sábado, 30 de julho de 2016

Apoio Criminoso, não!


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Laercio Laurelli

A imprensa publicou que:

“- O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou nesta quinta-feira, 28, ao Comitê de Direitos Humanos da ONU um recurso para tentar barrar ações que considera como 'abuso de poder' do juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Operação Lava Jato. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do ex-presidente.

Na petição, os advogados de Lula dizem haver 'clara falta de imparcialidade' nas investigações e classifica como 'atos ilegais' a gravação e divulgação de conversas privadas com a presidente afastada Dilma Rousseff, além de sua condução coercitiva para um depoimento. Lula também cita posicionamentos da Comissão de Direitos Humanos da ONU e outros cortes internacionais a respeito das ações “enviesadas” de Moro e, portanto, na avaliação da defesa do petista, o juiz não teria condições de julgá-lo ou prendê-lo.

“Se isso acontecer, que seja decidido por um juiz imparcial”, diz o recurso.Com a atitude, o ex-presidente espera criar um constrangimento internacional para evitar uma eventual prisão. Quem avaliará o caso é Comitê de Direitos Humanos, com base na Convenção Internacional de Direitos Políticos. Embora o acordo não tenha como punir o Brasil e nem impedir uma prisão, uma avaliação da entidade poderia pesar e criar pressão a favor ou contra o ex-presidente.”

É preciso acabar com essa pouca vergonha em que o “grupo” da mais perigosa facção criminosa deste país, comandada pelo investigado Luiz Inácio Lula da Silva, decide procurar apoio de sua conduta criminosa, no exterior. Como se lá, os tais de direitos humanos ostentassem  condições suficientes de resolverem problemas que não dizem respeito a soberania deles, mormente agora que estão sendo assaltados pelos malfadados terroristas travestidos de “emigrantes sem teto”.

Gente! O país está a deriva, graças a um governo incompetente que ao invés de proteger o povo com segurança efetiva, coloca em estado de perigo os honrados militares para  fazer proselitismo com as Olimpíadas, conspurcando a seriedade do esporte e dos esportistas estrangeiros e brasileiros, que entram na onda da falsa sustentabilidade dos que se aproveitam desse evento para entrar, também de “cabeça” com o objetivo de obterem lucros com a desgraça da Pátria. São os que fingem serem patriotas, mas que apoiam a corrupção.

PARA SAIR DESTA “CRISE” BASTA COPIAR A AÇÃO  RESTAURADORA DO PRESIDENTE DA ARGENTINA.

Temos que defender o Poder Judiciário, único que irá salvar a sociedade brasileira destes que se utilizam da comunicação para obterem o “lucro certo”. Deixem o Juiz Sergio Moro e outros dignos magistrados exercerem em paz seu trabalho digno.
  

Laercio Laurelli – Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ( art. 59 do RITJESP) – Professor de Direito Penal e Processo Penal – Jurista – Articulista – Idealizador, diretor e apresentador do programa de T.V. “Direito e Justiça em Foco” - Patriota.

2 comentários:

Anônimo disse...

O Lula ainda se acha "O CARA". Tipico comportamento de chefão de máfia que acha que até Deus tem que atendê-lo. Os anjos que irão buscá-lo terão as inicias PF.

Anônimo disse...

O BRASIL SÓ ESTÁ NESTA SITUAÇÃO POR, SABOTAGEM, CORRUPÇÃO, INCOMPETENCIA E OUTROS CRIMES PRATICADOS PELO JUDICIARIO, O DESEMBARGADOR NO LUGAR DE TAPAR O SOL COM A PENEIRA DEVERIA LUTAR PELA MODIFICAÇÃO NA LEI DA MAGISTRATURA E OBRIGAR QUE CRIEM UMA POLICIA QUE ACABE COM A MAFIA QUE VIROU O JUDICIARIO...