terça-feira, 10 de maio de 2016

Teremos surpresas na véspera do impeachment?


Única salvação da Dilma: Presidenta só não será demitida se anunciar que está grávida... O pior é se inventarem que o pai é o Waldir Maranhão...

2a Edição Atualizada do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Perguntinha longa, porém pertinente: Será que a baixaria de nossa politicagem nos reserva surpresas (agradáveis ou lamentáveis) nesta terça-feira que antecede a tão esperada quarta-feira do previsível afastamento da Dilma Rousseff por 180 dias, para que Michel Temer e o PMDB possam continuar reinando como fazem a 31 anos, desde a proclamação da Nova República de 1985?

Será que o quase-ex-senador Delcídio Amaral terá coragem de chutar o balde e detonar o presidente do Senado, Renan Calheiros, acusando-o de falcatruas ligadas aos crimes apurados pela Lava Jato? Delcídio ainda decide com os advogados se participa ou não da sessão que votará a cassação de seu mandato, prevista para começar às 17 horas. Renan reza para que o ex-petista não apareça para desgraçá-lo, faltando pouco para Dilma ser tirada de cena...

Será que a Dilma vai insistir na resistência ao que a petelândia insiste em chamar de "golpe do impeachment"? A defesa de Dilma ingressou com um Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal, para tentar anular o processo. A alegação seria que o Malvado Favorito Eduardo Cunha - também vítima de afastamento temporário por judicialização da politicagem - teria promovido um desvio de finalidade ao cometer a "vingança" de fazer andar o processo de impedimento contra a Presidenta incompetenta.

O principal argumento do Advogado Geral da Dilma, José Eduardo Cardozo, foi: “A condução, por Eduardo Cunha, do procedimento na Câmara dos Deputados destinado ao exame da admissibilidade da denúncia em desfavor da senhora presidenta da República, restou eivado de vícios decorrentes de desvio de finalidade, refletindo na nulidade absoluta do vergastado processo”.

Por isso, Cardozo pediu ao STF: “Urge, pois, que esse Supremo Tribunal Federal reconheça a prática contumaz de atos com desvio de finalidade, pelo então Presidente da Câmara dos Deputados, também em outras esferas, como é o caso do processo de admissibilidade da denúncia por crime de responsabilidade contra a Presidenta da República. Caso tais atos não sejam prontamente anulados como é devido, poderão acarretar consequências seríssimas que conduzirão ao impeachment de uma presidenta da República democraticamente eleita”.
O que mais pode acontecer de surpreendente? O deputado Waldir Maranhão pode acabar expulso do PP. Se isto ocorrer, o governador do Maranhão, Flávio Dino, já avisou que seu aliado nem precisa se preocupar. Basta assinar uma ficha de filiação ao PC do B que fica tudo bem... Já pensou o Maranhão fazendo uma espécie de Casal 20 comunista com a Jandira Feghali ou com a Vanessa Grazziotin?

O lema da base desgovernista não é fazer amor, mas sim fazer guerra. A radicalização dos movimentos revolucionários terroristas, pretensamente apelidados de "sociais", será a marca dos primeiros dias do quase certo desgoverno Michel Temer. Não há clima de otimismo para a posse do novo Presidente (inicialmente temporário, por 180 dias) - a não ser dos que estão próximos dele, engendrando lucrativos negócios. A petelândia promete ir para o pau e torce para que ocorra alguma repressão violenta, para que os aliados de Dilma posem de vítimas.

Só o que pode impedir a campanha internacional que Dilma fará em torno da mentira do "golpe" é algum fato policial ou judicialmente grave contra o chefão Luiz Inácio Lula da Silva ou contra a própria Presidenta afastada. Se isso não ocorrer, o Brasil ficará longe da pacificação política que consiga permitir uma melhora na crise econômica.


Mais piadas pornopolíticas...

Circula no mundo canalha da internet:

"Depois de Suzane Richthofen sair por causa do dia das mães, os próximos serão: Bruno no dia dos namorados, os Nardoni saindo pelo dia das crianças, o maníaco do parque pro dia internacional da mulher, e ano que vem, o Lula no dia do trabalhador..."

Gênese do Palhaço do Maranhão?

Releia a primeira edição desta terça-feira: Maranhão recua e Renan segue com impeachment, enquanto Delcídio e Odebrecht ferram Lula e Dilma


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil. Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

II) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

III) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Maio de 2016.

3 comentários:

Anônimo disse...

A UNICA SURPRESA BOA PARA O BRASIL SERIA NO CASO DE UM RAIO CAIR EM CIMA DO CONGRESSO E OUTRO NO SENADO QUANDO ESTIVESSEM LOTADOS E NÃO SOBRASSE NEM UM FDP...

Anônimo disse...

Para incrementar as saídas em datas especiais, a Dilma vai sair no dia da mentira.

Anônimo disse...

O Tiririca errou de novo: Pior não fica???