segunda-feira, 27 de junho de 2016

Província Cisplatina


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

O imprudente pronunciamento do ministro de relações exteriores do Uruguay, publicado no Yahoo Notícias de 13/05/2.016 pela internet, mostra desrespeito por nossa soberania:

“O ministro das Relações Exteriores e chanceler do Uruguai, Rodolfo Nin Novoa, fez questão de se posicionar mais uma vez em relação ao impeachment de Dilma Rousseff (PT) e garantiu que o governo do país cisplatino não tem intenções de reconhecer Michel Temer (PMDB) como presidente do país.”

País artificial, criado pelos ingleses para dividir a jovem América do Sul independente, se esquece dos riscos que a provocação acarreta.

Se por hipótese o Brasil romper as relações diplomáticas com os “orientais” sua ruína será inevitável.

Os ingleses não se arriscarão a tentar protegê-los.

O Brasil reconhece a soberania argentina sobre as Ilhas Malvinas e na guerra de 1.982, representou os interesses platinos em Londres.

Fez mais; proibiu o sobrevôo de nosso território por aviões militares britânicos.

A Argentina é nosso principal aliado no mundo.

“Tudo nos une; nada nos separa”. Em visita ao Rio de Janeiro, em 1910, o presidente eleito da Argentina, Roque Sáenz Peña, afirmou: “Tudo nos une e nada nos separa”.

Nem anos de grotescos governos bolivarianos chegaram a prejudicar nossas relações com os “hermanos”.

Nem a atual chanceler, “mina mal corrida”, consegue nos provocar.

Deus proteja o Brasil que amo e a Argentina - este grande país que aprendi a respeitar e admirar.



Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: