quarta-feira, 13 de abril de 2016

Beijinho, Beijinho, tchau, tchau, Dilma? Ou terá pau?


3a Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Até o final da tarde, faltavam apenas 18 votos para atingir os 342 capazes de impedir a Presidente da República. Do total de 513 votantes na casa, há 324 votos para condená-la e 124 para absolvê-la. Continuam decidindo a parada final de Dilma os votos de 31 indecisos e de 34 parlamentares que mantém um mistério e não revelam como votarão. A oposição contabiliza 349 votos detonadores. O desgoverno jura que tem 150 votos salvadores. O número é tão inconfiável quanto os resultados econômicos - até agora fatais para Dilma e mais desastrosos ainda para os brasileiros que pagam o pato e o mico.

No Senado, onde o processo de impedimento, em tese, teria de começar na segunda-feira, impondo 180 dias de afastamento para Dilma, o bicho também pega para a turma da Anta e da Jararaca. Pelo menos 42 dos 81 senadores se declaram favoráveis ao impedimento. Dez estão indecisos, 8 preferem nada responder, 4 nem aparecem para falar nada. Apenas 17 salvariam Dilma da condenação por crime de responsabilidade. São necessários pelo menos 54 votos para impedir a Presidente. A tendência é que Dilma não resista e renuncie no domingo ou na segunda-feira, se nenhum outro golpe for armado pela petelândia.

Dilma não tem sobrevida, mas o presidente do Senado, Renan Calheiros, pode prolongar sua agonia. O grupo de Michel Temer já admite a hipótese de que Renan tente adiar a decisão final dos senadores sobre o impeachment para o distante dia 15 de maio. Renan negocia, cuidadosamente, como pode usar o regimento para "procrastinar a admissibilidade do pedido de impeachment" que tende a ser aprovado pela Câmara dos Deputados no domingo, 17. Será que Renan vai impor ao Brasil mais um mês de indefinição? E vai matar o Temer de ansiedade?

A assessoria técnica do Senado prevê que, em caso de aprovação do pedido de autorização da abertura do impeachment pelos deputados no domingo (17), o Senado possa votar até 11 ou no máximo 15 de maio o pedido de instauração do processo, com o afastamento automático de Dilma. Para alegria dos petistas, o amigo Renan pretende utilizar todo o prazo regimental para a tramitação do Caso Dilma. O senador Eunício de Oliveira deve ser o indicado pelo PMDB para relatar o processo. Ainda nem está claro se Dilma fará a defesa pessoalmente (haja coragem), por escrito ou se mandará um representante (José Eduardo Cardozo, de novo?).

Já se tem um roteiro para a tramitação no Senado, que pode mudar conforme as conveniências de sempre. 1 - Recebimento pelo Senado do pedido da Câmara - 18 de abril (segunda-feira)2 - Leitura do pedido no plenário do Senado - 19 de abril (terça-feira)3 - Reunião da comissão especial - 20 de abril (quarta-feira)4 - Votação de parecer na comissão especial - 5 de maio (quinta-feira)5 - Votação do parecer da comissão especial em plenário - 10 e 11 de maio (terça ou quarta-feira)6 - Entrega pessoal para Dilma, pelo primeiro-secretário do Senado, do eventual pedido de afastamento da Presidente. 7 - Comissão acusadora se reúne para instruir processo (e não está definido quanto de prazo Dilma terá para defesa). 8 - Sentença de pronúncia - ato contínuo9 - Julgamento final do processo, em sessão do Senado, sob a presidência do presidente do Supremo Tribunal Federal. Dilma será condenada se houver ao menos 54 dos 81 votos dos senadores, a presidente será declarada condenada. Do contrário, será inocente.

Como hoje, 13 de abril, é Dia do Beijo, Dilma Rousseff já se considera, psicologicamente, em ritmo de "beijinho, beijinho, tchau, tchau". O lamentável é que quem continua no PTitanic - barco fantasma que mudará de nome - é o mesmo PMDB que desde 1985 participa de todos os desgovernos da tal "Nova República". Quem fica apenas reformará o navio, para não naufragar tão depressa quanto a incompetente e corrupta petelândia, sob comando do "capitão" Luiz Inácio Lula da Silva.

A tendência é que, até domingo, na votação do impeachment, ao ritmo de grandes massas nas ruas, o PT prove muito mais do gosto amargo da cínica trairagem, com pragmática adesão a Michel Temer - vice que assumirá a o trono presidencial do Palácio do Planalto assim que o Senado aceitar a admissibilidade do impedimento. Temer sabe que terá de rebolar para conquistar um mínimo da governabilidade, contando com aquilo que o PT sabe fazer de melhor: oposição mais escrota possível.

A grande pergunta que ainda fica: De que maneira o PT e seus aliados mais radicais do PC do B pretendem reagir ao que insistentemente chamam de "golpe" do impeachment? Agirão no mero esperneio ou vão partir para a truculência, apelando para a suicida violência dos pretensos movimentos sociais que escondem membros de facções criminosas? Teremos o começo de uma "guerra revolucionária" para Dilma não terminar "golpeada"?

O lamentável de tudo é ver Dilma, em entrevista coletiva dada hoje, jurar que dorme o sono dos justos, por volta das 22h 30min e ainda pedala 50 minutos ou mais por dia, bem cedinho, no entorno do Palácio da Alvorada - onde ainda poderá morar até que o Senado tome a decisão final de afastá-la ou não da Presidência prestes a cair no colo do desafeto Michel Temer, em conluio com o outro super-inimigo Eduardo Cunha.

Pior que isso: só ouvir o deputado Leonardo Picciani reclamar que foi traído pelo pai Jorge Picciani - que botou um pé no PTitanic e outro na canoa furada de Temer...

Releia a primeira edição: Com alto risco de impedimento, petelândia reagirá com ou sem violência ao que Dilma chama de "golpe"?


Dia do Beijo para a peteldândia


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 13 de Abril de 2016.

6 comentários:

Anônimo disse...

SERRÃO BEIJA MINHA BUNDA, LAMBE MEU CÚ, CHUPA MEU PAU MAS PARE DE CENSURAR MEUS COMENTARIOS, PQP...

Anônimo disse...

Nem o comunismo na Europa se sustentou e nem o comunismo/socialista/democrático do PT, coisa que não existe, suportou tanta mentira. Segunda feira veremos qual a nova versão dos que defendem esse governo vão inventar e ver o bando fugindo para outros partidos.

Anônimo disse...

EDUCATIVOS.

Anônimo disse...

A PUTA TREPA COM O PRIMEIRO QUE CHEGAR O DEPUTADO VOTA NO PRIMEIRO QUE PAGA, O CUNHA PAGA PRA BODAIADA O LULA PAGA PRA VIADAIADA, O RENAN VAI PAGA A FESTA PRA QUEM PAGA MAIS OU SEJA COMO NOS OUTROS GOVERNOS QUEM PAGA É NÓIS... FOI ASSIM QUANDO SAIU OS MERDAS QUANDO SAIU OE BOSTAS, QUANDO SAIU OS CORNOS, AGORA NÃO SERIA DIFERENTE, POIS TODOS ESSES VERMES SÃO CRIA DO JUDICIARIO COM A MAÇONARIA TUDO A MESMA MERDA...

Loumari disse...

Senhor Serrão, diga-nos: é com gente como este no anônimo de 6:43 PM que se vai construir o novo Brasil? Bonne Chance.

Anônimo disse...

RENUNCIE, DILME!
EVITE PASSAR VEXAME, POIS SERÁ MARRETADA NAS RUAS POR MUITOS MILHÕES DE BRASILEIROS QUE NÃO SÃO MORTADELAS, COMO OS SEUS "APOIADORES" - CV, PCC, TRAFICANTES, SENDO UNS BANDOS DE AVES-DE-RAPINA!
Será tocada do poder junto com os larapios de seu partido de MAFIOSOS por muitos milhões de brasileiros, como um cão sarnento!
Essa do larapio Lula tentar comprar parlamentares que sempre detestaram mostra mais claramente o que nunca tiveram OU TERÃO: caráter!
bANDO DE OPORTUNISTAS!