quinta-feira, 17 de março de 2016

Revolução democrática nas ruas e celulares condena golpe de Lula e Dilma, desnudados pelos "grampos"


"A democracia numa sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras". (Sérgio Moro, juiz que virou herói nacional)

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A construção da Democracia brasileira está nas ruas e nas redes sociais. Ontem à noite, em várias cidades e capitais, houve uma imediata e espontânea reação popular ao ato golpista de nomeação do eterno Presidentro Lula para a Casa Covil (perdão, Civil) do desgoverno do Crime Organizado. Novos protestos devem acontecer hoje. A previsível reação (violenta) da petelândia, também. Dilma Rousseff assistirá a tudo como apavorada coadjuvante. O mercado financeiro já teme "as consequências imprevisíveis do caos político, com ingredientes suficientes para frear ainda mais o País".

O fato é: Ganhou fôlego a Revolução Brasileira, desde as gigantescas manifestações de rua do Domingão 13 de março. A Avenida Paulista amanheceu hoje parcialmente interditada. No prédio da Federação das Indústrias, no número 1313, está estampada a expressão: "Renúncia, já!". Ontem, faltou pouco para o Palácio do Planalto ser invadido pela massa revoltada. Refugiada no Palácio da Alvorada, a desarvorada Dilma Rousseff assistiu a tudo em mais uma reunião histérica para quem sobrevive em permanente estado de emergência política. Agora que o terceiro mandado ilegítimo de Lula começou mal, a tendência é que se acelere o fim já anunciado do fracassado segundo mandato da Dilma.

Luiz Inácio Lula da Silva deu o golpe. Sérgio Fernando Moro lavou a alma do Brasil com um contragolpe. Os dois movimentos, altamente polêmicos, trouxeram fatos objetivos provando que a Presidenta da República agiu para tentar evitar prisão do companheiro Lula. Também ficou comprovado, pelo vazamento (legal, porém polêmico) do teor de conversas telefônicas do investigado Lula que Dilma Rousseff teve participação pessoal e direta na tentativa canalha de obstrução da Justiça.

Os próximos atos de ilegalidade e desespero terão a presidência explícita de Lula. O Presidentro vai profissionalizar o aparelhamento do meio de campo do Palácio do Planalto. Não foi à toa que ele escalou Jaques Wagner, rebaixando-o para sua chefia de gabinete. O plano imediato da dupla é usar a máquina e seus recursos, sobretudo financeiros, para iniciar, descaradamente, a campanha presidencial de 2018. Tudo sob a esfarrapada desculpa de "defender o governo Dilma, livrando-a do risco do impeachment, viajando, sem parar, pelo Brasil. As verbas secretas da Presidência serão usadas e abusadas na "Operação Jararaca".

O mesmo plano de Lula e Wagner prevê uma ação pessoal de Lula para enquadrar, pessoalmente, políticos da base aliada que hoje pendem à infidelidade. A intenção de Lula é conversar com cada um. Depois do vazamento de interceptações telefônicas pela Polícia Federal, tudo será falado pessoalmente, com vistoria prévia no interlocutor, para garantir que não haverá gravações indiscretas. A única dificuldade para Lula é: qual político vai ter coragem de negociar com quem é diretamente investigado pela Força Tarefa da Lava Jato? Em tese, nenhum. No entanto, na prática, Lula sabe muito podre sobre quase todos, e vai usar suas informações privilegiadas como moeda de extorsão política.

Fora da esfera política, o principal alvo pessoal da vingança de Lula será o juiz Sérgio Moro. $talinácio, que já vinha xingando o magistrado a torto e à esquerda, pretende usar a máquina política para triturar seu "inimigo". O ódio se aplica aos demais integrantes da Força Tarefa da Lava Jato. O desgoverno só corre um altíssimo risco estratégico com a tática do enfrentamento ao tocador da Lava Jato na 13a Vara Federal em Curitiba. Como Moro já se transformou em herói no imaginário popular, combatê-lo frontalmente significa assumir o papel de "vilão" e "bandido".

Ou seja, gritar "Vitória na Guerra" não vai resolver e ainda pode agravar a insustentável situação do desgoverno. Ainda sem noção, o Palhaço do Planalto soltou uma nota para repudiar a divulgação de gravações que deixaram o desgoverno nu. Na versão oficial, houve uma "afronta a direitos e garantias da Presidência da República". De forma ameaçadora, a Presidência da República (Lula ou Dilma?) avisou que tomará as medidas cabíveis "para a reparação da flagrante violação da lei e da Constituição da República, cometida pelo juiz autor do vazamento".

O desgoverno aloprou porque Sérgio Moro, ao liberar a divulgação dos indiscretos diálogos de Lula, deixou implicitamente explícito que o Presidentro tentou, claramente, usar a máquina pública e seu poderio político na tentativa de obstrução da Justiça. Moro despachou: “Observo que, em alguns diálogos, fala-se, aparentemente, em tentar influenciar ou obter auxílio de autoridades do Ministério Público ou da Magistratura em favor do ex-presidente”. O que doeu mais na cúpula da petelândia foi outra frase de Moro que entrará para a História: "A democracia numa sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras".

O que deixou a turma de Dilma atordoada foi a divulgação da ligação de Dilma para Lula, à 13h 32min de quarta-feira (ontem, 16 de março):

Dilma: “Lula…”
Lula: Oi querida
Dilma: Chô te falar uma coisa.
Lula: Hãã…
Dilma: Eu tô mandando o ‘Messias’, junto com um papel, pra gente ter ele. E só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse.
Lula: Hã, hã…
Dilma: Tá?
Lula: Ah, tá bom, tá bom.
Dilma: Só isso, ele tá indo aí.
Lula: Tá bom, tô aqui, fico aguardando.
Dilma: Tchau.
Dilma: Tchau, querida.

Em outra ligação, desta ver de Lula para Dilma, o Presidentro já tinha esculachado todos os poderes republicanos - só faltando sacanear os militares, que permanecem quietinhos no quartel, observando a tudo atentamente. Lula avacalhou geral:
“Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada, nós temos um Superior Tribunal de Justiça totalmente acovardado, um Parlamento totalmente acovardado. Somente nos últimos tempos é que o PT e o PCdoB começaram a acordar e começaram a brigar. Nós temos um presidente da Câmara fodido, um presidente do Senado fodido. Não sei quantos parlamentares ameaçados. E fica todo mundo no compasso de que vai acontecer um milagre e vai todo mundo se salvar. Sinceramente, eu tô assustado com a República de Curitiba.”

Do jeito que a coisa vai, é bom todo mundo ficar assustado de verdade. A guerra do fim dos imundos, de todos contra todos, no Brasil está apenas começando seus capítulos de truculência leve. Breve, assistiremos ao aumento da estupidez explícita. Lula vai incitar a messiânica petelândia para o confronto direto. A maioria da população brasileira, sobretudo os jovens nas grandes cidades, impactados pela crise econômica, devem capitalizar grandes protestos espontâneos, agendados nas redes sociais.

Dilma logo vai sumir de vez, assim que Lula assumir de fato sua salinha no Palácio do Planalto. Turbinada pela massa que se comunica em tempo real com seus smartphones, via "zap-zap" e "feiceboqui", a Revolução Brasileira promete se acelerar. Tomara que sejam rapidamente geradas as pré-condições para uma ampla Intervenção Cívica Constitucional. Esta seria uma solução mais sólida e efetiva. Apenas tirar Dilma (e acertar a cabeça da Jararaca) não resolve.

O jogo é jogado - e muito bruto! Lula tem fé inabalável nele mesmo. Os segmentos esclarecidos do povo brasileiro precisam ter esta mesma disposição e foco. Do contrário, Lula vence por inércia, porque a corrupção é sistêmica e institucionalizada, servindo a um projeto de poder que tem aspectos que se complementam: o ideológico e a locupletação.

O País precisa de mudanças estruturais urgentes, com choque de Democracia. Qualquer golpe - incluindo o dado por Lula - deve ser repudiado. O Brasil necessita de Mudança com Democracia. A missão é complicada, mas não é impossível. Persistir é preciso!

Recado do STF

Se Lula escapa da temida "República de Curitiba", tem chances grandes de entrar pelo cano, depois das bobagens que falou ao celular, com o Supremo Tribunal Federal, sobretudo na próxima gestão, a partir de maio, da ministra Carmem Lúcia, tida como "durona".

Ontem, o ministro Gilmar Mendes já antecipou que a vida de Lula pode não ser fácil de agora em diante:

“Precisamos analisar. Já temos jurisprudência de que as renúncias de parlamentar para fugir ao foro seriam consideradas inválidas e precisamos fazer essa análise aqui. Se o tribunal em uma questão de ordem pudesse chegar à conclusão de que para esses fins [mudança de instância de investigação] a nomeação não é válida, mantém­-se o processo no âmbito do primeiro grau”.

“É um assunto digno de preocupação para o tribunal. Imagine que daqui a pouco a presidente da República decida nomear um desses empreiteiros presos lá em Curitiba como ministro dos Transportes ou da infraestrutura. Nós passamos a ter uma interferência muito grave no processo judicial. Precisamos meditar sobre isso”.

Tiro no pé da Dilma


Botando fogo


Quem não muda dança


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Março de 2016.

14 comentários:

Anônimo disse...

Quem sabe depois de tanta merda desse juiz mafioso ocorra a modificação na lei da magistratura e que se crie uma policia especializada para combater a máfia do judiciário...

Anônimo disse...

Enquanto isso nos municípios, os vereadores, prefeitos, promotores, juízes, continuam traficando, contrabandeando, bancando jogos ilegais, sabotando obras, jogando remédios, materiais escolares danificando equipamentos ou seja cumprindo as ordens da maçonaria para que tudo de errado...

Anônimo disse...

SOMOS A FAVOR DO TERRORISMO ORGANIZADO E ISSO DEVE SER ADMITIDO FRANCAMENTE - Stálin.
Nenhum governo comunista, caso do PT, tem qualquer projeto de governo, apenas projeto de poder e exercido de manutenção apenas dos da mafia.
A TOMADA DO PODER DEVE SER POR OBRA DA INSSURREIÇÃO, MAS AS METAS POLÍTICAS SE VÊEM DEPOIS DE ENTRADA NO PODER - Lênin.
Estão vendo: comunistas são uns aventureiros, oportunistas, sanguessugas, uma mafia organizada e Fidel Castro é o exemplo de um governo terrorista que usufrui dos bens e deixa o povo escravizado!
O PT quer fazer do Brasil e de seu povo como mercadoria do PT, de coleira no pescoço e fecho eclair na boca, mas o povo NÃO ACEITARÁ ou ficará calado!
Fora com essa peste chamada comunismo, PT, Lula-Dilma, a desgraça de uma nação!

Anônimo disse...

Disse mais uma vez o profeta e alma mais honesta do mundo: Nós temos uma Suprema Corte totalmente acovardada, nós temos uma Superior Tribunal de Justiça totalmente acovardado. E agora STF, STJ? Quem seriam os canalhas que não mandaram o oficio?
Esperamos que as FORÇAS ARMADAS ( o Brasil vai ferver brevemente),estejam atentas quando falaram em "mandar" a militância do PT para as ruas, sabemos como agem, vai ser literalmente briga de foice e facões agredindo a população, que não tem nada com a situação política e econômica que está o Brasil.
Ainda vão jogar muito merdelê no ventilador dos "santinhos".

Martim Berto Fuchs disse...

PEC-Proposta de Emenda à Constituição – FIM do Foro Privilegiado
Há muito que políticos bandidos se escondem atrás do Foro Privilegiado e com isso passam à ser julgados por aqueles que eles mesmo indicaram para Ministros (juízes) do STF.
É uma praxe antiga, que sempre serviu para blindar a bandidagem e mantê-los com a chave do cofre na mão.
Estou propondo pressionar o Congresso para editar uma PEC que acabe com essa excrescência.
Se o Lula pensa se esconder atrás das togas dos 8 Ministros do STF que ele e a Dilma nomearam - são 11 no total, vamos aproveitar a oportunidade que esta manobra nos dá e pedir o FIM desse privilégio obsceno e mandá-lo de volta para julgamento na 1ª instância, onde dificilmente escapará da condenação.
Chega de acobertar bandidos !!!
https://www.change.org/p/congresso-nacional-pec-para-tirar-foro-especial-de-ministros

Anônimo disse...

Nobre jornalista, isto é gravíssimo e parece que ninguém deu a devida atenção a esta declaração do ex presidente Lula a Vagner Freitas, presidente da CUT.

"E hoje eu disse para os SENADORES: Eu não quero incendiar o país! Eu sou a única pessoa que poderia incendiar esse país... E eu não quero fazer como NERO, sabe? Não quero! Sou um homem de paz, tenho família"...

Anônimo disse...

Depois desse papo entre Don Lulone, sua "laranja do sitio" e os xingamentos aos juízes, se nada acontecer contra eles, pode fechar o congresso e jogar a chave fora ou, transformar aquela bela construção em penitenciária chique.

Anônimo disse...

Bandidos no poder! isso é uma vergonha! E ela sempre fala dele como presidente nunca como ex-presidente! Em nenhum momento ela governou este país! Este nao é o terceiro mandato do Lula, mas sim o quarto mandato! Impeachment já e a condenação de todos os parasitas que estão ou estavam no poder (todos os partidos) por crime de lesar e de trair a patria!

WILTON disse...

"...só faltando sacanear os militares, que permanecem quietinhos no quartel, observando a tudo atentamente."

Ontem tentei postar comentário sobre o ENSURDECEDOR SILÊNCIO DOS MILITARES e me parece que foi censurado.
Por onde andam os Generais e Coronéis de Pijama que postavam ótimos textos no ALERTA...???

Anônimo disse...

Porra! Esse Lula tá pior que minha irmã. Só usa o celular dos outros?!
Na posse, Dilma mostrou um documento só com a assinatura dele como sendo o que ela enviou no dia anterior, então, o que ele assinou na cerimônia? Um atestado de burrice? Casou-se com a Dilma? Passou o triplex para ela? Assumiu a Presidência de novo? ou, deixou um outro número de telefone celular, que não deve ser dele?

Anônimo disse...

Serrão: Já tomei bastante espaço hoje do "Alerta". Mas essa não posso deixar escapar. A transcrição do díálogo telefônico entre Lula e Dilma mais representa que os dois já estão treinado para a "língua" oficial que se fala nas penitenciárias que abrigam os piores fascínoras. Esse tipo de "papo" e seu linguajar chulo se ouve frequentemente nas gravações que a polícia consegue fazer em relação aos criminosos. Eu só me pergunto para que serviu a alfabetização,se é que houve,da atual President"a" e do o ex-President"o". Mas também suscito a hipótese de que esse "treinamento" seja preparatório para a "revolução na educação" que eles querem fazer,e está em plena gestação,onde a língua portuguesa não terá mais nenhuma regra,e cada um falará e escreverá como bem entender,implantando-se,desse modo,a "democracia" na educação.Sérgio A.Oliveira.

solange disse...

Se o caos esta no governo federal .imagine no estadual e municipal

Anônimo disse...

O Brasil está lascado com esse povo que só alimentam o ódio nos brasileiros, e por sua vez, o povo ñ procuram as informações, ñ procuram ler mais, só querem saber de falar "Fora Dilma", se dizendo contra a corrupção. Como assim, contra? Porque os paulistanos ñ têem moral alguma pra falar de corrupção, se eles elegeram PAULO MALUF para Deputado Federal, faz-me rir, está mais que claro que essas manifestações ñ passa de um Golpe político e Judiciário.

Anônimo disse...

Estão satisfeitos, agora????