vontades, também lhes é difícil compreender que partilhar o pão, não é dar uns nacos ou moedas, dizer améns, ou orar pelos necessitados.
Igualdade entre os Homens é uma utopia tão grande quanto o comunismo ou a democracia; é uma impossibilidade a igualdade social e econômica, que se fosse viável assim que atingida, a sociedade estagnaria e em pouco tempo pereceria.
Não há outro caminho para vivermos bem, confortáveis e em segurança a não ser que sejam propiciadas a todos as mesmas oportunidades para obterem a prosperidade e possibilidades para melhorarem a própria vida.
..." e entrei no mundo dos sem teto. Por muito que
quisesse avançar e fingir que já conhecia o ambiente e que tinha trabalho a fazer, não me
consegui mexer. Fiquei estupefato ao ver a quantidade de pobres enfiados na garagem. Uns
estavam deitados no chão, tentando dormir. Outros estavam sentados em grupos, falando em
voz baixa. Uns comiam em longas mesas e outros em cadeiras de lona. Todo o espaço ao longo
das paredes estava ocupado com gente sentada de costas voltadas para os aquecedores.
Crianças pequenas choravam e brincavam enquanto as mäes tentavam mantê-las juntas. Os
bêbados estavam deitados, rígidos, ressonando apesar do barulho.
Voluntários distribuíam cobertores e caminhavam no meio da multidão, oferecendo maçãs.....A sala estava quente, e a mistura dos cheiros, dos aromas e do calor do gás criava um odor
espesso que não era desagradável... - Isto está mesmo complicado. Tem aqui salame, e ali mostarda e maionese. Metade dos
sanduíches leva mostarda, a outra metade leva maionese, uma fatia de salame e duas fatias de
pão. Faça uma dúzia com manteiga de amendoim de vez em quando. Entendeu?
- Entendi.
- Você aprende depressa.
Deu uma palmada no ombro e desapareceu.
Fiz dez sanduíches depressa e considerei-me eficiente. Depois, abrandei o ritmo e comecei a
observar as pessoas que aguardavam na fila, de olhos baixos, mas sempre atentas à comida
que tinham à frente. Davam-Ihes um prato, uma tigela e uma colher de plástico e um
guardanapo. A medida que avançavam, enchiam-lhes a tigela de sopa, punham-lhes meio
sanduíche no prato e depois juntavam uma maçä e uns biscoitos. No fim, aguardava-os uma
xícara de suco de fruta.
Quase todos diziam um obrigado em surdina ao voluntário que Ihes entregava o suco, depois
afastavam-se segurando o prato e a tigela com cuidado. Até as crianças estavam caladas e
tinham cuidado com a comida.
A maioria parecia comer devagar, saboreando o calor e a comida na boca e o aroma no rosto.
Outros, comiam o mais depressa que podiam"
...
in O ADVOGADO John Grisham
https://pt.wikipedia.org/wiki/Lu%C3%ADs_Alves_de_Lima_e_Silva

Anônimo disse...

Por que não o senador maçom Alvaro Dias para presidente?

Anônimo disse...

Dilma fala em constituição brasileira..., mas a mesma esta sendo constantemente corrompida pelos pequenos municípios e do brasil afora, façam uma pesquisa de todos os processos em aberto por particulares de cobrança irregular e abusiva de iptu, obras e outros...as prefeituras são extremamente exigentes com notificações e datas de prazo a cumprir e não entrega documento com data de entrega de documentos ao contribuinte, agem de proposito para pagar mais taxas de cartório, isso tem que ser apurado e o contribuinte ressarcido no futuro!

Anônimo disse...

Povo na Rua 24 horas

Brasil esta nas trevas, Haja LUZ


Chico

Anônimo disse...

Marina Silva entregou a fraude das eleições 2014 e afirmou a seguinte frase: “Se as pessoas soubessem o que aconteceu nas eleições de 2014, ficariam enojados!”DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA!

O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e a VEJA e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.Fato comprovado: O PT COMPROU e VIOLOU as URNAS ELETRÔNICAS. Alguns ministros, Deputados do PT e a Presidenta Dilma foram avisados, às 08:00 do dia 04 de setembro(1 mês antes das eleições), em uma reunião de emergência envolvendo o Sr. José Inácio Lula da Silva (na única vez que o ex-Presidente compareceu a uma reunião no TSE), a Presidenta Dilma, o Ministro José Dias Tofolli, o Sr. José Maduro Presidente da Venezuela,

O Sr Gilberto Carvalho, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da OAS. Membros do staff da Presidenta e os e ministros permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito contrariado, o Ministro Tofolli se recusou a violar as urnas eletrônicas por um grande valor em dinheiro. A aceitação veio através do pagamento total de US$7.000.000,00 mais um bônus de US$4.000.000,00 para todos os integrantes da alta corte do TSE , num total de US$ 35.000.000,00 trinta e cinco milhões de dólares) através da empresa OAS. Além disso, cada um dos sete Ministros aceitaram um depósito mensal numa off shore nas Maldívias pelos próximos 4 anos nas mesmas. Mesmo assim, o Ministro Luiz Fux se recusou, o que obrigou Lula a afastá-lo e colocar o Ministro substituto Teori Zavascky em seu lugar, dizendo que Fux estava com problemas simples nas costas (em primeira notícia divulgada às 15:30 no centro de imprensa).A sua situação só foi resolvida após o representante da OAS ameaçar denunciar propina paga anos antes para o Ministro, no valor de US$ 30.000 e ainda lhe garantir um depósito vitalício , no valor de US$90.000.,00 (noventa mil dólares) ao longo da sua carreira.Assim, combinou-se que o Aécio seria derrotado durante a apuração das urnas do Nordeste, porém a apatia que se abateu sobre a militância psdbista ante os resultados das pesquisas do IBOPE (também compradas) fez com que Aécio perdesse também em Minas Gerais e em Pernambuco, sem que absolutamente nenhuma violação àquelas urnas fossem feitas.

O Sr. Fidel Castro, presidente de Cuba, aplaudiu a colaboração dos Ministros brasileiros, uma vez que a vitória de Dilma trouxe equilíbrio à América do Sul num momento de crise jamais registrada naquela região, com crescente xenofobia e o reaparecimento do neoliberalismo.Garantiu, também, a Lula, através de seu filho, Lulinha, que o seu pai teria seu caminho facilitado para ser Presidente em 2018.Passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda a política! Desde já, agradeço.
Um abraço!
Gunther Schweitzer. Central O Globo de Jornalismo.
Saiu agora! !!! REPASSANDO
Leitura imperdivel (Enviado por leitor do Pensa Brasil) inserido sem editar

Anônimo disse...

Grande Serrão, acompanho sempre seu site.Seus textos são brilhantes.Se posso sugerir um texto: Afinal,quem é Clara Ant?Saudações.

Jorge disse...

ESSA É MUITO ENGRAÇADA.
https://www.youtube.com/watch?v=QMy1sOe3bs8&feature=youtu.be

Jorge disse...

ESSA É MITO BOA.
https://www.youtube.com/watch?v=QMy1sOe3bs8&feature=youtu.be