segunda-feira, 11 de abril de 2016

Dever Constitucional do Judiciário


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antonio Paulo Neto

Os três poderes da república são constituídos pelo Legislativo, Executivo e Judiciário, todos sob a regência da Constituição Federal. A Constituição dentre as suas clausulas, há diversas que podem ser interpretadas sistematicamente para proibir corruptos de integrarem esses poderes.

Como é do amplo conhecimento da nação, informada diariamente por uma imprensa livre e soberana - em todas mídias disponíveis que a tecnologia nos proporciona - a operação lava jato constatou o que o Brasil há muito já suspeitava: o Executivo e o Legislativo estão impregnados de corruptos, que usurparam a democracia e a transformaram em Cleptocracia.

Como dever constitucional o Judiciário deve expurgá-los do poder julgando e prendendo os culpados, como estamos assistindo fazer o juiz Sérgio Moro na esfera da lava jato sob sua competência.

Vamos todos apelar a penúltima trincheira da sociedade e exigir que o Supremo Tribunal Federal cumpra as suas funções constitucionais, investigando, processando e aplicando - com agilidade e o rigor que os fatos exigem, nas causas penais sob sua competência - as penas àqueles que praticaram os mais abjetos crimes de corrupção que a nação já tomou conhecimento, e assim expurgue esses corruptos dos poderes, se isto não ocorrer, só nos resta recorrer a última trincheira da sociedade, as Forças Armadas, para apeá-los do poder e devolver ao povo a democracia usurpada!!!


Antonio Paulo Neto é Engenheiro Eletricista pela Universidade Federal de Brasília.

Nenhum comentário: