quarta-feira, 17 de agosto de 2016

A White Martins, a Odebrecht e a Lava Jato


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por João Vinhosa

Foi de extrema importância o artigo publicado segunda-feira (15), neste Blog Alerta Total, sobre o polêmico fornecimento de Gás Natural feito pela Petrobras à Gemini – empresa da qual ela é sócia juntamente com a White Martins. Segundo o artigo, conforme comprovação feita pelo CADE, citada matéria prima era fornecida a preços subfaturados.

O artigo destaca, também, que, por lesar sua sócia Petrobras, dela adquirindo Nafta a preço subfaturado para a Braskem, a Odebrecht foi penalizada criminalmente no âmbito da Lava Jato.

O artigo destaca, ainda, que nenhuma providência foi tomada diante das denúncias por mim feitas às autoridades sobre o Acordo de Quotistas da Gemini, assinado em 29 de janeiro de 2004.

Esclareço que, baseado nas cláusulas 3.2 e 3.3 de citado Acordo, comprovei às mais diferentes autoridades, de maneira absolutamente incontestável, que os produtos fornecidos (tanques de armazenamento, carretas criogênicas, etc.) e serviços prestados (frete e outros) pela White Martins à Gemini poderiam ser superfaturados a seu bel prazer.
   
A seguir, o endereço eletrônico de citado Acordo, assinado por Domingos Bulus – presidente da White Martins, presidente da Praxair Inc. América do Sul e vice-presidente senior da Praxair Inc., a empresa norte-americana proprietária da White Martins.


Releia o artigo: Suspeita de lesar a Petrobras na Gemini, White Martins poderá ser investigada na Lava Jato, junto com Dilma



João Vinhosa é Engenheiro.

Um comentário:

Cristiano de Campo Grande disse...

Lembro muito bem que foi aqui no Alerta Total que esse escândalo foi vazado em detalhes.

Bravo!