terça-feira, 19 de abril de 2016

Pau de Sebo & Pau de Selfie


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A Anta escorregou do pau de sebo.

O nosso Leônidas, com seus trezentos e tantos, dispersou os persas e manobras adversas dos que tiravam selfies com o molusco Xerxes.

Os votos que dariam pra Dario, foram queimados na olímpica tocha, ora mal sustentada por um bovino broxa.

Os que mentiam: “golpe” verão que o castigo virá a galope.

Enquanto isso, dona Onça passeou tanques de jamanta pra dissuadir a Anta.

Veremos a seguir quantos Incitatus hão de vir escoicear no povo, antes de virar mortadela, no frigorífico livre do Boi ou no dela.

“Quadrupedante putrem sonitu quatit ungula campum”

“Sed fugit interea, fugit irreparabile tempus”

Um pouco de Virgílio em honra ao bigorrilho.

“Não sei se nado ou se bóio ?”

Com ou sem bóia, pra guentar a Anta nóia, só mesmo a cavalo, de corrida ou de Tróia.

“Arma virumque cano... “ o Boi já entrou pelo cano.

Um agradecimento aos leitores

Muito obrigado por seus comentários.
Uma leitora de brilhante cultura, penso, com raízes lusitanas e vivência em África, parece estar enganada em sua avaliação sobre o povo brasileiro.

Não somos filhos de Satanás. Estamos ainda em busca de um denominador comum.

Cadinho de raças, crenças e valores, buscamos uma identidade.
Até agora, podemos afirmar que a característica principal do brasileiro é a alegria.

Terra em que se plantando dá; em não se plantando dão.

Não temos vulcões, terremotos, tsunamis, invernos com neve.

Não sofremos invasões nem cativeiro pelo estrangeiro.

Não há fome; temos a banana e diversos outros frutos pendentes.

Quase todos nada possuem e só se comovem com seus desastres pessoais e os de terceiros.

Há, sim, um sentimento, talvez inconsciente, de gratidão a Deus.
Deus é brasileiro ou naturalizou-se ainda em tenra idade.

A corrupção é fruto do mal exemplo dos (des)governantes.

Os verdadeiros abutres, que vivem na pérfida Albion, querem nos manter em eterno subdesenvolvimento.

Reserva de caça para seus inconfessáveis propósitos.

Em 1648 a Onça expulsou fisicamente os invasores.

Agora, neutralizará os corruptores da classe política.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

Irmão Mantiqueira, com todo o respeito que lhe devo, A FILHA DE SIÃO, nunca se engana. Sois vós que estais tão cegos que não vedes que já o que está a ocorrer hoje no Brasil é o fim da independência da vossa nação. O que se anuncia é o principio do vosso fim. Não há nada que eu adiante que não ocorra. A quebra do Brasil é iminente.
Professor Satanás vai realizar uma obra divinamente fabulosa no Brasil.
Vos adverti.

Anônimo disse...

Corrija por favor: mau exemplo X bom exemplo e mal exemplo x bem exemplo?

Anônimo disse...

O povo brasileiro tem uma identidade multifacetada que desnorteia os que querem tiraniza.lo .