terça-feira, 5 de abril de 2016

"Não vai ter renúncia"


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

A Presidente Dilma afirma recorrentemente que jamais renunciará. 
Estamos diante de uma dirigente que age em causa própria, posto que insensível ás agruras, resultantes dos desmandos de seu próprio governo, pelas quais o país passa, com uma economia em estado cataléptico, uma crise política sem solução.

Isso que torna a governabilidade quase impossível, uma suprema Corte incapaz de inspirar a necessária confiança à população e uma perigosa polarização, cada vez mais acirrada, dos vários segmentos da sociedade que ultimamente vem até sendo estimulada pela própria chefe de estado em eventos abrigados por estruturas públicas, estrategicamente programados, com a participação de movimentos alinhados com o Planalto. 

Procede como se o restante do povo constituísse, segundo ministro de época passada, também nefasta, "um pequeno detalhe". A diferença é que a crise motivadora naquela situação, de magnitude menor que a atual, levou o então presidente, talvez impulsionado pelo pouco espírito público que ainda lhe restava, à renúncia. 

Com a bandeira atual, que pode caracterizada pelo mote "não vai ter renúncia", a decantada luz no fim do túnel é, na verdade, um sol cegante que certamente descarrilará o trem.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

2 comentários:

Anônimo disse...

Não acredito que essa princesinha seja quem estou pensando. Ela não afirmou que o defeito em sua arcada dentária é consequência das "porradas" que levou da "dita-mole"?

Anônimo disse...

Acredita quem quiser! Era essa a META?