domingo, 10 de julho de 2016

Fim de uma época


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires


Confirmada agora a exoneração do braço local da Organização Criminosa Lulopetista que controlava o Grupo Hospitalar Conceição, em Porto Alegre, desde 2003. Foram 13 anos de assédio moral e degradação das relações e condições de trabalho pelas chefias confiadas aos fanáticos petistas e do PC do B que administraram a instituição. 

A sociedade gaúcha, médicos e pacientes de Porto Alegre, esperam um rigoroso pente fino nas contas desta importante autarquia federal que recebeu BILHÕES de reais diretamente de Brasília mantendo um verdadeiro exército de ociosos e picaretas em cargos de confiança e funções de chefia. (Missão para o Ministério Público e Polícia Federal).

Atenção deve ser dada principalmente às licitações e contratos terciarizados que os bandidos petistas e do PC do B firmaram com empresas locais e também de fora de Porto Alegre além das barbaridades perpetradas contra os trabalhadores por motivos políticos.

Este editor trabalhou como médico intensivista na UTI do Hospital Conceição entre junho de 2010 e setembro de 2014 tendo o desgosto de conviver com estes delinquentes comunistas e o orgulho de lhes dar combate diário até a data de hoje.

Foi exonerado por "justa causa" depois de falsa acusação feita por uma médica que se prestou a facilitar o trabalho sujo de eliminar inimigos políticos dos quadrilheiros estelionatários do PC do B. Esta gente vai agora, finalmente,  prestar contas daquilo que deixou.

Milton Pires é Médico - CREMERS 20958.

2 comentários:

Martim Berto Fuchs disse...

Onde esses bandidos colocaram as patas, deu merda. Ministério da Cultura que o diga. Serão anos para limpar a sujeira deixada pelos boi-livari-asnos.
Temos um problema com eles que vem de longa data: o Ministério e as Secretarias de Educação. Essa parada será dura e ainda não está sendo atacada como devia.
Enquanto eles dominarem o setor de Educação, se manterão vivos.

Paulo Figueiredo disse...

Também tive o desgosto de conviver com esta corja, por motivos profissionais. São mentirosos, cínicos, desleais, covardes e desonestos. A pior espécie de humanos(?) que conheci. São psicopatas incuráveis.