quinta-feira, 7 de julho de 2016

Tsunami


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Laercio Laurelli

A imprensa noticiou que o Senhor Luiz Inácio Lula da Silva “apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) na terça-feira reclamação com pedido para que sejam anuladas decisões do juiz Sergio Moro em processos que investigam o petista na Operação Lava Jato. Entre os atos contestados pela defesa estão o uso de conversas telefônicas em que Lula discute o cenário político e critica as investigações do petrolão com autoridades com foro, o fato de Moro ter feito juízo de valor sobre as conversas e a decisão do juiz de ter levantado o sigilo dos grampos.

”Estas colocações nos levam a entender que está sendo muito difícil para o Poder Judiciário trabalhar em defesa da sociedade brasileira, em detrimento do fundamentalismo da clã dos políticos que se apoderaram dos “dinheiros do povo”, afundando a economia da nação, deixando como resultado final dividas e mais dividas em forma de um verdadeiro “tsunami”.

Agora, vem esse senhor querer desacreditar o discurso ético dos tribunais, cobrando de um juiz que ostenta desempenho moral dos mais evidentes, de indiscutível seriedade, direcionado a solucionar os escombros de atos criminosos praticados pela escória politica deste país. O Juiz Sergio Fernando Moro, representa o valor mais elevado da dignidade humana e não é difícil reconhecer este elemento como essencial à empreitada de sustentabilidade de fazer justiça. É a missão que lhe coube de realizar o justo em defesa da sociedade brasileira.

Espera-se que o Supremo Tribunal Federal, pelo valor da alteridade essencial de fazer justiça, saiba rechaçar com a sabedoria que lhe é peculiar, esta criatividade talentosa dos que habitam o espaço do ódio, do mal, da mentira convulsionados pelas paixões destrutivas da paz e do retorno da megera ideologia composta pela hegemonia cultural comunista.

Enquanto isso se pode invocar Edward De Vere, mais uma vez, conhecido como o notável dramaturgo William Shakespeare (1.550/1.604) e, exclamar com certeira propriedade pela voz de Hamlet: - Oh! Vilania! Fechem bem as portas! Traição! Ah! Procuremos os culpados!!!HÁ ALGO DE PODRE NO REINO DA DINAMARCA.


Laercio Laurelli – Desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo ( art. 59 do RITJESP) – Professor de Direito Penal e Processo Penal – Jurista – Articulista – Idealizador, diretor e apresentador do programa de T.V. “Direito e Justiça em Foco” Patriota.

Um comentário:

Anônimo disse...

É bem capaz do STF acatar o pedido desse sem vergonha!Dia 31 o povo deve ir pra rua e cobrar serviço do STF!Por lá tudo anda a passos de lesma(lesma tem pernas?)!Mata qualquer um de raiva!Que dia esse SR vai conhecer as dependências de Curitiba???Tá demorando muito!!!