quarta-feira, 11 de maio de 2016

Gemini da Petrobras com White Martins deve levar Dilma, “a honesta em queda", para a Lava Jato


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Dia D (de derrota) para Dilma. A previsão é que admissibilidade do impeachment de Dilma Rousseff passe por um mínimo de 54 e um máximo de 56 votos. Os governistas asseguram ter 22 votos - insuficientes para salvar a Presidenta do afastamento. No julgamento final, daqui a alguns meses, serão necessários 54 votos para cassação definitiva do mandato. Assim que Michel Temer assumir a Presidência, tende a crescer a adesão contra Dilma.

Em queda programada e partindo para um ridículo "desgoverno paralelo", viajando pelo Brasil e pelo exterior, Dilma tem tudo para virar alvo da Lava Jato, junta e misturada com o companheiro Lula. Sem o cargo, também pode se tornar ré na ação movida por investidores contra a Petrobras nos EUA. A valentia verbal dela não combina com seu real estágio psicológico de ódio e desespero. Embora se sinta traída, Dilma sofre porque não tem condições de vingança.

O Alerta Total já antecipou como Dilma pode se ferrar muito além do mero "golpe do impeachment". Na matéria da última segunda feira (09), “Gleisi está indo, Humberto Costa aguarda a vez, Lula e Dilma também são cotados para entrar na Lava Jato”, o Alerta Total publicou que – diante do fato de ter o seu envolvimento com o senador Humberto Costa (PT-PE) sido citada pelos delatores premiados Paulo Roberto Costa e Delcídio Amaral – a White Martins dificilmente deixará de ser investigada pela força tarefa da Lava Jato.

É interessante notar que, ao rebater as acusações de Delcídio, o líder do Governo no Senado baseou sua argumentação exatamente no fato de a White Martins ainda não estar sendo investigada pela Lava Jato. Foram as seguintes as palavras de Humberto Costa:“Ela, aliás, sequer está entre as investigadas pela Operação Lava Jato”.

O Alerta Total publicou, também, na referida matéria que a acusação de distribuição de propinas a agentes públicos pela White Martins para obter vantagens comerciais em desfavor da Petrobras inevitavelmente passa pela Gemini – espúria sociedade entre a Petrobras (40%) e a White Martins (60%), arquitetada no período em que Dilma Roussef acumulava os cargos de Ministra de Minas e Energia e presidente do Conselho de Administração da Petrobras.

Conforme os leitores do Alerta Total acompanharam, desde que foi anunciada a constituição de citada sociedade, no início de 2004, ela tem sido alvo das mais diversas acusações, e, inclusive, deu origem a duas séries de categóricas matérias:“Dossiê Gemini” e “Geminigate”.

Destaque especial sobre as acusações de corrupção na Gemini deve ser dado às diversas matérias publicadas no próprio jornal do sindicato dos trabalhadores na indústria de petróleo. O Sindipetro acusou explicitamente a prática de corrupção na Petrobras no “caso Gemini”, publicando em seu jornal matérias nas quais, além do texto, as charges eram chocantes. Numa das matérias, uma charge mostra um homem com uma mala recheada de dinheiro na qual se encontra gravado o nome da White Martins.

Lamentavelmente, a sabida Dilma, então presidente do Conselho de Administração da Petrobras, só faltou jurar que não sabia que mala de dinheiro significava corrupção. E deu no que deu. Na presente postagem, será destacado apenas um dos aspectos altamente lesivos à Petrobras, o Acordo de Quotistas da Gemini, firmado em 29 de janeiro de 2004.

Trata-se de gás na cueca - ou na calcinha. Simplesmente, entregaram o cartório nacional de produção e comercialização de Gás Natural Liquefeito (GNL) à White Martins, e não se preocuparam nem mesmo em esconder a prova documental do crime, deixando-a registrada em tal Acordo.

Pior: o Acordo em questão deixou, para sempre, a Petrobras refém da sócia majoritária da Gemini, que poderá, inclusive, superfaturar contra a empresa a seu bel-prazer. O direito de a White Martins superfaturar contra a Petrobras está didaticamente explicado em diversas matérias publicadas pelo Alerta Total.

Pior ainda: o Acordo foi firmado em 29 de janeiro de 2004, enquanto a Gemini teve seu ato de constituição registrado na Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro em 12 de julho de 2004. Essas datas, assim como a data de aprovação da participação da Petrobras na sociedade merecem uma atenção especial.

Diferentemente do caso da compra da refinaria de Pasadena, Dilma, “a honesta”, não poderá alegar que não havia sido alertada para a rapinagem consentida no caso Gemini. Diversas cartas formalmente protocoladas para Madame se encontram em poder do Alerta Total e da própria Força Tarefa da Lava Jato.

Além dos diversos outros aspectos lesivos à Petrobras, um assume especial importância para a Lava Jato: o subfaturamento de matéria prima, praticado pela Petrobras para empresa da qual ela é sócia. Relativamente a tal tipo de crime, na sentença em que condenou Marcelo Odebrecht a 19 anos e 4 meses de prisão, o Juiz Sérgio Moro considerou relevante para a dosimetria da pena o fato de a Braskem (sociedade da Odebrecht com a Petrobras)  ter sido beneficiada pela compra da matéria prima nafta da sócia Petrobras a preços subfaturados.

Acontece que a mesma prática tem sido adotada com a Gemini. Está comprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que a matéria prima Gás Natural usada na produção do Gás Natural Liquefeito pela Gemini também é subfaturada.Tal fato causa inestimáveis prejuízos à Petrobras, à livre concorrência de mercado e às cidades que ficam privadas de se beneficiarem da expansão da oferta de Gás Natural canalizado.

Este será nosso próximo assunto no lodaçal que é a sociedade parida na área que agora quase ex-Presidenta Dilma dominava com mão-de-ferro. O tema fica para depois porque neste 11 de maio o Brasil estará focado no impedimento da Dilma.

Programação da queda programada

O Brasileiro vai ficar hoje na frente da televisão (convencional ou via celular) e atento às dedadas nas redes sociais.

O Senado começa às 9h da manhã a longa sessão que cuidará do afastamento de Dilma.

A intenção é que a votação em plenário seja concluída antes das 22 desta quarta-feira, mas os tradicionais atrasos devem fazer os trabalhos vararem a quinta-feira.

Se isso ocorrer, Dilma será oficialmente notificada da decisão que admite o processo de impeachment e deverá se afastar, amanhã mesmo ou, no máximo, na sexta-feira 13 - a não ser que o Supremo Tribunal Federal produza alguma (improvável) surpresa favorável aos petistas.

Pouca chance

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), menosprezou a tentativa do governo de tentar anular o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff por vias judiciais:

"Ah, eles podem ir para o céu, o Papa ou o diabo!".

O ministro Teoro Zavascki é quem analisa o mandado de segurança impetrado pelo Advogado Geral de Dilma, José Eduardo Cardozo, para prolongar o drama da Presidenta Incompetenta.

Velho novo desgoverno


Buraco é muito mais embaixo


Releia a terceira edição de ontem: Cassação de Delcídio joga Lula no colo de Moro

Tem dono?


Angu com cachaça


Doideira pura


Camarada Maranhão?


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 11 de Maio de 2016.

10 comentários:

Anônimo disse...

QUE VERGONHA, CNBB + SEITAS!
A CNBB talvez seria das instituições que mais colaboraram para entrada e manutenção dos chantagistas do PT no poder e levado sofrimento aos mais pobres!.
Primeiro, por apoio TAMBÉM à esquerdista TL, levando-se em consideração que o PT nasceu em suas CEBs, que sempre agem como esquerdistas, ligadas a "movimentos sociais" que são as milicias comunistas!.
Segundo, devido ao apoio a socialistas desde sua gênese, inclusive contra o afastamento da vermelha Dilma.
Terceiro, por não ter combatido um partido comunista e sua ideologia nefasta QUE SEMPRE PERSEGUIU A IGREJA CATÓLICA E A AVILTOU DE TODAS AS MANEIRAS POSSÍVEIS e AJUDA A RELATIVIZAR A SOCIEDADE - enquanto eles permaneciam silentes, quer dizer, de acordo com a situação!
E ficavam naquele papo furado de DIÁLOGO quando o PT estava em apuros - mais se parecendo amigos que opositores de 2 doutrinas completamente antagonistas!
Não sei se comunistas dialogam com alguém ou têm algum interesse em manter verdadeira amizade com quer que seja!
Ao contrario, os comunistas são satanistas, truculentos, indomaveis e desrespeitadores de quem quer que seja, inclusive das leis e do povo, bastando ver o que fez o PT até hoje, uns PATIFES, ESTÚPIDOS E GOLPISTAS AO EXTREMO!
Varias eitas protestantes famosas estão nesse rol, como a IURD ex da base do PT, IMPD, RRSoares e mais pro comunistas - que "evangélicos", hem?

Rogerounielo disse...

Petista Letícia Sabatella vai até Roma denunciar suposto golpe de estado e é surpreendida

Papa "Francisco se expressou no dia seguinte através de sua assessoria:

” Muito me entristece que um país como o Brasil possa estar passando por momentos difíceis. Minha ação será rezar muito pelo povo, que é o maior prejudicado entre as disputas políticas.Tenho acompanhado a situação do Brasil através dos noticiários mundiais e tenho plena confiança nas instituições brasileiras como o Ministério Público, a Polícia Federal e o poder judiciário."

Fonte - Link http://www.diariodobrasil.org/petista-leticia-sabatella-vai-ate-roma-denunciar-suposto-golpe-de-estado-e-e-surpreendida/

Fim

Anônimo disse...

Não podemos nos esquecer que a Teologia da Libertação nasceu nos porões do Kremlin.
Portanto, nada surpreendente o conluio Igreja Católica e a organização criminosa petista.

Anônimo disse...

Nobre jornalista, a bebida (cachaça)oficial do Maranhão é a famosa TIQUIRA, bebida ligeiramente azulada, feita com raiz de mandioca "braba", não é a macaxeira que se come cozida, que depois de ingerida e ter contato com agua o bebedor fica logo embriagado, talvez alguém tenha ingerido tal bebida e ficado meio "queimado".
Vem aí o restante de merdelê do Delcídio, agora vem a vingança finaaaaaal.

Anônimo disse...

Recorra ao Papa Negro, ele que manda na Igreja Catolica Bostolica Romana


Chico Trevas

Anônimo disse...

NENHUM PAÍS COMUNISTA ATÉ HOJE PROGREDIU - a não ser no atraso!
A China depois de décadas só afundando, apenas após adotar o CAPITALISMO DE MERCADO saiu da lama, sendo hoje tão capitalista como qualquer país ocidental que não seja comunista, mas mantém o regime comunista só para manter escrava sua população para servir os deuses do partido comunista chinês.
Na África, temos: Angola, Moçambique, Benin, República "Democrática" do Congo, Etiópia, Somália com suas frágeis economias arrasadas após longos regimes comunistas; continuam na miséria e nunca mais prosperaram; nem voltaram aos niveis anteriores à introdução do depravado comunismo - e recentemente a favela Venezuela!
No entanto, seus ex governantes se tornaram ricos, e esses povos inseridos no "IGUALITARISMO DA MISERIA", mesmo a Coreia do Norte, Bangladesh; mesmo outros que adotaram em parte, como Libia, Iêmen etc., todos phudidos!
Comunismo só é ótimo para os donos da máfia, do poder; o resto, lacaios puxando a carruagem deles, burros de carga, presos dentro do país, ou então alugados a outros, vigiados, gado marcado, caso médicos(?) cubanos alugados ao PT!
No Brasil, confiram como os graúdos do PT e seus associados como estão "iguais na pobreza", não é?...

Loumari disse...

O segredo para se entender a China é que o país não é apenas mais uma economia emergente que vivenciou um forte crescimento e que, agora, está momentaneamente se esforçando para conter seus excessos. Também não se trata de mais uma economia que incorreu em uma farra de investimentos errôneos em ativos fixos, como imóveis, e que agora quer fazer uma transição para algum tipo mais "normal" de economia, como uma baseada no consumo. Não.

A China é uma grotesca aberração econômica, cujo modelo econômico simplesmente não tem semelhança a nenhum outro modelo econômico já adotado por algum outro país em algum momento da história — nem mesmo ao modelo mercantilista de estímulo às exportações originalmente criado pelo Japão, e que já se comprovou insustentável.
O governo chinês está nas mãos de um grupo de velhos comunistas que foram criados sob o regime de Mao. Eles acreditam em planejamento central, ainda que de uma maneira mais diluída. Eles enviaram seus jovens mais inteligentes para estudar economia nas universidades americanas. Esses jovens retornaram para a China keynesianos.

A economia chinesa é hoje uma mistura maluca de empreendedorismo de livre mercado, de investimentos subsidiados e dirigidos pelo Banco Central, de mercantilismo keynesiano, e de planejamento central comunista. Trata-se de um acidente monumental que está na iminência de acontecer.

A China é uma nação que, em decorrência de uma monumental bolha de crédito, incorreu em uma insana mania especulativa direcionada majoritariamente para a construção civil. As implicações desse endividamento (todo crédito é um endividamento) e dessa especulação imobiliária estão sendo resolutamente ignoradas por analistas que ainda estão iludidos pela noção de que a China criou um modelo econômico singular chamado "capitalismo vermelho".

Quando a dívida total (pública e privada) de um país explode de US$1 trilhão para US$25 trilhões em apenas 14 anos, isso não é capitalismo, nem mesmo vermelho. Trata-se de insanidade monetária conduzida pelo estado.

Há ocasiões em que uma imagem vale mais que mil palavras. Eis a seguir um gráfico que apareceu em uma matéria do Financial Times que falava sobre a rápida deterioração do mercado imobiliário chinês. Ao que parece, de acordo com dados da US Geological Survey e do Comitê Nacional de Estatísticas da China, durante um período de apenas dois anos, 2011 e 2012, o qual representou o ápice da tão aclamada "agressiva política de estímulos" do governo chinês em resposta à recessão do mundo desenvolvido, a China consumiu mais cimento do que os EUA consumiram durante todo o século XX!

Loumari disse...

Consumo de cimento per capita (eixo Y) versus PIB per capita (eixo X)
Esse fato insano tem de ser corretamente digerido. Eis uma maneira de colocar as coisas em suas devidas proporções.
Pense em todo o processo de urbanização ocorrido nos EUA ao longo dos últimos 100 anos. Pense na construção de todos os edifícios comerciais, de todos os prédios residenciais, de todas as casas, de todos os arranha-céus, e de todos os shoppings que adornam as milhares de cidades americanas da costa leste à oeste. Pense também na construção de toda a infraestrutura do país, desde as simples ruas e avenidas das cidades até as grandiosas represas Hoover, TVA e Grande Coulee, passando por toda a malha de rodovias, aeroportos, portos, rodoviárias, estações de trem, de metrô. Pense em todos os estádios de futebol americano, de beisebol, de basquete, de hóquei; em todos os auditórios e estacionamentos que já foram construídos no país.
Todo o volume de cimento gasto nesse processo de 100 anos foi o mesmo que a China gastou em dois anos.
O resultado? Cidades completamente vazias.
Eis o busílis. É impossível olhar apenas para os frios números do PIB chinês e ter qualquer compreensão sobre o estrondoso colapso que irá ocorrer quando todo esse frenesi de obras acabar. A noção de que o governo, de maneira indolor, será capaz de reduzir os investimentos em ativos fixos de seu atual valor de 50% do PIB para "apenas" 25% — o que ainda seria consideravelmente alto — ignora o que realmente é a economia chinesa: um projeto de construção civil de dimensões continentais, na qual tudo está relacionado a transportar, fabricar, erigir e vender infraestrutura — públicas e privadas, varejista e industrial.
Portanto, quando as construções pararem — seja porque os preços inflados dos imóveis estão caindo ou porque a expansão creditícia não mais será capaz de continuar sustentando a bolha —, a implosão será trovejante. A produção de cimento pode cair dos atuais 2 bilhões de toneladas por ano para meros 500 milhões; o consumo de aço irá despencar proporcionalmente; frotas industriais de caminhões de cimento e de transporte de aço ficarão ociosas; a demanda por pneus, por componentes de motores, e por combustível para caminhão irá evaporar; empreendedores que fornecem os serviços que suprem este gigantesco fluxo de cimento e aço irão à bancarrota; os apartamentos vazios — ainda chamados de "investimentos" — em posse de seus proprietários serão inúteis.
E quando essa implosão ocorrer, mais de um bilhão de pessoas irá vivenciar em primeira mão como planejamento central, expansão do crédito e inflação monetária produzida por um Banco Central são eficientes em destruir recursos escassos.
Esse será o maior desafio dos oligarcas comunistas. Os chineses conhecem apenas dois sistemas econômicos: o sistema comunista sob Mao e o atual sistema, que é baseado na inflação monetária gerenciada pelo Banco Central e na alocação keynesiana de capital. As massas depositaram sua fé nesse sistema econômico. Quando ele entrar em colapso, as consequências serão interessantes.
Atualmente, há aproximadamente 90.000 manifestações populares por ano na China. O governo é relativamente eficaz em escondê-las do mundo. Quantas mais ocorrerão quando houver a implosão?


David Stockman é ex-congressista americano e ex-membro do governo Reagan. Escreveu o livro The Great Deformation (resenhado aqui), que cita detalhes desconhecidos sobre os favorecimentos do governo americano aos grandes bancos do país. Atualmente, Stockman é o editor do site David Stockman's Contra Corner.

Anônimo disse...

QUEM CEM VEM PRA FRENTE, QUEM TEM 50 FICA ATRÁS. QUEM NÃO TEM NADA MAIS??? ENTÃO É XÔ SATANÁS... JÁ FICOU PROVADO QUE QUALQUER TEMPLO DE QUALQUER RELIGIÃO´, É COMÉRCIO. ENTÃO NADA MAIS JUSTO SERIA TAXALOS SEM PIEDADE...

Anônimo disse...

Os petistas, principalmente os senadores, não desistiram de contar mentiras mas, não estão tão entusiasmados como antes. Não vai ter GOLPE, vai ter chilique! Acabou a mortadela e vai sobrar revolta.