quinta-feira, 23 de junho de 2016

Precatório, Pré-sal, Preboste


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Prebendas a sabendas, espero que não te ofendas, por dizer que o pagamento, fica pras calendas.

Tu que desfrutas do pré-sal de frutas, por ter te associado com bons filhos das p....

É isso que dá eleger um poste; pra presidanta ou simples preboste.

Tirante a pantomima que já nos desanima, esperemos o final!

O empiche é macuco no embornal.

Enquanto a galega ainda não for pega (pois a merda respinga) exagere na pinga pra endurecer a linga.

Sentirá como é frio. Exclamará “PQP!“

Agora (a viola em cacos) levar-te-ão a andar de camburão e depois, a pentear macacos.

Leve bons livros: Marília de Dirceu; A história de Breno, rei dos Galos (o inventor do veneno?).

Já te rogaram todas as pragas. Verás o tempo das vacas magras.

A vaca reza; a vaca tosse; a vaca ri.

Não adianta pensar em truque; nem de mendigo nem de duque.

Não te salva nem a gente da capa preta.

Seu futuro é preto escuro.

Cinquenta cheiros de merda ou tons de cinza, para ti, porco ranzinza.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: