sábado, 6 de agosto de 2016

Continuo a chorar


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por paulo Roberto Gotaç

Quando, lá nos idos de 2009, o Rio de Janeiro foi escolhido em Copenhague para sediar a Olimpíada de 2016, superando as aspirações de Madri, Tóquio e Chicago, com direito a efusivas manifestações dos então responsáveis e do povo em Copacabana e até a discurso de Lula, no qual bradou que os jogos seriam “inesquecíveis, pois estarão cheios da magia e da paixão do povo brasileiro”, confesso que chorei.

Não de alegria, mas de angústia na medida em que, de alguma forma, estava já a antever a terrível aventura na qual o País iria se envolver, dois anos após outro evento esportivo de grande magnitude. O mundo ainda sofria as consequências da crise financeira de 2008, da qual o Brasil, segundo o seu presidente, testemunharia somente uma “marolinha”.

Desembocamos na atual festa com contas que não fecham e para a qual o povo não foi convidado, a ser realizada em meio a uma crise política e econômica sem precedentes, como lembrou o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) em discurso que deu início oficial aos jogos, acrescentando jocosamente que “ao menos sambamos”. Continuo a chorar.


Paulo Roberto Gotaç é Capitão de Mar e Guerra, reformado.

2 comentários:

Loumari disse...

Maman, c'est fini! Eh oui mon cher enfant. C'est définitivement fini. Tu peux pleurer toute les larmes de ton corps cela ne changera rien.

Loumari disse...

SMILE

Smile though your heart is aching
Smile even though it's breaking.
When there are clouds in the sky
you'll get by.

If you smile through your fear and sorrow
Smile and maybe tomorrow
You'll see the sun come shining through
For you.

Light up your face with gladness,
Hide every trace of sadness.
Although a tear may be ever so near

That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying.
You'll find that life is still worthwhile-
If you just smile.

That's the time you must keep on trying
Smile, what's the use of crying.
You'll find that life is still worthwhile-
If you just smile.

By Charlie Chaplin - Smile



SMILE performed by Nat King Cole
https://youtu.be/YXuB6md9zPk