quinta-feira, 7 de abril de 2016

Por que a Verdade escandaliza?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Há algum tempo, um primeiro ministro italiano disse que sua colega alemã era “uma bunduda incomível”.

Meses atrás, um ex-presidente da república chamou uma alta autoridade de FDP. Não houve reação. Quem cala consente?

O prefeito de uma grande cidade disse que um município vizinho “é uma merda”.

Um semi-deus, disse que não ia “fulanizar” mas bastava ver a foto dos desembarcantes para se perguntar “É essa a opção?”.

Outro ex-presidente foi gravado dizendo para a justiça enfiar o processo no receptáculo de clister.

A anta mandou ao molusco um papel “fake” para ser usado em caso de necessidade. Diarréia por paura bruta.

Quando houver derramamento de sangue que seja no objeto que um príncipe europeu disse que gostaria de ser; no melhor lugar, no pior momento.

Quando puserem o boi no gancho, virará bife ancho.

Não servirão seus chifres nem pra berrantes; na história deste país nunca dantes.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

Da para tirar o stress.


> E o puto se ferrou...
>
> Joãozinho
> Arthur e Joãozinho estavam numa
> entrevista de trabalho.
> Arthur foi o primeiro a entrar
> para ser entrevistado.
> Entrevistador: Quem foi o homem
> que implementou o Nazismo?
> Arthur: Adolf Hitler.
> Entrevistador: Muito bem, E em
> que ano é que começou a
> segunda guerra Mundial?
> Arthur: 1939.
> Entrevistador: Muito bem, e é
> verdade que o Vírus do Sida já
> tem cura?
> Arthur: Sim, mas não foi provado
> cientificamente.
> Entrevistador: Boa forma de
> responder as perguntas, por favor
> espere ai fora mais tarde te
> chamaremos.
> Quando o Arthur foi pra fora
> Joãozinho lhe pergunta:
> - Quais são as perguntas e por
> favor me diz as respostas.
> Quando o Arthur tentou dizer as
> perguntas e respostas para o
> Joãozinho, o entrevistador gritou
> PRÓXIMO!
> Joãozinho: Ok, me diz apenas as
> respostas.
> Arthur:
> - Número 1 é Adolf Hitler.
> - Número 2 é em 1939.
> - Número 3 é Sim, mas não foi
> aprovado cientificamente.
> Joãozinho foi para a entrevista
> depois lhe disseram para sentar.
> Entrevistador: Por favor senhor,
> qual é o teu nome?
> Joãozinho: Adolf Hitler.
> Entrevistador: (Ficou confuso) em
> que ano é que nasceste?
> Joãozinho: Em 1939.
> Entrevistador: (Nervoso, gritou
> para o Joãozinho) Você é louco?
> Joãozinho: Sim, mas não foi provado cientificamente.

Anônimo disse...

Senhor Carlos Maurício.
A foto que ilustra seu texto mostra, de forma bem apropriada, o tamanho da jeba que será introduzida no "receptáculo de clister" daquela mulherzinha de Brasília.
Sem dúvida, é dose para "proboscídea"!!!
======================================
Seus trocadalhos continuam impagáveis! (aceita vale-transporte?)

Anônimo disse...

Em uma Cidade do interior do nordeste,onde a família recebe a "fabulosa" quantia do Bolsa Família, um menino depois de uma cansativa caminhada, chega da escola faminto e pergunta à sua mãe:
— Mamãe, o que vamos comer?
— Nada, filhinho.
O menino vê o papagaio da casa e diz:
— Nem papagaio com arroz?
— Não temos arroz, filhinho.
— E papagaio assado?
— Não temos gás.
— Assa na churrasqueira elétrica!
— Não temos eletricidade,tá impossível de pagar, filho.
— Que tal papagaio frito?
— Não temos óleo e o gás está no fim, querido.
Grita o papagaio:
— VIVA DILMA!!! NÃO VAI TER GOLPE!!!