segunda-feira, 23 de maio de 2016

Defecou no Tênis?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Os amáveis leitores haverão de compreender as imperdíveis oportunidades de utilização humorística dos movimentos erráticos ou estáticos do novo gerente interino da padaria.

Não há nada a temer. Até se apossar definitivamente do caixa, a flor de maracujá fará o necessário para não por em risco o seu plano de ação.

Tomara não tome no resto do recuo já!

Dada a necessidade de quadruplicar a meta, fará tudo o que os quadrúpedes exigirem.

Em atenção aos porcos, não venderá mais linguiça. Proporá até a criação de novo feriado: Porcus Tristes.

O cão sarnento pode rosnar à vontade.
O efegagácê pode ameaçar tirar o time se for contrariado.

O nosso herói sabe negociar. Chamou um filhote de onça para cuidar de sua segurança. Instinto natural de sobrevivência; ledo. Afinal, quem tem, tem medo; desde os tempos de Figueiredo.

A baleia, por ora, não conseguiu se livrar da craca de Iracema, nem desocupar o palácio de Ipanema sem capa preta até agora. Por ora, isto fica pra depois, quando já soubermos os nomes dos bois.

Esperemos más notícias broxantes. Mas o país jamais será como antes.

Entre atônitos e afônicos estarão os antigos cômicos do circo nacional.

O povo acordou e pouco tempo dou pra fuga da macacada, da sucuritiba enfezada.

Se ela defecar, nenhum rato vai sobrar.

Aqui D'El Rey!

Após Minc é Minchia?

Os amáveis leitores mais pudicos que me perdoem o alongamento.

Não podia perder a piada pra quem sabe um pouco de italiano (siciliano).

Após o o fim do ministério sem mistério (aparelhado por mequetrefes de terceira classe) haveria mais recursos para a Saúde, por exemplo.

Alguns beócios, analfabetos funcionais dizem:

“Mim chia até a recriação do MinC.
Deveriam viajar à Lisboa e fazer um protesto no Chiado!
A bancada da chupeta lá está e poderia o coro aumentar.
Melhor o secretário (ou secretino?) que falou “Eu ouvo!”.


Viajou na maionese entre o barbarismo e a catacrese.

Se algum dia for o ministério recriado, que o seja da “Ltura”. A primeira parte foi introduzida no guardador de processos de ex-mandatário (ou desmandatário) chucro e malcriado.

Por fim, boicotemos os bois que temos.

A vaca vai pro brejo. Ou já foi...

Este papo tá ficando qualquer coisa...


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...

Minchia senza capocchia.

Anônimo disse...

Quanto mais merd** o PT fizer, pior para eles mesmos. Vão se enterrar para sempre.Já deu!