sexta-feira, 10 de junho de 2016

7 x 1


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por LC

Na minha profissão sou obrigado a olhar criticamente o próprio trabalho. Projetos que a primeira vista parecem excelentes, inovadores e diferenciados quando olhado criticamente se revelam simplesmente mediocres. E são abandonados porque persistir será passar um atestado de incapacidade criativa ou técnica.

Foi o que aconteceu naquela tarde no Mineirão. A melhor coisa que poderia ter acontecido para os brasileiros foi aquele humilhante 7X1 porque abriu nossos olhos para constatarmos da nossa orgulhosa mediocridade como Nação. Foi naquele exato momento que despertamos para a dura realidade encoberta pela marketagem ufanista que quase todos embarcaram.

Marketagem sem qualquer base na realidade baseada na mentira e crime: do bilhete premiado o Pré Sal, Petrobras como a 10º companhia aberta do mundo, Lula secretário geral da ONU e Premio Nobel, o fim da pobreza, as "grandes conquistas do povo brasileiro", lider dos povos oprimidos, a diplomacia Sul Sul, as ciclovias em São Paulo, Olimpiadas no Rio e o ufanismo do Cristo decolando.

A partir daquela humilhação, uma afronta ao próprio sentido da nacionalidade encarnado pela seleção se dá o inicio da percepção da enganação antes restrita a alguns poucos coxinhas, meras vozes no deserto desqualificados como aquela minoria de elite branca de zoio azul moradora do Jardins em São Paulo. Um epíteto que me cabe perfeitamente.

E naquele exato momento se inicia o fim do ciclo petista baseado na pilhagem, marqueteiros mentirosos, Estado obeso, ineficiente, mediocre e aparelhado pela pior escória sindical (pleonasmo), corporativismo, o crime das invasões de terra e imóveis, esquerdização obsoleta em todos os níveis das escolas, a glorificação da falta de cultura e educação, o desrespeito total as leis e a autoridade policial, enfim o desastre completo.

Devemos agradecer a generosidade alemã de nos impingir aquele choque de realidade. E nossa sorte é que somos um país enorme, com uma economia importante demais para todo o mundo para se converter numa Mega Venezuela.


LC é Arquiteto e Designer.

2 comentários:

Jayme Guedes disse...

Texto irretocável, LC. A maior riqueza natural de uma nação é a qualidade do seu povo e, sob esse aspecto, o Brasil é indigente. Somos um povo burro, ignorante e desonesto e só avançaremos quando nos olharmos no espelho e detestarmos a imagem nele refletida. Enquanto nos deixarmos iludir pelos corruptos que somos o máximo como povo continuaremos a afundar.

Anônimo disse...

Hoje no brasil tudo é imagem, não se cultiva mais o conteúdo...
uma sociedade artificial, consumista..e não vejo a luz no fin do túnel!