quarta-feira, 20 de abril de 2016

Carta ao Senado Federal


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

Senhores Senadores da República, eu lhes escrevo num português que não usaria com qualquer deputado federal. Eu o faço depois do espetáculo patético protagonizado por aquela Câmara no último domingo.

Nós vimos palhaços, goleiros de times de futebol e participantes do Big Brother Brasil levarem a imagem da nação brasileira ao que de mais baixo se pode imaginar na politica. Vimos cusparadas e homenagens a assassinos como Lamarca, Marighella, e Che Guevara num show de hipocrisia onde a palavra “Deus” era invocada por comunistas e onde o conceito de “família” foi lembrado por abortistas fanáticos na histeria falsa do “escândalo” do nome de Ustra. Nós testemunhamos a vergonha de uma geração em que toda participação política viu-se representada naquilo que Hannah Arendt tão bem definiu como sendo a “ralé da sociedade”.

Digo aos senhores que não sou filiado a partido político algum, que jamais fui – e jamais pretendo ser – candidato à coisa nenhuma, que minha profissão foi destruída, meu país paralisado e minha esperança abalada até o ponto de crer impossível ser que algo melhore; apenas que algo “pare de piorar”. Meu objetivo nestas linhas nada mais é do que rogar por celeridade, por pressa (se os senhores assim quiserem definir) nas decisões que podem fazer com que a roda da história volte a girar no Brasil.

O país encontra-se num vácuo, numa parada total de sua máquina administrativa, de decisões e de atos do executivo. Isso não pode continuar assim para que justificados sejam os prazos constitucionais naquilo que é uma espécie de “coma”, uma espécie de morte da vida política de uma nação.

Criada em 1824, a casa que hoje os senhores ocupam, e que foi espaço de Ruy Barbosa, não pode omitir-se no país de Rui Falcão ! Ser senador é trilhar o caminho mais curto que existe entre a Política e a Filosofia – forma suprema do conhecimento que nos aponta, desde Platão e Aristóteles, desde Sêneca e de Cícero, a melhor forma de se organizar e governar uma sociedade.

Não façam o povo esperar ! Não nos façam descer mais ! Votem o mais rápido possível o relatório que pode afastar do Governo a legião de criminosos que tomou conta do Brasil !


Milton Simon Pires é Médico.

Um comentário:

Anônimo disse...

Um alerta aos menos desavisados: Não tem mais terreno na Lua, o PT já vendeu todos. Próximo projeto de vendas será em Marte.Aguardem até segunda feira, conforme andamento das sessões do Senado.